Coluna Gustavo Almeida
  • quinta, 08 de outubro de 2020, às 18:17h

    Teresina lidera ranking de gastos com saúde (Foto: Jailson Soares/PoliticaDinamica.com)

    A cidade de Teresina é a capital do país que mais gasta com saúde pública por habitante. O levantamento foi feito pelo Conselho Federal Medicina (CFM) em parceria com a ONG Contas Abertas. Atrás da capital do Piauí, na segunda colocação, vem a cidade de São Paulo. 

    De acordo com os dados divulgados nesta quinta-feira (8), Teresina gasta por ano R$ 703,76 por pessoa na área da saúde, enquanto a média do total das 26 capitais dos Estados ficou em R$ 490,72. Capitais de 18 estados brasileiros ficaram abaixo da média nacional.

    Se transformado em valor diário, o gasto com saúde por pessoa em Teresina equivale a quase R$ 2 por dia. Enquanto isso, o levantamento mostrou que quase 40% de todas as cidades do Brasil, incluindo nove capitais, gastam menos de R$ 1 por dia por habitante.

    O estudo levantou os gastos das esferas municipal, estadual e federal. A média do gasto diário do País com ações e serviços de saúde por habitante [incluindo todas as esferas da gestão pública] é de R$ 3,83. O número, segundo o CFM, ainda é aquém do necessário.

    Um dos pontos destacados pelo CFM foi justamente o crescimento total e percentual quase constante dos gastos municipais com saúde. Em 2019, tais gastos representavam 31% do total das despesas com serviços de saúde. A esfera estadual ficou com 26% e a federal com 42%.

    • Teresina Legislação e Painel Covid 19 - PMT
    • Teresina Painel e Legislação - PMT
    • Hero Grill Self Service
    • Flores Da Casinha
    • Casa do Carneiro - Rações e Derivados
  • quinta, 08 de outubro de 2020, às 11:26h

    Walter Alencar e Kelly Alencar foram presos (Foto: Reprodução/Facebook/Kelly)

    Preso em flagrante nesta quinta-feira (8) durante operação do Gaeco, o prefeito de Agricolândia, Walter Alencar (Progressistas), tenta dar uma de esperto nas eleições deste ano. Ele está no segundo mandato de prefeito em seu município e lançou a esposa Kelly Alencar (PTB) candidata a prefeita de Lagoinha do Piauí.

    Walter não pode mais se reeleger em Agricolândia por já estar no segundo mandato e também não podia lançar a própria mulher. Por isso, achou um jeito de colocá-la na disputa pela prefeitura da cidade vizinha. Como a lei eleitoral permite essa 'esperteza' em cidades diferentes, o casal tenta conseguir mais quatro anos seguidos no poder.

    Em Agricolândia, o prefeito tenta eleger o sobrinho Ítalo Alencar (MDB) para a prefeitura.

    O plano político pode até dar certo nas urnas, mas o casal acabou sendo preso nesta quinta. Walter é suspeito de liderar, juntamente com o prefeito de Passagem Franca, Raislan Farias (Progressistas), uma organização criminosa que fraudava licitações e desviava dinheiro público de prefeituras da região.

    O casal esperto deu um azar danado. A operação desta quinta não tinha mandados de prisão contra eles, mas ao fazer buscas de documentos na casa do prefeito em Agricolândia os policiais acharam farto material para compra de votos na cidade em que a mulher dele é candidata. Tinha lista com nome de eleitores e suas respectivas vantagens indevidas.

    Além disso, foram encontrados R$ 87 mil em dinheiro e R$ 40 mil em cheques. Segundo o Gaeco, trata-se de crime eleitoral e por isso o casal foi preso em flagrante. 

    MUDANÇA DE NOME

    A audácia eleitoral dos dois é tão grande que Kelly Alencar mudou o próprio nome e transferiu o título para se candidatar na cidade vizinha. Ela se chamava Ramone Kelly Leal Alves, mas tirou o Ramone e o Leal e acrescentou Alencar. Agora, ela chama Kelly Alves de Alencar.

