Coluna Gustavo Almeida
  • terça, 10 de março de 2020, às 15:56h

    Themístocles respondeu críticas de Firmino (Foto: Jailson Soares/PoliticaDinamica.com)

    O presidente da Assembleia Legislativa do Piauí, deputado Themístocles Filho (MDB), afirmou nesta terça-feira (10) que o prefeito Firmino Filho (PSDB) deve cuidar do candidato dele e não dos nomes da oposição. Numa resposta aos constantes ataques do prefeito aos opositores, o deputado falou que, para ganhar a eleição, cada um fala o que quer.

    "O prefeito, no meu entender, deve tratar do nome dele, convencer o nome do candidato dele para a população de Teresina. Nós temos o melhor nome, médico, professor da Universidade Federal, capacitado. Agora, para vencer as eleições, cada um diz o que quer", falou.

    Desafeto declarado do prefeito Firmino Filho desde 2017, Themístocles é o mentor da candidatura de Dr. Pessoa (MDB) a prefeito de Teresina. Na manhã da segunda-feira (9), Firmino voltou a chamar opositores de piratas, disse que a população tem medo do que eles podem fazer com a cidade caso cheguem ao poder e exclamou: "Eles não passarão".

    • Teresina - Cidade Inteligente
    • InthegrARTE
    • Casa do Carneiro - Rações e Derivados
  • terça, 10 de março de 2020, às 14:02h

    Hélio Isaías e Carmelita Castro são réus (Fotos: Jailson Soares/PoliticaDinamica.com)

    Poucos julgamentos na história recente do Tribunal Regional Eleitoral do Piauí (TRE-PI) tiveram tanta repercussão quanto o que pode confirmar a cassação da prefeita de São Raimundo Nonato, Carmelita Castro (Progressistas), do vice-prefeito Beto Macêdo (PT), de três vereadores e deixar inelegível o deputado estadual Hélio Isaías (Progressistas). 

    Desde que o caso chegou ao TRE, foram muitas as medidas que protelaram o julgamento e adiaram a decisão. Todas elas partiram das defesas dos réus.

    Nesta terça-feira (10), depois de muita expectativa, o julgamento mais uma vez foi adiado antes mesmo que se começasse a discutir o mérito das muitas denúncias contra os réus. Depois do Tribunal confirmar decisão do relator do caso e rejeitar por unanimidade o pedido de suspeição do presidente da Corte, outros dois fatos foram apresentados pela defesa dos réus para evitar que o mérito do processo começasse a ser julgado.

    Em um dos casos, o advogado Germano Tavares disse que foi habilitado como advogado de um dos vereadores na noite da segunda-feira (9) e por isso não teve tempo para ver o processo. Apesar da tentativa, esse ponto foi rejeitado pelos magistrados, que entenderam tratar-se de medida protelatória, ou seja, para tardar o julgamento da ação.

    Plenário tentou iniciar julgamento nesta terça (10) (Foto: Jailson Soares/PoliticaDinamica)

    No outro pedido, o advogado Norberto Campelo apresentou questão de ordem sobre uma Ação de Impugnação de Mandato Eletivo (Aime) também referente ao caso e defendeu que essa ação fosse unificada com a Ação de Investigação Judicial Eleitoral (Aije) que era discutida naquele momento. Na visão dos advogado, são casos idênticos que envolvem os mesmos réus e por isso devem ser julgados de forma unificada pelo TRE-PI.

    "Havendo mais de uma ação sobre os mesmos fatos e sobre as mesmas partes, esse processo deve ser julgado conjuntamente. Nós não precisamos de mais de um julgamento. Em um único julgamento o tribunal deve resolver as questões postas nesses processos. E isso não está sendo observado pelo TRE nesse caso de São Raimundo. O que nós estamos requerendo é que haja a conexão das ações", explicou Norberto, que defende um dos vereadores.

    EMPATE SOBRE A QUESTÃO

    Diante da questão de ordem, que foi apoiada pelos advogados dos outros réus, os juízes divergiram entre si no plenário. Três votaram para acolher a questão de ordem e três rechaçaram a necessidade de unificar as ações, pois avaliam que, ao contrário do que dizem os advogados, elas não versam exatamente sobre a mesma coisa.

