Coluna Gustavo Almeida
  • terça, 15 de setembro de 2020, às 12:24h

    Agentes fizeram buscas em vários endereços (Foto: Divulgação/MP-PI)

    A operação deflagrada nesta terça-feira (15) pelo Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado do Ministério Público do Piauí (Gaeco) em Itaueira, a 344 km de Teresina, prendeu dois empresários e o secretário municipal de Transportes. O prefeito do município, Quirino de Alencar Avelino (PTB), foi alvo de mandado de busca e apreensão.

    Ao todo, foram cumpridos três mandados de prisão temporária e 15 de busca e apreensão em Itaueira e Floriano. As duas cidades ficam distante 100 km uma da outra.

    Promotora Débora Aragão, coordenadora do Gaeco (Foto: Divulgação/MP-PI)

    Segundo a promotora Débora Aragão, coordenadora do Gaeco, a organização criminosa contratou empresas sem capacidade operacional para obras no município, com a finalidade de desviar dinheiro público. A investigação aponta também a aquisição fraudulenta de uma ambulância para a Secretaria Municipal de Saúde e fraudes no serviço de transporte escolar, com contratação de empresas supostamente de fachada, sem capacidade de operar o serviço.

    “As empresas não têm funcionários registrados e nem veículos. Tudo indica que são empresas que servem apenas para emitir notas, que não realizam os serviços diretamente, o que indica desvio de recursos objeto da investigação do Gaeco”, explicou.

    Ainda conforme a promotora Débora Aragão, em um dos contratos investigados, a prefeitura de Itaueira pagou mais de R$ 500 mil por obras públicas que não foram realizadas. Na operação, o Gaeco apreendeu vários documentos, celulares e notebooks que serão periciados e seus conteúdos vão servir para aprofundar as investigações.

    De acordo com o Gaeco, o prefeito Quirino é suspeito de liderar a organização criminosa. O gestor completa 79 anos este mês e está no sexto mandato como prefeito. A operação foi batizada de Perpetuatio, em referência à perpetuação de Quirino à frente da prefeitura.

    LEIA TAMBÉM:
    79 anos, hexacampeão e suspeito de liderar organização criminosa

    • Teresina Legislação e Painel Covid 19 - PMT
    • Teresina Painel e Legislação - PMT
    • Hero Grill Self Service
    • Flores Da Casinha
    • Casa do Carneiro - Rações e Derivados
  • terça, 15 de setembro de 2020, às 10:37h

    Pastora discursou após ser anunciada como vice (Foto: Rerprodução/Instagram/Fábio Abreu)

    O pré-candidato a prefeito de Teresina, deputado federal Fábio Abreu (PL), anunciou oficialmente nesta terça-feira (15) o nome da sua candidata a vice-prefeita. Conforme já havia sido noticiado pela imprensa na semana passada, será a pastora evangélica Diana Carvalho.

    A pastora é indicação do Republicanos, partido que vai apoiar a candidatura de Abreu. De acordo com o deputado estadual pastor Gessivaldo Isaías (Republicanos), Diana se filiou com a intenção de ser candidata a vereadora, mas o partido decidiu indicá-la para vice-prefeita.

    Vereadores do Republicanos foram ao evento (Foto: Divulgação/Assessoria/PL)

    Após ser anunciada oficialmente, a pastora disse que tem simpatia pelos projetos defendidos por Fábio Abreu e prometeu representar as mulheres ao lado do candidato.

    “Todos os projetos de Fábio tem a nossa simpatia. Quando fui convidada, eu levei [o convite] junto à família e, tomada essa decisão em família, quero dizer a vocês que eu não estou só. Tenho a força de uma mulher que vai representar muito bem a vice-prefeitura de Teresina. Nós vamos olhar para grandes projetos que vão fazer crescer os pequenos”, falou.