    • Teresina Legislação e Painel Covid 19 - PMT
    • Teresina Painel e Legislação - PMT
    • Hero Grill Self Service
    • Flores Da Casinha
    • Casa do Carneiro - Rações e Derivados
  • quinta, 08 de outubro de 2020, às 10:26h

    Agentes fazem busca na sede de prefeitura (Foto: Divulgação/Gaeco/MP-PI)

    O Ministério Público do Estado do Piauí, por meio do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco), deflagrou nesta quinta-feira (8) a operação IBI CLAUSUS. A ação policial conta com o apoio de agentes das polícias Civil, Militar, Rodoviária Federal e ainda do Tribunal de Contas do Estado do Piauí (TCE-PI).

    Os alvos principais são os prefeitos de Passagem Franca, Raislan Farias (Progressistas), e de Agricolândia, Walter Alencar (Progressistas). Os dois são suspeitos de liderar uma organização criminosa especializada em fraudes em licitações e lavagem de dinheiro com atuação em vários municípios piauienses. 

    Ao todo são cumpridos 19 mandados de busca e apreensão nos municípios de Passagem Franca, Agricolândia, Barro Duro, São Pedro do Piauí, Demerval Lobão, Lagoinha do Piauí e Teresina. Os mandados foram expedidos pelo desembargador Joaquim Dias de Santana Filho, do Tribunal de Justiça do Piauí (TJ-PI).

    Agentes na prefeitura de Passagem Franca (Foto: Divulgação/Gaeco/MP-PI)

    A investigação apura desvio de recursos públicos, organização criminosa, corrupção ativa, peculato, lavagem de dinheiro e fraude à licitação, envolvendo contratos de empresas com o município de Passagem Franca, no período entre os anos de 2013 a 2020. Segundo o Gaeco, o prefeito de Agricolândia, Walter Alencar, é proprietário de empresas com participação no esquema fraudulento em Passagem Franca, além de demais agentes públicos e empresários.

    PREFEITO E PRIMEIRA-DAMA PRESOS

    A operação não tinha mandados de prisão para serem cumpridos, mas durante as buscas na casa do prefeito Walter Alencar, em Agricolândia, a polícia encontrou materiais que seriam usados para supostamente comprar eleitores do município de Lagoinha do Piauí, onde a esposa dele, Kelly Alencar (PTB), disputa a prefeitura. O casal acabou sendo preso em flagrante.

    "No cumprimento do mandado de busca e apreensão na cidade de Agricolândia, foi realizada prisão em flagrante pela suposta prática de crime eleitoral. A PRF, em conjunto com o Ministério Público e o TCE, apreendeu, além de lista de eleitores com a respectiva vantagem indevida, uma série de bens que seriam oferecidos aos eleitores em troca de votos. Foi ainda apreendido cerca de R$ 87 mil em dinheiro e R$ 40 mil em cheques", disse o promotor Mário Normando.

    • Teresina Legislação e Painel Covid 19 - PMT
    • Teresina Painel e Legislação - PMT
    • Hero Grill Self Service
    • Flores Da Casinha
    • Casa do Carneiro - Rações e Derivados
  • quarta, 07 de outubro de 2020, às 13:11h

    Presidente prometeu vir ao Piauí inaugurar obras (Foto: Reprodução/Vídeo/Assessoria)

    Os senadores Ciro Nogueira e Elmano Férrer, do Progressistas, participaram de um almoço nesta quarta-feira (7) com o presidente Jair Bolsonaro no Palácio do Planalto. Outros políticos, entre eles o presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM), também estiveram no encontro.

    Após o almoço, o presidente e os senadores piauienses gravaram um vídeo juntos. Na gravação, Ciro Nogueira agradeceu Bolsonaro por obras de infraestrutura que estão sendo executadas no Piauí e o presidente prometeu vir ao Estado inaugurar alguma delas.

    "Vamos estar lá brevemente para inaugurar essas obras e, com toda certeza, o povo do Piauí ficará muito satisfeito", disse o presidente esbanjando sorriso no rosto.

    As obras mencionadas por Ciro foram a duplicação das saídas de Teresina, BR-135, ponte de Santa Filomena e asfaltamento das laterais da BR-316 na cidade de Picos. O Progressistas de Ciro e Elmano é um dos grandes aliados do presidente no Congresso Nacional.