    Com o empate, o presidente do Tribunal, desembargador Francisco Antônio Paes Landim Filho, o mesmo que a defesa de Carmelita Castro queria afastar, é quem vai decidir a questão. No entanto, ele pediu vista e vai apresentar o voto de desempate na próxima semana. Assim, o julgamento foi de novo protelado.

    Se o voto de Paes Landim for pela rejeição da questão de ordem, é possível que o julgamento já ocorra no mesmo dia. Já se o voto for pela unificação das ações, como querem as defesas dos réus, o julgamento será pautado para uma data posterior.

    Os irmãos Edson Ferreira e Avelar na sessão (Foto: Jailson Soares/PoliticaDinamica.com)

    CONFISSÃO DE CULPA

    Para o ex-prefeito Avelar Ferreira (DEM), são claras as medidas das defesas para retardar o máximo possível o julgamento. Ao longo das últimas semanas houve renúncias de advogados, pedidos de suspeição do presidente do TRE-PI e agora pedido de unificação de ações.

    De acordo com o ex-gestor, as constantes tentativas de impedir a realização do julgamento são a confissão dos crimes eleitorais cometidos pelos réus. Avelar estranha o fato da prefeita e seu marido se dizerem o tempo todo inocentes e não quererem que o julgamento aconteça.

    "A prefeita Carmelita, o Hélio Isaías e os vereadores já estão confessando as suas culpas com essa agonia para protelar o julgamento. Entra advogado, sai advogado. Hoje chegou mais um novo advogado aqui na hora da sessão. Quem está pagando esses advogados? Essa banca de advogados com os mais renomados do Piauí custa mais ou menos R$ 1 milhão. Os vereadores só ganham R$ 4 mil por mês. Eu já me sinto vitorioso, pois só com isso o Piauí todo sabe como essa prefeita ganhou a eleição em São Raimundo. Ela nunca votou lá, nunca morou lá, transferiu o título pra lá no ano da eleição. Foi tudo premeditado", falou.

    Raimundo Júnior, advogado de Avelar Ferreira (Foto: Jailson Soares/PoliticaDinamica.com)

    ADVOGADO QUER CELERIDADE

    O advogado Raimundo Júnior, que defende Avelar Ferreira, afirma que é preciso que o caso tenha sua marcha processual tocada sem tanta protelação.

    "Confiamos que a presidência do TRE, quando trazer seu voto, o fará no sentido de não acolhimento da questão de ordem [apresentada pela defesa dos réus]. Mas ainda que se entenda pelo acolhimento, isso não deve retardar a marcha processual. Nós queremos um julgamento o mais breve, se possível já nas próximas sessões", falou.

    Deputados Margarete e Júlio Arcoverde na sessão (Foto: Jailson Soares/PoliticaDinamica)

    AGITAÇÃO NOS BASTIDORES

    O processo que pode confirmar a cassação da prefeita e deixar o deputado Hélio Isaías inelegível agita bastidores do Judiciário e da política no Piauí. Na sessão desta terça-feira (10), estavam no TRE a deputada federal Margarete Coelho, irmã de Carmelita, e o deputado estadual Júlio Arcoverde, presidente estadual do Progressistas, partido de Hélio e Carmelita.

    O julgamento do caso é monitorado de perto por altos segmentos da política piauiense. Se o TRE-PI confirmar a decisão de primeiro instância, Carmelita, o vice-prefeito Beto Macedo e três vereadores serão cassados. Já o deputado Hélio Isaías ficará oito anos inelegível.

    Presidente do TRE vai desempatar questão (Foto: Jailson Soares/PoliticaDinamica.com)

    Hélio é acusado de usar a Secretaria de Estado da Defesa Civil de modo deliberado para eleger a mulher em São Raimundo Nonato em 2016, quando ele era secretário da pasta. O órgão fez uma infinidade de obras no município em pleno período eleitoral e nos meses que antecederam a eleição. Na época, Carmelita venceu por uma pequena margem de apenas 2,14% dos votos. As provas anexados ao processo foram periciadas pela Polícia Federal.

