Coluna Gustavo Almeida Política Dinâmica
“NÃO TEM CANDIDATO FORTE INDIVIDUALMENTE NO PIAUÍ”, APONTA FLÁVIO NOGUEIRA

DEPUTADO FEDERAL AVALIA QUE ELEIÇÕES DE 2022 SERÃO DECIDIDAS A PARTIR DE ALIANÇAS POLÍTICAS QUE CADA CANDIDATO CONSEGUIR MONTAR

02/12/2020 09:01 - Atualizado em 02/12/2020 09:08

Flávio Nogueira aponta falta de líderes populares (Foto: Jailson Soares/PoliticaDinamica.com)

O deputado federal Flávio Nogueira (PDT) considera que ainda é cedo para dizer que existe esse ou aquele nome forte para senador ou governador do Piauí. Segundo ele, quem diz hoje que é candidato ao Governo do Estado ou ao Senado em 2022 pode terminar não sendo. Nogueira chamou atenção para o fato de que não existe candidato forte individualmente no Estado e disse que hoje em dia não há nenhum líder popular na política do Piauí.

“Os candidatos a governador, embora possa ter um ou outro que diz que é candidato, mas está muito longe. Política não é nada exato, muda sempre. Quem é hoje candidato pode não ser e quem não é pode ser, a governador, a vice e a senador. Não tem candidato forte individualmente. Dificilmente aparece um líder popular. No nosso estado não tem esse popular. Ainda hoje o Wellington Dias é o que se aproxima desse líder popular, mas ele sozinho com certeza não ganharia uma eleição, sem ter um grupo político”, falou.

Nogueira aponta que em outros momentos surgiam líderes populares, capazes de ganhar eleições mesmo sem a influência decisiva de um grupo político. Porém, ele aponta que nos dias atuais isso está cada vez mais raro e, no caso do Piauí, nem existe mais. Para o deputado, os candidatos majoritários em 2022 serão vitoriosos a partir do leque de alianças que montarem, pois não vê ninguém capaz de se fazer competitivo apenas pela própria liderança.

Gustavo Almeida

Gustavo Almeida

Jornalista.

Comente!

ANTERIOR

AO POLÍTICA DINÂMICA, MINHA GRATIDÃO!

PRÓXIMA

WELLINGTON DIZ QUE SOLTURA DE PRESOS NA PANDEMIA FEZ AUMENTAR VIOLÊNCIA