    • Teresina Legislação e Painel Covid 19 - PMT
    • Teresina Painel e Legislação - PMT
    • Hero Grill Self Service
    • Flores Da Casinha
    • Casa do Carneiro - Rações e Derivados
  • quarta, 07 de outubro de 2020, às 11:39h

    Wellington Dias (PT), governador do Piauí (Foto: Jailson Soares/PoliticaDinamica.com)

    As eleições municipais de 2020 ainda nem aconteceram, mas o que vemos no Piauí é uma intensa antecipação do pleito eleitoral de 2022. Os protagonistas dessa antecipação, de ambos os lados, mas sobretudo os que estão fora do poder, não disfarçam que o foco está lá na frente.

    Para o cenário de 2022 no Piauí, vemos emergir com ênfase a nova oposição agora liderada pelo senador Ciro Nogueira (Progressistas) e pelo prefeito de Teresina Firmino Filho (PSDB). Do lado governista, a força do governador Wellington Dias (PT) e seus aliados.

    Na “nova oposição”, que em boa parte era governo até ontem, não se esconde uma certa euforia com vistas à campanha de 2022. A derrocada do PT em nível nacional e o avanço do presidente Bolsonaro no Nordeste parecem animar cada vez mais os opositores petistas.

    Além disso, o desgaste do ciclo de governo do PT no Piauí alimenta a esperança dos opositores de que em 2022 o candidato de Wellington não terá sucesso nas urnas. No entanto, assim como o processo eleitoral está antecipado, as precipitações também podem estar.

    Ciro Nogueira passou a liderar oposição a Wellington (Foto: Jailson Soares/PoliticaDinamica)

    A gestão do governador Wellington Dias não é boa [minha opinião]. O Piauí não conseguiu, ao longo de anos seguidos de governos petistas, os avanços na proporção esperada. Houve avanços e conquistas, sim, mas elas poderiam ter sido muito maiores. Muito mesmo.

    Porém, uma coisa é qualidade de gestão, outra coisa é força eleitoral. Na política, esses dois fatores deveriam estar obrigatoriamente atrelados, mas a gente sabe que nem sempre estão. É nesse ponto que não se pode, jamais, duvidar do potencial político de Wellington.

    O governador está no quarto mandato. Venceu quatro eleições no primeiro turno. É fato que em algumas delas ele não teve adversários de peso, mas até isso se deve a sua expertise política. Quem vence quatro eleições de governador jamais pode ser subestimado.

    Em 2022, mesmo se Bolsonaro estiver voando alto no Nordeste, o grupo de Wellington no Piauí será forte. Com seu jeito manso, chamando até adversário pelo tradicional “e aí jovem”, o petista não vai dar vida fácil para quem quiser tomar o Karnak do seu grupo. 

    Goste dele ou não, aprove seu governo ou não, é preciso reconhecer que Wellington, no tocante à política estadual no Piauí, é um animal político dos mais espertos. Daqui para 2022 ainda tem muito tempo e bastante coisa pode mudar. O que não muda é a certeza de que não é fácil competir com quem está no poder, ainda mais quando se trata de Wellington no Karnak.

    • Teresina Legislação e Painel Covid 19 - PMT
    • Teresina Painel e Legislação - PMT
    • Hero Grill Self Service
    • Flores Da Casinha
    • Casa do Carneiro - Rações e Derivados
  • quarta, 07 de outubro de 2020, às 8:32h

    Prefeita Patrícia Leal terá que explicar problema (Foto: Reprodução/Facebook)

    O promotor Paulo Rubens Parente Rebouças, da 2ª Promotoria de Justiça da Comarca de Altos, instaurou procedimento para apurar a precariedade no abastecimento de água na zona urbana do município, que fica a 38 km de Teresina. A apuração foi aberta na segunda-feira (5) após representação de moradores e da Câmara Municipal de Altos.

    De acordo com a representação da Câmara, o abastecimento d'água em algumas áreas é feito de maneira intermitente, sem garantia de acesso contínuo e ainda com qualidade ruim. Uma moradora também denunciou ao MP-PI que a falta diária de água atinge até mesmo ruas do Centro, como a Telésforo do Vale, uma das principais vias da cidade.