    LEIA TAMBÉM:
    Às vésperas de julgamento, Margarete faz postagem

    Confiança de araque

    Prefeita: Justiça do PI ainda tem homens sérios

    Julgamento que agita os bastidores

    Polícia Federal periciou provas

    • Teresina - Cidade Inteligente
    • InthegrARTE
    • Casa do Carneiro - Rações e Derivados
  • segunda, 09 de março de 2020, às 16:42h

    Fábio Sérvio perto de acerto com Ciro Nogueira (Foto: Marcos Melo/PoliticaDinamica.com)

    O deputado estadual Júlio Arcoverde, presidente regional do Progressistas, afirmou nesta segunda-feira (9) que Fábio Sérvio será candidato a vereador de Teresina pelo partido. De acordo com Júlio, falta apenas o fechamento do acordo para filiação. O deputado afirmou ainda que Sérvio será um grande puxador de votos para o Progressistas na capital.

    "O Fábio está bem encaminhado. Acredito que até o final da semana a gente deve anunciar [a filiação dele]. Ele está resolvendo uns problemas particulares. Acredito que até sexta-feira a gente anuncia. O Fábio é candidato a vereador pelo partido. Vai ser um grande puxador de votos para o partido na capital", falou Arcoverde em entrevista na Câmara Municipal.

    Sérvio teve encontro com Ciro e Júlio Arcoverde (Foto: Divulgação/Progressistas)

    CANDIDATO DE BOLSONARO

    Fábio Sérvio disputou o governo do Piauí em 2018 e fez forte oposição ao governador Wellington Dias (PT) e seu esquema político, do qual Ciro faz [pelo menos até agora] parte. Se apresentando como candidato de Bolsonaro no Piauí, Sérvio chamou atenção nos debates e terminou a eleição na quarta colocação, com mais de 63 mil votos.

    Em 2019 deixou o PSL e se filiou ao PROS, onde vinha se apresentando como pré-candidato a prefeito de Teresina. Agora, está se acertando com Ciro Nogueira para tentar uma vaga na Câmara Municipal. Na manhã do domingo (8), Sérvio se reuniu com Ciro e Júlio Arcoverde.

    • Teresina - Cidade Inteligente
    • InthegrARTE
    • Casa do Carneiro - Rações e Derivados
  • segunda, 09 de março de 2020, às 15:55h

    Senador disse que a campanha vai mostrar (Foto: Jailson Soares/PoliticaDinamica.com)

    O senador Ciro Nogueira (Progressistas) foi questionado nesta segunda-feira (9) se concorda com as afirmações do prefeito Firmino Filho (PSDB) de que os pré-candidatos Dr. Pessoa (MDB), Fábio Novo (PT) e Fábio Abreu (PL) são laranjas do Palácio de Karnak.

    Para o senador, o decorrer da eleição é que vai mostrar se eles são ou não. Ciro destacou que todos são pré-candidatos que ele respeita, mas disse que o processo eleitoral é que vai revelar se a teoria do prefeito Firmino Filho sobre o laranjal do Karnak está correta ou não.

    "São candidatos que eu respeito. Vamos ver durante a campanha, se eles vão atuar apenas para bater no nosso candidato ou não, se eles vêm para apresentar projetos para cidade ou não. Só a campanha vai dizer", respondeu o senador.

    PT VAI PERDER

    Na mesma entrevista, ele foi perguntado sobre a disputa em Picos, onde o candidato do PT, Araujinho, vai enfrentar o Progressistas. Ciro foi curto na resposta. "Ele vai perder".

    • Teresina - Cidade Inteligente
    • InthegrARTE
    • Casa do Carneiro - Rações e Derivados
  • segunda, 09 de março de 2020, às 14:42h

    Firmino enalteceu perfil de Kleber Montezuma (Foto: Jailson Soares/PoliticaDinamica.com)

    Em um discurso acalorado durante evento de filiação de vereadores ao Progressistas nesta segunda-feira (9), o prefeito de Teresina Firmino Filho (PSDB) disse que será um grande orgulho para a capital ter um candidato com a capacidade de trabalho de Kleber Montezuma.

    Firmino ainda resiste em dizer que o candidato já está definido, mas afirmou que dia 17 será uma grande festa no anúncio oficial. Ao lado de Montezuma, que também fez discurso em tom de campanha, Firmino fez referência aos adversários e disse que eles não passarão.