    • Teresina Legislação e Painel Covid 19 - PMT
    • Teresina Painel e Legislação - PMT
    • Hero Grill Self Service
    • Flores Da Casinha
    • Casa do Carneiro - Rações e Derivados
  • terça, 15 de setembro de 2020, às 9:05h

    Agentes do Gaeco e da polícia foram até a prefeitura (Foto: Divulgação/MP-PI)

    O Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado do Ministério Público do Piauí (Gaeco) deflagrou, na manhã desta terça-feira (15), a Operação Perpetuatio. O alvo principal é o prefeito do município de Itaueira, Quirino Avelino (PTB). O gestor completa 79 anos este mês e está no sexto mandato como prefeito da cidade, que fica a 344 km de Teresina, no Sul do Piauí. 

    Ao todo, foram cumpridos três mandados de prisão temporária e 15 mandados de busca e apreensão, inclusive na casa de Quirino Avelino e na prefeitura. Não há mandado de prisão contra Quirino. Os presos são dois empresários e o secretário municipal de Transportes. Eles serão ouvidos e depois levados para o presídio da Vereda Grande, localizado em Floriano. 

    De acordo com o Gaeco, o prefeito é suspeito de liderar uma organização criminosa que atua para fraudar licitações públicas e, consequentemente, desviar dinheiro público da prefeitura.

    Quirino Avelino é o alvo principal da operação (Foto: Jailson Soares/PoliticaDinamica.com)

    A investigação teve início para apurar três fatos criminosos que envolvem desvios de dinheiro público, lavagem de dinheiro e organização criminosa: o primeiro referente à aquisição fraudulenta de uma ambulância para a Secretaria Municipal de Saúde; o segundo referente a construções e reformas de obras públicas, inclusive pavimentação de vias, e o terceiro em decorrência da não prestação adequada e fraudes no serviço de transporte escolar.

    Segundo as investigações, o prefeito se utilizou de empresas de fachada e de servidores públicos para fraudar os processos licitatórios em questão. O nome da Operação, Perpetuatio, faz referência à perpetuação do gestor à frente do município de Itaueira, utilizando práticas fraudulentas para auferir vantagens ilícitas à frente da gestão pública.

    Polícia cumpriu mandados na cidade de Itaueira (Foto: Divulgação/MP-PI)

    A ação do Gaeco em Itaueira conta com auxílio da Polícia Civil, da Polícia Militar, do Tribunal de Contas do Estado do Piauí (TCE-PI) e da Polícia Rodoviária Federal.

    HEXAPREFEITO 

    Quirino Avelino está no sexto mandato como prefeito de Itaueira e é recordista em número de mandatos para o cargo no estado do Piauí. Ele tomou posse pela primeira vez como prefeito há quase 50 anos. Quirino venceu as disputas para prefeito nos anos 1972, 1992, 2000, 2004, 2012 e, por último, em 2016. Por lá, é chamado de hexaprefeito.

    Quando ainda estava no quinto mandato, seus aliados políticos usavam na cidade o bordão "todo mundo tenta, mas só o Quirinão é penta".

    Apesar de não ter sequer o ensino fundamental completo, ele é considerado quase imbatível. Teve o mandato cassado em 2008, mas voltou ao poder após vencer as eleições de 2012 e 2016. Nas vezes em que não foi candidato, quase sempre elegeu um sucessor da sua predileção.

    Quirino ganhou primeira eleição em 1972 (Foto: Jailson Soares/PoliticaDinamica.com)

    'O CABRA NÃO PEGA NO MANÉ'

    Em novembro de 2019, Quirino deu entrevista ao Política Dinâmica e citou que hoje em dia as prestações de contas ficaram mais rigorosas que no passado. Ele recordou que antes tudo era no cheque, o que fazia com que muitos prefeitos vendessem cheques do Fundo de Participação dos Municípios (FPM), uma prática de corrupção à moda da época.

    "Antes tinha um tal de um cheque e vendiam cheque do FPM pra daná. E agora não tem isso. O cabra não pega no mané", falou o prefeito agora acusado pelo Gaeco de desviar dinheiro.

    Na entrevista, ele disse que o segredo para se eleger seis vezes é tratar o povo bem, fazer as coisas e descartar os traidores. "Quando tinha os sucessores que me traíam, eu ia lá e voltava".