    A Prefeitura de Altos, administrada pela prefeita Patrícia Leal (PT), e a Agespisa terão prazo de 15 dias, a partir da notificação, para apresentar explicações ao promotor sobre o fornecimento inadequado denunciado pelos moradores e pela Câmara. O promotor de Justiça da cidade quer ainda que a gestão municipal apresente solução para o caso.

    Veja a PORTARIA DO MP-PI sobre o caso.

    • Teresina Legislação e Painel Covid 19 - PMT
    • Teresina Painel e Legislação - PMT
    • Hero Grill Self Service
    • Flores Da Casinha
    • Casa do Carneiro - Rações e Derivados
  • terça, 06 de outubro de 2020, às 13:15h

    Jaques parabenizou colega petista Wellington Dias (Foto: Antonio Cruz/Agência Brasil)

    O ex-governador da Bahia e ex-ministro Jaques Wagner (PT) parabenizou nesta terça-feira (6) o governador do Piauí Wellington Dias (PT) por ter chegado à presidência do Consórcio Nordeste. Dias foi eleito na semana passada e já iniciou a transição no comando do grupo.

    No Twitter, Jaques Wagner desejou boa sorte ao companheiro petista na liderança do grupo.

    “Parabéns ao governador do Piauí, o companheiro Wellington Dias, eleito novo presidente do Consórcio Nordeste. Desejo boa sorte e bom trabalho neste novo ciclo de integração, parceria e trabalho conjunto em prol dos nove estados nordestinos. Nordeste forte é Nordeste unido!”, escreveu o ex-ministro petista.

    O Consórcio Nordeste é o mesmo que, na semana passada, o senador Ciro Nogueira (Progressistas) chamou de “piada” ao comentar a ascensão de Wellington à sua presidência.

    • Teresina Legislação e Painel Covid 19 - PMT
    • Teresina Painel e Legislação - PMT
    • Hero Grill Self Service
    • Flores Da Casinha
    • Casa do Carneiro - Rações e Derivados
  • terça, 06 de outubro de 2020, às 11:07h

    Lula pediu votos para Fábio Novo, de Teresina (Foto: Reprodução/Instagram/Fábio Novo)

    O ex-presidente Lula (PT) gravou vídeo para a campanha do petista Fábio Novo, candidato a prefeito de Teresina. Na gravação postada nas redes sociais de Novo, Lula diz que o colega está preparado para fazer as mudanças que a população da capital piauiense precisa.

    “Em Teresina, Fábio Novo está preparado para fazer as mudanças que o nosso povo precisa. Vamos com o Partido dos Trabalhadores. Vamos com Fábio Novo”, afirma Lula.

    No vídeo, o ex-presidente diz que as eleições municipais são uma extraordinária oportunidade de mostrar que existem duas formas de se governar uma cidade, a favor ou contra o povo. Na avaliação de Lula, só quem tem coragem de defender o povo é o PT.

    Ele ainda relembrou feitos das gestões petistas no governo federal para tentar convencer o eleitorado de que eleger gestores do PT nas eleições deste ano será importante.

    • Teresina Legislação e Painel Covid 19 - PMT
    • Teresina Painel e Legislação - PMT
    • Hero Grill Self Service
    • Flores Da Casinha
    • Casa do Carneiro - Rações e Derivados
  • terça, 06 de outubro de 2020, às 10:12h

    Roncalli Filho, Fernanda Gomes e Daniel Carvalho (Fotos: Reprodução/Redes Sociais)

    Cinco candidatos a vereador de Teresina são filhos de deputados ou ex-deputados. A maioria deles se apega à força política da família para tentar conquistar uma vaga na Câmara Municipal da capital. Dos cinco, três nasceram na década de 1990 e têm menos de 30 anos.

    A jovem Fernanda Gomes (Solidariedade) é filha do deputado estadual Evaldo Gomes. Com apenas 22 anos, ela disputa a primeira eleição e tenta seguir os passos do pai na política. A maioria dos seus eventos tem a presença de Evaldo, o carro-chefe da campanha.