    "Não existe definição ainda, mas seria um grande orgulho para nossa cidade, um orgulho pro nosso grupo político, ter um candidato com a capacidade de trabalho, com a seriedade, com o compromisso, com o perfil do nosso querido Kleber Montezuma. Dia 17 vamos fazer uma festa bonita, chamando quem tem coragem de assumir lado. Eles não passarão! Vamos continuar aprofundando as conquistas dessa cidade", falou sendo ovacionado em seguida.

    Montezuma fez discurso empolgante (Foto: Gustavo Almeida/PoliticaDinamica.com)

    O evento de filiação dos vereadores Neto do Angelim, Graça Amorim, Valdemir Virgino e Pedro Fernandes ao Progressistas reuniu vários políticos. Ao lado do senador Ciro Nogueira, de Firmino, vereadores e deputados federais e estaduais, Kleber Montezuma também discursou, enalteceu sua origem humilde, disse que tem história na cidade de Teresina e foi ovacionado pelo público. O evento era de filiação, mas o clima era de convenção.

    • Teresina - Cidade Inteligente
    • InthegrARTE
    • Casa do Carneiro - Rações e Derivados
  • segunda, 09 de março de 2020, às 13:21h

    Severo vai presidir a CCJ da Assembleia (Foto: Jailson Soares/PoliticaDinamica.com)

    O deputado estadual Severo Eulálio (MDB) foi eleito nesta segunda-feira (9) o novo presidente da Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ) da Assembleia Legislativa do Piauí para o ano de 2020. A eleição aconteceu ao meio-dia e ocorreu de forma consensual.

    Não será a primeira vez que Severo vai presidir a CCJ. Ele presidiu a comissão em 2017. Agora, a nova formação da CCJ passa a contar com os seguintes membros.

    TITULARES

    Severo Eulálio (MDB) – presidente
    Francisco Limma (PT) – vice-presidente
    Nerinho (PTB)
    Teresa Britto (PV)
    Gessivaldo Isaías (Republicanos)
    Hélio Isaías (Progressistas)
    Henrique Pires (MDB)

    SUPLENTES

    João Madison (MDB)
    Francisco Costa (PT)
    João de Deus (PT)
    Gustavo Neiva (PSB)
    Coronel Carlos Augusto (PL)
    B. Sá (Progressistas)
    Evaldo Gomes (Solidariedade)

    • Teresina - Cidade Inteligente
    • InthegrARTE
    • Casa do Carneiro - Rações e Derivados
  • domingo, 08 de março de 2020, às 22:18h

    Vice-prefeito vai disputar prefeitura em Jatobá do Piauí (Foto: Divulgação/PSD Piauí)

    Na expectativa de eleger pelo menos 50 prefeitos este ano, o PSD lançou oficialmente neste domingo (8) mais um pré-candidato a prefeito no Piauí. Desta vez, o partido apresentou o nome de Hilton Gomes para disputar a prefeitura de Jatobá do Piauí, a 140 km de Teresina.

    Hilton é o atual vice-prefeito do município e vai agora tentar chegar ao cargo de prefeito. O evento que marcou o lançamento da pré-candidatura contou com a presença do deputado federal Júlio César, presidente regional do partido, e do deputado estadual Georgiano Neto.

    Hilton Gomes será candidato a prefeito pelo PSD (Foto: Divulgação/PSD Piauí)

    Nas eleições de 2016, o PSD elegeu 26 prefeitos no Piauí, mas hoje já conta com 43 prefeitos filiados. Atualmente, é o segundo partido com mais gestores municipais no Piauí, atrás apenas do Progressistas. A intenção é sair da eleição de 2020 com até 50 prefeitos eleitos.

    • Teresina - Cidade Inteligente
    • InthegrARTE
    • Casa do Carneiro - Rações e Derivados
  • sexta, 06 de março de 2020, às 12:55h

    Estudantes e moradores fizeram protesto contra Wellington (Foto: Reprodução/Facebook)

    O governador Wellington Dias (PT) foi bastante vaiado e alvo de protesto durante agenda na manhã desta sexta-feira (6) em Castelo do Piauí, na região Norte do Estado. Dezenas de moradores, a maioria ligados à área da educação, inclusive estudantes, usaram faixas, cartazes e carro de som para protestarem contra os descasos do governo na educação.