    • Teresina Legislação e Painel Covid 19 - PMT
    • Teresina Painel e Legislação - PMT
    • Hero Grill Self Service
    • Flores Da Casinha
    • Casa do Carneiro - Rações e Derivados
  • segunda, 14 de setembro de 2020, às 14:36h

    Prefeito de Teresina na convenção de Kleber Montezuma (Foto: Reprodução/PSDB)

    Como já era esperado, o prefeito de Teresina  Firmino Filho (PSDB) fez um discurso acalorado na convenção que homologou a chapa de Kleber Montezuma (PSDB) e R. Silva (Progressistas) nesta segunda-feira (14). O gestor tucano afirmou que tem muito medo do que os adversários podem causar à cidade de Teresina caso consigam chegar ao poder. 

    “Eu tenho medo do que está posto do outro lado. Eu tenho medo. Porque eles não têm capacidade de enfrentar os desafios, eles não têm experiência no trato da coisa pública, não têm capacidade de enfrentar os desafios da Teresina de hoje. É por isso que nós, sabendo da importância dessa eleição, não podemos ser omissos diante do nosso futuro”, falou.

    Firmino afirmou que Montezuma é o que se tem de melhor na atual administração municipal e disse que o candidato vai ser o melhor prefeito da história da cidade, superando outros tucanos. “O Kleber vai ser o maior prefeito da nossa história. Melhor que o Firmino, melhor que o Silvio, melhor que o Chico, melhor que o Wall. Vai ser o melhor da história”, sentenciou.

    • Teresina Legislação e Painel Covid 19 - PMT
    • Teresina Painel e Legislação - PMT
    • Hero Grill Self Service
    • Flores Da Casinha
    • Casa do Carneiro - Rações e Derivados
  • segunda, 14 de setembro de 2020, às 13:40h

    Discurso de Ciro foi de muitas críticas ao governador do Piauí (Foto: Reprodução/PSDB)

    Em seu discurso na convenção que homologou a chapa Kleber Montezuma (PSDB) e R. Silva (Progressistas) nesta segunda-feira (14), o senador Ciro Nogueira voltou a fazer duras críticas ao governador Wellington Dias (PT). Ele disse que a gestão municipal em Teresina é infinitamente melhor que a do Estado e afirmou que o petista abandonou a candidatura de Fábio Novo (PT).

    “Nós temos apenas um projeto, temos apenas um candidato. O governador já abandonou o seu companheiro de partido, que tem uma história de vida muito bonita, tem suas lutas. Mas [Wellington] já abandonou. Aguardem que daqui a pouco ele vai abandonar o outro candidato e vai focar apenas em um projeto para tentar destruir o que nós construímos”, disse Ciro.

    O senador não citou o nome de Fábio Novo, mas deixou claro a quem estava se referindo. Novo, que é candidato a prefeito da capital pelo PT, tem negado repetidamente afirmações de que Wellington não apoia sua candidatura. "O candidato do governador é o candidato do seu partido. Isso aí não tem o que se discutir", afirmou o petista recentemente.

    Convenção de Kleber aconteceu nesta segunda-feira (Foto: Reprodução/PSDB)

    MAIS CRÍTICAS

    Em sua sequência de críticas ao governador, Ciro disse que a eleição de Teresina é uma grande oportunidade de comparar as gestões públicas e mostrar que o governo de Wellington é bastante inferior. Para ele, essa eleição é importante para tirar o PT do governo em 2022.

    “Eu desafio que me mostrem um setor, um pequeno setor da gestão pública em que o Firmino não seja infinitamente superior à gestão do atual governador. Enquanto o Firmino, em todas as suas atitudes e todas as suas ações, coloca a nossa cidade acima dos projetos pessoais, o atual governo faz o contrário”, atacou o senador.

    • Teresina Legislação e Painel Covid 19 - PMT
    • Teresina Painel e Legislação - PMT
    • Hero Grill Self Service
    • Flores Da Casinha
    • Casa do Carneiro - Rações e Derivados
  • segunda, 14 de setembro de 2020, às 12:41h

    Kleber é cercado por apoiadores e jornalistas ao chegar em convenção

    O pré-candidato a prefeito de Teresina, Kleber Montezuma (PSDB), disse nesta segunda-feira (14) ao chegar para convenção eleitoral que o tema principal da sua campanha vai ser a educação. Segundo ele, o êxito alcançado nessa área durante suas gestões como secretário municipal da pasta será mostrado e explicado aos teresinenses.