    Outro que busca vaga na Câmara Municipal de Teresina é Daniel Carvalho (MDB). Ele é filho da ex-deputada estadual Ana Paula e enteado do deputado estadual Zé Santana (MDB). Com 25 anos, Daniel vem de uma família de tradição na política da região Sul do Piauí. Enquanto ele tenta ser vereador em Teresina, a mãe disputa a prefeitura de Uruçuí, a 453 km da capital.

    Quem também sonha com um mandato é o jovem Roncalli Paulo Filho (MDB). Filho do ex-deputado estadual Roncalli Paulo, o rapaz de 26 anos, natural de São João do Piauí, tenta retomar o protagonismo político da família. Seu avô David Paulo e seu tio Sabino Paulo também foram deputados estaduais. Ele é primo do deputado estadual Firmino Paulo (Progressistas).

    Venâncio e Marquim já disputaram em 2016 (Fotos: Jailson Soares/PoliticaDinamica.com)

    Além do trio que tenta se eleger pela primeira vez, o vereador Venâncio Cardoso (PSDB), filho da deputada estadual Flora Izabel (PT), tenta se reeleger. O tucano filho de petista foi eleito para o primeiro mandato em 2016 e busca a reeleição para permanecer na Câmara de Teresina.

    Outro filho de ex-deputado que busca um mandato na Câmara é Marquim Monteiro (MDB). Filho do falecido deputado estadual Fernando Monteiro (1951-2019), Marquim ficou na suplência em 2016 e chegou a exercer o mandato por um período na atual legislatura. 

    • Teresina Legislação e Painel Covid 19 - PMT
    • Teresina Painel e Legislação - PMT
    • Hero Grill Self Service
    • Flores Da Casinha
    • Casa do Carneiro - Rações e Derivados
  • segunda, 05 de outubro de 2020, às 13:25h

    Ele não considera que ela tem chances de 2º turno (Fotos: Jailson Soares/PoliticaDinamica)

    O governador Wellington Dias (PT) afirmou nesta segunda-feira (5) que quatro candidatos disputam presença no 2º turno em Teresina e que, dos quatro, três são do grupo político dele. 

    “Temos quatro candidatos que disputam as duas vagas do segundo turno e três são do campo político que represento. Acredito que é possível dois nomes da oposição”, afirma. 

    O petista certamente se refere a Dr. Pessoa (MDB), Fábio Abreu (PL) e Fábio Novo (PT), os três nomes do Karnak mais bem posicionados na corrida pela prefeitura da capital. O outro que busca vaga no segundo turno é Kleber Montezuma (PSDB), opositor do petista.

    No entanto, a base do governador tem ainda outro nome na disputa pela prefeitura. É o de Simone Pereira (PSD), ex-secretária do Agronegócio e Empreendedorismo na gestão dele.

    Pelo visto, o governador não avalia que Simone tenha alguma perspectiva de segundo turno. Ao considerar que apenas três nomes do grupo político que ele representa disputam vaga na segunda fase da disputa municipal, o petista descartou a ex-secretária.

    • Teresina Legislação e Painel Covid 19 - PMT
    • Teresina Painel e Legislação - PMT
    • Hero Grill Self Service
    • Flores Da Casinha
    • Casa do Carneiro - Rações e Derivados
  • segunda, 05 de outubro de 2020, às 12:09h

    Julia Beatriz tenta vaga na Câmara Municipal (Foto: Divulgação/Assessoria)

    Primeira policial militar mulher do Piauí, a coronel Julia Beatriz disputa uma vaga de vereadora em Teresina pelo Republicanos. Nas eleições de 2016, ela foi candidata a vice-prefeita de Dr. Pessoa. Na época, a dupla ficou na segunda colocação e viu Firmino Filho (PSDB) ser reeleito.

    Dessa vez em busca de vaga na Câmara, Julia afirma que vai atuar na elaboração de políticas públicas para ajudar na regularização fundiária de Teresina. Ela diz conhecer bem o problema, pois atuou mais de 15 anos na Coordenação de Gerenciamento de Crises da Polícia Militar.

    Na função, Julia atuou em dezenas de desocupações e diz ter percebido a falta fiscalização do poder público para evitar a especulação imobiliária. “Vamos trabalhar para ajudar os que realmente precisam de moradia, que são prejudicados pela falta de ação do poder público”, diz.

    A candidatura da militar foi lançada na semana passada, no bairro Água Mineral, em Teresina. 