    Como de costume, Wellington foi inaugurar calçamento, mas se deparou com manifestantes que reclamam da precariedade no transporte escolar, da falta de pagamento de servidores contratados e do reajuste do piso. Diante da manifestação, Wellington deixou o local. No carro de som, uma manifestante gritava. "Fica governador. Você não é um homem de luta?".

    Alunos usaram faixas e cartazes durante manifestação (Foto: Reprodução/Facebook)

    Em vídeo publicado nas redes sociais, a impressão é que Wellington deixa o local sem descerrar a fita de inauguração do calçamento, já que ele volta em direção ao carro sem fazer o tradicional ato de inauguração. Os professores da rede estadual estão em greve há quase um mês e cobram o mesmo percentual de reajuste anunciado pelo Governo Federal.

    Diante do protesto, Wellington voltou para o carro (Foto: Reprodução/Facebook)

    Em setembro de 2019, a reportagem do Política Dinâmica foi até Castelo do Piauí, onde flagrou veículos paus de arara fazendo o transporte de estudantes da rede estadual.

    • Teresina - Cidade Inteligente
    • InthegrARTE
    • Casa do Carneiro - Rações e Derivados
  • sexta, 06 de março de 2020, às 11:23h

    Venício do Ó e Marcelo Costa são ex-aliados (Fotos: Reprodução/Facebook)

    A disputa pela prefeitura de Valença do Piauí, a 210 km de Teresina, promete ser uma das mais agitadas do interior do Estado em 2020. A eleição no município de 20 mil habitantes desperta interesses de grandes caciques da política piauiense. Até agora, a cidade conta com quatro pré-candidatos a prefeito e o clima começa a ficar acirrado.

    A atual prefeita Ceiça Dias (Solidariedade) vai para a reeleição e é o principal nome a ser batido. No entanto, a tensão entre outros dois grupos tem causado surpresa em Valença.

    Trata-se de Marcelo Costa, segundo colocado em 2016, e o grupo de Carmelina do Ó. Carmelina é mulher do prefeito de Pimenteiras, Venício do Ó (PTB), que tenta eleger a esposa em Valença. Ele é o comandante da empreitada pela prefeitura. É o chefe da campanha.

    A candidatura de Carmelina ainda desperta dúvida, já que o fato de ser mulher de um prefeito, ainda que de outra cidade, pode implicar em inelegibilidade. Mesmo assim, o grupo de Venício na cidade de Valença vem trabalhando há algum tempo o nome de Carmelina.

    Venício do Ó quer eleger a esposa Carmelina (Foto: Reprodução/Internet)

    Na região, Venício tem externado o desejo de ser candidato a deputado federal em 2022 e por isso quer emplacar a mulher para tentar manter dois currais eleitorais: o de Valença e o de Pimenteiras. Com influência nos dois municípios, ele acha que pode ter alguma chance na cena política estadual, daí a intenção de colocar a mulher no poder.

    EX-AMIGOS E BRIGA DE GATO E RATO

    Venício do Ó e Marcelo Costa são ex-aliados que agora brigam pelo poder em Valença. Embora Venício diga que é amigo de Marcelo há 20 anos, na prática a amizade que os dois nutriam entre si parece ter acabado devido à briga pelo poder político em terras valencianas.

    Interessante é que nenhum deles é natural de Valença. Aliás, não são naturais nem mesmo do Piauí. Venício saiu do Ceará e afirma que foi o responsável por trazer Marcelo para o Piauí e colocá-lo na política. Marcelo é natural de Quebrangulo, município do interior de Alagoas.

    Recentemente, Marcelo disse em uma rádio que não é objeto para ter sido trazido por Venício e contestou a versão reverberada pelo ex-amigo. Ele também ataca o fato Venício querer lançar a esposa em Valença e diz que o antigo aliado está "bagunçando" o processo eleitoral.

    Em 2016 eles estavam juntos. Depois do afastamento, se estranharam. Marcelo e o grupo de Venício tem trocado farpas em rádios e em redes sociais. Juntos, eles foram derrotados na campanha passada, mas cada um acredita que agora pode vencer sem o apoio do outro em 2020, tarefa que não costuma ser fácil diante de quem está no poder e busca reeleição.