    "Nossa principal mensagem é mostrar para os teresinenses todo o êxito que tivemos na educação. A educação é o principal tema da nossa campanha pelos bons resultados que obtivemos e porque tudo passa pela Educação. Vamos mostrar para os teresinenses que nossa experiência como administrador da Educação, assim como na Assistência Social e Habitação e Urbanismo, será levada para todas as outras áreas em favor da cidade.", afirmou o candidato.

    Montezuma prometeu fazer uma campanha bonita. "A expectativa é a melhor. Temos um time de homens e mulheres de bem, que querem o bem da cidade, que querem o melhor para os teresinenses. Estamos unidos exatamente para trabalhar pela cidade e pela população de Teresina. Esse é o nosso propósito. E vamos fazer uma campanha bonita, campanha limpa, respeitosa e sempre falando para as famílias teresinenses.", prometeu.

    A convenção acontece no Atlantic City.

    • Teresina Legislação e Painel Covid 19 - PMT
    • Teresina Painel e Legislação - PMT
    • Hero Grill Self Service
    • Flores Da Casinha
    • Casa do Carneiro - Rações e Derivados
  • segunda, 14 de setembro de 2020, às 12:13h

    O Piauí inteiro ficou boquiaberto com a recente confissão de um ex-prefeito que, durante uma convenção eleitoral, admitiu ter roubado quando administrou sua cidade. No sábado (12), também numa convenção, outro ex-gestor e candidato a prefeito disse que tinha vergonha de roubar na frente de um assessor que ele considera honesto.

    As confissões chamam atenção, mas na maioria das vezes não é preciso que eles confessem para que a população saiba que são corruptos. No Piauí, está cheio de gestores e ex-gestores com extensa ficha corrida, condenados pela Justiça, presos em operações da polícia e amplamente denunciados pelos ministérios público Estadual e Federal.

    Antes mesmo que eles admitam seus crimes, existem muitos promotores, procuradores da República, auditores, delegados e órgãos de controle evidenciando que uma parcela de políticos é corrupta e desonesta. Mas, para nossa tristeza, ainda assim muita gente continua votando nessas figuras nefastas ou em prepostos colocados por eles na política.

    Antes do corrupto confessar, por deslize ou ingenuidade, basta lembrar da penca de processos, das condenações, das prisões, das buscas realizadas pela polícia e das denúncias feitas por órgãos de controle sérios. Infelizmente, muitas pessoas só acham absurdo quando o sujeito fala com a própria boca, o que acontece em raríssimas ocasiões, feita por uma minoria.

    Nas eleições de 2020, assim como já ocorreu em pleitos passados, muitos corruptos são candidatos e outros que não puderam ser colocaram parentes para representá-los. Por isso, é hora da população valorizar e dar mais credibilidade à palavra do MP, da Polícia Federal, da Polícia Civil, do Ministério Público e da Justiça. Não se deve esperar que os corruptos confessem e nem tampouco acreditar que aqueles que ficaram calados são santos.

    Corrupto é corrupto, confesso ou não. E é muito fácil saber quem são eles. 

    • Teresina Legislação e Painel Covid 19 - PMT
    • Teresina Painel e Legislação - PMT
    • Hero Grill Self Service
    • Flores Da Casinha
    • Casa do Carneiro - Rações e Derivados
  • segunda, 14 de setembro de 2020, às 8:28h

    Érico Luiz não está filiado ao Solidariedade (Foto: Divulgação/Assessoria/Solidariedade)

    Após indicar o professor Érico Luiz como candidato a vice-prefeito do petista Fábio Novo em Teresina, a direção regional do Solidariedade se deu conta de um detalhe no mínimo importante. Érico não está filiado ao partido. É isso mesmo! Ele não é do Solidariedade.

    O vice de Fábio Novo está filiado ao PTC, antigo partido do deputado estadual Evaldo Gomes, presidente regional do Solidariedade. A convenção que homologou as candidaturas de Novo e Érico foi na sexta-feira (11) e nem tinha o PTC entre os partidos participantes.