    • Teresina Legislação e Painel Covid 19 - PMT
    • Teresina Painel e Legislação - PMT
    • Hero Grill Self Service
    • Flores Da Casinha
    • Casa do Carneiro - Rações e Derivados
  • segunda, 05 de outubro de 2020, às 10:50h

    Criminosos explodiram caixas dentro do TRE-PI (Foto: Jailson Soares/PoliticaDinamica.com)

    Que a insegurança tomou conta do Piauí, todos já sabem. Mas mesmo assim ainda temos motivos para nos surpreender a cada dia com a audácia dos criminosos e com a precariedade do nosso sistema de segurança. Em solo piauiense, parece que mais ninguém está protegido.

    Neste fim de semana, bandidos explodiram caixas eletrônicos dentro do Tribunal Regional do Eleitoral do Piauí (TRE-PI). O local onde ficavam os caixas ficou destruído. O TRE, sede da Justiça Eleitoral do Piauí, fica em área privilegiada da capital, pertinho, inclusive, de outros poderes.

    Mas essa não é a primeira vez que bandidos investem contra a sede de órgãos públicos importantes e bem localizados em Teresina. Em junho de 2018, criminosos invadiram a Câmara Municipal de Teresina durante a madrugada e explodiram caixas eletrônicos instalados no local.

    Se até as sedes dos poderes são alvos fáceis para a bandidagem armada no Piauí, imagine a sensação de insegurança vivida pelos cidadãos comuns em suas casas, nas ruas e nos seus estabelecimentos comerciais. O pior é que a cada dia tudo parece piorar. Triste realidade!

    • Teresina Legislação e Painel Covid 19 - PMT
    • Teresina Painel e Legislação - PMT
    • Hero Grill Self Service
    • Flores Da Casinha
    • Casa do Carneiro - Rações e Derivados
  • segunda, 05 de outubro de 2020, às 9:38h

    Thalia Guimarães disputa vaga de vereadora em Pavussu (Foto: Reprodução/Facebook)

    Mais de 10,5 mil políticos pediram registro de candidatura no Piauí para as eleições de 2020. De todos eles, a candidata mais nova tem apenas 17 anos, porém, vai completar 18 antes da eleição. A idade mínima exigida para o cargo de vereador é de 18 anos, mas a legislação eleitoral só exige essa idade na data da posse, caso o candidato seja eleito.

    A candidata mais nova em todo o Piauí é a jovem Thalia da Costa Guimarães (Progressistas), do município de Pavussu, a 416 km de Teresina. Thalia nasceu no dia 28 de outubro de 2002 e, portanto, vai completar 18 anos no final deste mês. 

    A segunda candidata mais nova do Piauí é do município de Dom Inocêncio, a 610 km de Teresina. A jovem Nayara do Nascimento Oliveira (Progressistas) completou 18 anos no dia 26 agosto. A estudante é uma das oito mulheres que tentam vaga na Câmara do município.

    Nayara Oliveira é candidata em Dom Inocêncio, no semiárido (Foto: Reprodução/Facebook)

    Assim como Nayara Oliveira, outros sete candidatos a vereador no Piauí têm atualmente 18 anos de idade, mas são mais velhos do que ela por diferença de alguns dias ou meses.

    Confira abaixo os candidatos mais novos do Piauí:

    Thalia da Costa Guimarães - Pavussu - nasceu em 28 de outubro de 2002

    Nayara do Nascimento Oliveira - Dom Inocêncio - nasceu em 26 de agosto de 2002

    Raimundo Veloso Dias - Jaicós - nasceu em 03 de agosto de 2002

    Alice Virginha da Silva - Altos - nasceu em 05 de julho de 2002

    Carliene de Sousa Pereira - Milton Brandão - nasceu em 26 de junho de 2002

    Gean Carlos de Sousa Rodrigues - Queimada Nova - nasceu em 18 de junho de 2002

    Naeli Pereira da Silva - Nossa Senhora do Remédios - nasceu em 25 de abril de 2002

    Samyra Vieira Rodrigues - Itainópolis - nasceu em 21 de janeiro de 2002

    Antônio Artur de Oliveira dos Santos - Ilha Grande - nasceu em 11 de janeiro de 2002