    Marcelo diz que Venício está "bagunçando" (Foto: Reprodução/Portal V1)

    PERDEU POR MAIS DE MIL VOTOS

    Rachado com seu antigo aliado Venício, Marcelo Costa vai tentar novamente a prefeitura de Valença e quer reunir a oposição em seu palanque. Em 2016, ele perdeu para a atual prefeita Ceiça Dias por uma diferença 1.200 votos. Marcelo se filiou ao Progressistas e confia na força do senador Ciro Nogueira para sua nova tentativa de chegar à prefeitura.

    Marcelo conseguiu reunir algumas lideranças que não estavam com ele em 2016, já que grupos contrários à Ceiça Dias estavam divididos em dois palanques naquela eleição. No entanto, Venício tenta "botar catinga" nas alianças dizendo que essas mesmas lideranças fizeram Marcelo perder há quatro anos. A atitude de Venício tem irritado Marcelo.

    Se confirmadas as candidaturas de Marcelo Costa e Carmelina do Ó na oposição, quem deve se beneficiar é a atual prefeita Ceiça Dias. A gestora tem sua campanha coordenada pelo filho Marcos Vinícius, vice-presidente estadual do Solidariedade. Ceiça conseguiu recentemente a adesão do grupo do ex-deputado federal Marllos Sampaio, do MDB. Na cidade, um ex-vereador ligado ao deputado estadual Franzé (PT) também fechou com Ceiça.

    A eleição em Valença do Piauí é uma das prioridades da direção do Solidariedade no estado. O presidente regional do partido, deputado estadual Evaldo Gomes, tem participado de forma direta das tratativas sobre a sucessão municipal valenciana. Enquanto os grupos de Marcelo Costa e Venício do Ó se atacam, a prefeita vai tentando pavimentar a reeleição.

    • Teresina - Cidade Inteligente
    • InthegrARTE
    • Casa do Carneiro - Rações e Derivados
  • sexta, 06 de março de 2020, às 10:16h

    Fábio Abreu diz que busca vice competitivo (Foto: Jailson Soares/PoliticaDinamica.com)

    O secretário de Segurança Pública e pré-candidato a prefeito de Teresina, Fábio Abreu (PL), disse na quinta-feira (5) que trabalha com a possibilidade de conseguir um vice que deixe a base aliada do prefeito Firmino Filho (PSDB). Segundo ele, essa possibilidade é real, mas não considera ser uma estratégia visando apenas minar o grupo político do prefeito.

    "São possibilidades reais de [o vice] ser da base do prefeito e naturalmente a gente tem feito essas conversas. Não como estratégia de estar minando a base da situação, mas de colocar um vice que venha a somar. Esse é o objetivo. Precisamos fazer uma composição e mostrar para a população que essa composição será competitiva", afirmou.

    Abreu admitiu que entre os alvos na base do prefeito Firmino está o Solidariedade, partido presidido no Piauí pelo deputado estadual Evaldo Gomes. "Pode sim", respondeu o pré-candidato ao ser questionado se o partido do seu vice pode acabar sendo o Solidariedade.

    • Teresina - Cidade Inteligente
    • InthegrARTE
    • Casa do Carneiro - Rações e Derivados
  • quinta, 05 de março de 2020, às 18:51h

    Proposta de Flávio Nogueira foi acolhida por relator (Foto: Divulgação/Assessoria)

    A emenda do deputado federal Flávio Nogueira (PDT-PI) que prevê o pagamento continuado do 13º do Bolsa Família foi acolhida e aprovada esta semana na Comissão Mista que debate o tema no Congresso Nacional. A iniciativa visa alterar o texto da Medida Provisória 898/19, que estabeleceu pagamento de 13º aos beneficiários do Bolsa Família apenas em 2019.

    Para Flávio Nogueira, a iniciativa do presidente Jair Bolsonaro de pagar o 13º do Bolsa Família é bem intencionada, mas o deputado quer que seja uma medida estendida aos próximos anos – que seja continuada – e não apenas para 2019. A emenda do deputado piauiense foi acolhida integralmente pelo senador Randolfe Rodrigues (Rede), relator da Medida Provisória.