    Érico discursando na convenção que homologou chapa (Foto: Reprodução/Facebook)

    Segundo justificativa do próprio Evaldo Gomes, o professor Érico é ligado a ele há bastante tempo, mas esqueceu de se filiar ao Solidariedade. Evaldo e seu grupo político migraram do PTC para o Solidariedade em 2019 e Érico se descuidou e acabou não fazendo a mudança.

    Apesar do vacilo, Evaldo vai manter a indicação de Érico para vice, cujo nome já foi homologado em convenção. O deputado conversou com a direção nacional do PTC e ficou tudo certo.

    No fim das contas, aparentemente não vai haver prejuízo para a chapa de Fábio Novo e nem para o esquema político de Evaldo, mas que foi uma grande presepada, foi.

    • Teresina Legislação e Painel Covid 19 - PMT
    • Teresina Painel e Legislação - PMT
    • Hero Grill Self Service
    • Flores Da Casinha
    • Casa do Carneiro - Rações e Derivados
  • sexta, 11 de setembro de 2020, às 14:06h

    Governador na convenção de Fábio Novo, em Teresina (Foto: Reprodução/Instagram)

    O governador Wellington Dias (PT) prestigiou a convenção que homologou o nome do deputado estadual Fábio Novo (PT) como candidato a prefeito de Teresina e de Érico Luiz, do Solidariedade, como candidato a vice-prefeito. A convenção do PT e partidos aliados ocorreu nesta sexta-feira (11) no clube da APCEF, na Zona Leste da capital.

    Ao chegar no evento, Wellington Dias afirmou que está confiante no crescimento de Fábio Novo durante a campanha. Para o governador, a eleição certamente vai ter segundo turno.

    “É alguém que com certeza vai marcar a diferença na campanha e estou bastante confiante de que ele vai crescer. Eu já participei de eleições que a gente começa lá embaixo e nessa articulação com o povo, e ele tem essa capacidade extraordinária, eu acho que vamos ter bons resultados. Seguramente uma eleição de dois turnos e a minha expectativa é que o Fábio Novo é um dos líderes que têm condições de estar no segundo turno”, opinou.

    Wellington prestigia candidato do PT na capital (Foto: Reprodução/Instagram)

    A presença do governador no evento empolgou a militância petista, que vinha incomodada com os críticos sobre a falta de engajamento de Wellington na campanha de Fábio Novo. Além do governador, outros petistas ilustres também foram à convenção. A vice-governadora Regina Sousa e o secretário estadual de Fazenda Rafael Fonteles estavam lá.

    • Teresina Legislação e Painel Covid 19 - PMT
    • Teresina Painel e Legislação - PMT
    • Hero Grill Self Service
    • Flores Da Casinha
    • Casa do Carneiro - Rações e Derivados
  • sexta, 11 de setembro de 2020, às 11:13h

    Partido oficializou apoio à pré-candidatura do tucano Kleber Montezuma em Teresina

    O Podemos é mais um partido que vai apoiar a pré-candidatura de Kleber Montezuma (PSDB) à Prefeitura de Teresina. O apoio foi oficializado nesta sexta-feira (11) em ato que contou com a presença do prefeito Firmino Filho (PSDB) e do próprio Kleber. No Piauí, a principal liderança do Podemos é o senador Elmano Férrer, ex-prefeito de Teresina.

    "Chegamos a uma decisão, desde o princípio havia essa tendência natural, a apoiar o pré-candidato Kleber Montezuma sob o comando do prefeito Firmino. Segunda-feira todos nós estaremos unidos em convenção sufragando o nome de Kleber Montezuma como candidato nosso a prefeito de Teresina. É a decisão correta", declarou Elmano em vídeo exibido no evento.

    Com a decisão de Elmano e do Podemos em apoiar a pré-candidatura de Kleber Montezuma, o candidato tucano passa a ter o apoio de todos os ex-prefeitos vivos de Teresina.

    • Teresina Legislação e Painel Covid 19 - PMT
    • Teresina Painel e Legislação - PMT
    • Hero Grill Self Service
    • Flores Da Casinha
    • Casa do Carneiro - Rações e Derivados


voltar para 'Política Dinâmica'