    • Teresina Legislação e Painel Covid 19 - PMT
    • Teresina Painel e Legislação - PMT
    • Hero Grill Self Service
    • Flores Da Casinha
    • Casa do Carneiro - Rações e Derivados
  • domingo, 04 de outubro de 2020, às 22:25h

    Jair Bolsonaro rebateu crítica feita por seguidor (Foto: Jailson Soares/PoliticaDinamica.com)

    O presidente da República Jair Bolsonaro tem rebatido em suas redes sociais as críticas contra a indicação do piauiense Kassio Nunes Marques para o Supremo Tribunal Federal (STF). Em seu perfil oficial no Facebook, Bolsonaro reagiu neste domingo (4) a um seguidor que questionou a escolha de Kassio para a Suprema Corte.

    “Kassio é contra o aborto (votará contra a ADPF 442 caso seja pautada). É pró armas nos limites da lei (ele é CAC). Defende a família e as pautas econômicas (quem duvida que aguarde as votações). Resumindo, ele está 100% alinhado comigo, por isso a ferrenha campanha para desconstruí-lo”, escreveu o presidente.

    Natural de Teresina, no Piauí, Kassio Nunes Marques é desembargador do Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF-1) desde 2011. A indicação dele para o STF foi publicada no Diário Oficial da União na última sexta-feira (2). Ele vai ocupar a vaga do ministro Celso de Mello, que se aposenta no próximo dia 13.

    • Teresina Legislação e Painel Covid 19 - PMT
    • Teresina Painel e Legislação - PMT
    • Hero Grill Self Service
    • Flores Da Casinha
    • Casa do Carneiro - Rações e Derivados
  • domingo, 04 de outubro de 2020, às 22:08h

    Advogado piauiense Bruno Frota da Rocha é um dos coordenadores da obra jurídica

    Será lançado nesta segunda-feira (5) o livro “Direitos Fundamentais sob a ótica do Humanismo Jurídico”. A obra, publicada pela tradicional Editora Dialética, de São Paulo, tem entre os coordenadores o piauiense Bruno Frota da Rocha, que é advogado da União com atuação na Controladoria Geral da União (CGU). 

    O livro é resultado das discussões de um grupo de alunos do mestrado em Direito e Políticas Públicas do UniCEUB, em Brasília, na disciplina ministrada pelo ex-ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Carlos Ayres Britto. Por isso, a obra é também uma homenagem ao jurista.

    O lançamento será às 19h desta segunda-feira, de maneira virtual em razão das limitações do período de pandemia. A obra é composta de 10 artigos que tratam de temas relacionados aos Direitos Fundamentais na perspectiva do Humanismo Jurídico. 

    “É antes de tudo uma obra de reflexão plural”, explica Bruno Rocha, que coordena o volume junto com Acássia Regina de Sá e Tatiana Reinehr de Oliveira. O trabalho conta ainda com artigos de Antônio Henrique Santos Resende, Diógenes Luís da Silva Filho, Ivan de Mendonça Filho, Jucelaine Angelim Barbosa, Luciana de Oliveira Ramos, Miriam Sasaki França e Oriane Graciani de Souza.

    Sobre a homenagem a Carlos Ayres Britto, os coordenadores do livro ressaltam a qualidade intelectual do ex-ministro do STF, que sempre se diferenciou por agregar à robusta base jurídica uma alta sensibilidade humana. “As qualidades de Ayres Britto já são conhecidas. Como ministro do STF teve destacada projeção, o que permitiu ao Brasil conhecer aquele sergipano da pacata Propriá e sua qualidade como jurista. Um jurista diferenciado, culto nas letras (não apenas jurídicas). A paixão pela poesia logo lhe rendeu a denominação de ‘juiz-poeta’. Uma qualificação que mostra a razão do sucesso no meio jurídico”, destaca a apresentação da obra.

    O lançamento poderá ser acompanhado pela internet.

    • Teresina Legislação e Painel Covid 19 - PMT
    • Teresina Painel e Legislação - PMT
    • Hero Grill Self Service
    • Flores Da Casinha
    • Casa do Carneiro - Rações e Derivados


voltar para 'Política Dinâmica'