    "Mesmo bem intencionada, não julgo correto esse abono ocorrer somente em uma vez, como se fosse uma benesse esporádica. Tem que ser permanente, como uma política contínua de Estado.", destaca o parlamentar.

    A medida aprovada na comissão também passa a valer para quem recebe o Benefício de Prestação Continuada. O BPC é o benefício de um salário mínimo para pessoas com deficiência ou idosos acima de 65 anos com renda familiar de até 25% desse valor.

    A proposta, já com as alterações aprovadas na Comissão Mista, segue agora para o plenário da Câmara e depois para o Senado, onde será votada para ser transformada em lei. Terá que ser votada até 24 de março, senão perde a validade por se tratar de Medida Provisória.

    • Teresina - Cidade Inteligente
    • InthegrARTE
    • Casa do Carneiro - Rações e Derivados
  • quinta, 05 de março de 2020, às 15:06h

    Fábio Novo elogia nome de Montezuma (Foto: Gustavo Almeida/PoliticaDinamica.com)

    O pré-candidato do PT a prefeito de Teresina, Fábio Novo, afirmou nesta quinta-feira (5) que o professor Kleber Montezuma, já apontado como escolhido para ser candidato a prefeito do PSDB, tem um passado e um currículo que honram o nome dele. Ainda conforme o petista, o trabalho de Montezuma na Secretaria de Educação do município é reconhecido.

    "É um bom nome. Eu acho que estava faltando o PSDB se posicionar e escolher o seu nome. [Kleber] tem um passado e um currículo que honram o nome dele. É um professor, faz um trabalho na Secretaria de Educação que é reconhecido. Vamos agora trabalhar para que a gente construa um debate de alto nível, de ideias para a cidade de Teresina.", falou.

    PROJETOS PARA A CIDADE

    Fábio Novo defendeu que a campanha eleitoral seja de propostas para a cidade. Ele voltou a criticar o sistema de integração do transporte público de Teresina e informou que já tem reunião marcada com especialistas para debaterem soluções para o assunto.

    "Observo uma falha muito grande. Os terminais que foram inaugurados na Zona Norte são um verdadeiro caos. É uma integração que não integra, que não funciona. Então, semana que vem a gente tem uma reunião com especialistas para ouvirmos ideias e apresentarmos soluções para esse setor que é uma das principais reclamações do teresinense.", avaliou.

    • Teresina - Cidade Inteligente
    • InthegrARTE
    • Casa do Carneiro - Rações e Derivados
  • quinta, 05 de março de 2020, às 14:04h

    Wellington Dias reagiu às comparações (Foto: Jailson Soares/PoliticaDinamica.com)

    O governador Wellington Dias (PT) comemorou nesta quinta-feira (5) aniversário de 58 anos de idade em uma instituição beneficente na Vila Operária, na Zona Norte de Teresina. Ao falar com a imprensa, ele foi questionado pelo Política Dinâmica acerca das constantes comparações feitas entre as gestões do Governo do Estado e da Prefeitura de Teresina.

    Segundo ele, não se compara milho com abacate. Em indireta para o prefeito Firmino Filho (PSDB) e seus aliados, o petista ressaltou, duas vezes, que não faz as coisas para se amostrar.

    "Primeiro, eu aprendi com minha professora Eva Feitosa que você não pode comparar milho com abacate. Município é município e estado é estado. Em segundo lugar, na política eu faço por fazer, é o povo que avalia. Eu faço por fazer, eu não faço para me amostrar", respondeu.

    Wellington celebrou aniversário de 58 anos (Foto: Jailson Soares/PoliticaDinamica.com)

    Conforme o governador, ele trabalha para transformar o patinho feio do Brasil que era o Piauí em um lugar desenvolvido. Ele reconhece que ainda não alcançou isso [em quase 14 anos de mandato], mas avalia que muita coisa melhorou durante as suas quatro gestões.

    "Eu faço para que as coisas possam transformar aquele patinho feio do Brasil que era o Piauí num lugar verdadeiramente desenvolvido. Já alcançamos? Não. Mas se a gente olhar para trás, melhorou. Se a gente olhar nesse momento, estamos fazendo e vai continuar melhorando. Então, é esse o meu pensamento sincero", finalizou.

    José Dirceu no aniversário de Wellington Dias (Foto: Jailson Soares/PoliticaDinamica.com)

    Quem estava presente no aniversário de Wellington era o ex-ministro petista José Dirceu, condenado no escândalo do Mensalão e na Lava Jato. Ele foi acusado pelo Ministério Público Federal (MPF) de ser o mentor intelectual do esquema de compra de apoio parlamentar durante o primeiro governo Lula (PT), quando era ministro-chefe da Casa Civil.

    Dirceu chegou a ficar preso alguns anos, mas aguarda julgamento de recursos em liberdade.

    • Teresina - Cidade Inteligente
    • InthegrARTE
    • Casa do Carneiro - Rações e Derivados
  • quinta, 05 de março de 2020, às 13:06h

    Presidente da Câmara de Teresina, Jeová Alencar (Foto: Jailson Soares/PoliticaDinamica)

    Diante dos rumores de um possível recuo na ida para o MDB e o retorno à base aliada do prefeito Firmino Filho (PSDB), o vereador Jeová Alencar, ainda tucano, ouviu o seguinte questionamento nesta quinta-feira (5) na Câmara Municipal de Teresina.

    - Sua prioridade ainda é ir para o MDB?

    A resposta foi bem clara.

    - A prioridade é me reeleger.

    As investidas do PSDB para segurar o vereador já vinham sendo noticiadas, mas aumentaram nas últimas 24 horas após o MDB ter anunciado que o vereador Luiz Lobão vai ficar na sigla.

    Nos bastidores, fala-se em descontentamento de Jeová com o fico de Lobão. A direção municipal se viu vencida pelo senador Marcelo Castro e desistiu de expulsar o vereador.

    Jeová nega que a saída de Lobão fosse uma condicionante para ele se filiar ao partido. O vereador ainda mantém o discurso de que o MDB é o seu caminho natural.

    "Nós estamos ligados ao presidente Themístocles e o caminho natural é o MDB", falou.

    No entanto, Jeová alerta. "Uma noite na política é uma eternidade. Por isso eu tenho muita cautela nas palavras e nas ações. Eu não tomo nenhuma decisão precipitada."

    À essa altura do campeonato, cada um está por si nas bandas do MDB. Quem e quantos, afinal, estarão até o fim com Dr. Pessoa? Eis o questionamento.

    • Teresina - Cidade Inteligente
    • InthegrARTE
    • Casa do Carneiro - Rações e Derivados
  • quarta, 04 de março de 2020, às 16:09h

    Luiz Lobão vai continuar no MDB (Foto: Jailson Soares/PoliticaDinamica.com)

    O vereador de Teresina Luiz Lobão vai ficar no MDB, assim como garantiu por diversas vezes o senador Marcelo Castro, presidente estadual do partido. Nesta quarta-feira (4), a direção municipal, que queria expulsá-lo, resolveu desistir do processo de expulsão do parlamentar.

    O acordo foi costurado internamente e o Diretório Municipal deu aval. Com o fico de Lobão, o suplente de vereador James Guerra, apoiado pelo deputado estadual João Mádison, vai se transferir do MDB para ser candidato no PSB, partido aliado dos emedebistas na capital.

    Após o acordo, João Mádison afirmou que Lobão vai ficar e apoiar a candidatura de Dr. Pessoa para prefeito de Teresina. Como todos sabem, Mádison costuma ser otimista até demais e acredita nisso. Lobão, como todos também sabem, é aliado do prefeito Firmino (PSDB).

    MDB municipal desiste de expulsar vereador Luiz Lobão do partido.

    Os membros do Diretório Municipal podem até dizer que o acordo só saiu graças a eles, mas na verdade só aconteceu porque Marcelo Castro bateu o pé e disse que não aceitava Lobão ser expulso. O vereador coordenou a campanha de Castro para o Senado em 2018 na capital.

    Tirando a saída de James Guerra, permanece tudo como dantes no quartel de Abrantes.

    • Teresina - Cidade Inteligente
    • InthegrARTE
    • Casa do Carneiro - Rações e Derivados


voltar para 'Política Dinâmica'