Coluna Gustavo Almeida Política Dinâmica
PREFEITO ELEITO DE BARRAS É ALVO DE OPERAÇÃO DA POLÍCIA FEDERAL

EDILSON CAPOTE (PSD) É UM DOS ALVOS DA OPERAÇÃO DEFLAGRADA NA MANHÃ DESTA QUARTA-FEIRA PARA INVESTIGAR CORRUPÇÃO ELEITORAL

25/11/2020 09:34 - Atualizado em 25/11/2020 09:46

Agentes da PF durante cumprimento de mandado em Barras (Foto: Divulgação/PF)

A Polícia Federal deflagrou na manhã desta quarta-feira (25) a Operação "Democracia Pescada". Segundo a PF, a ação tem por objeto a apuração do teor de uma notícia-crime na qual se afirmou que um grupo político teria comprado, para as eleições municipais de 2020, o apoio de pré-candidatos e lideranças políticas da cidade de Barras.

O prefeito eleito Edilson Capote (PSD) é um dos alvos da operação. Na ação, são utilizados 32 policiais federais para dar cumprimento a oito mandados de busca e apreensão. Dos oito mandados, sete são no município de Barras e um outro mandado foi cumprido em Brasília.

Agente da PF durante operação contra corrupção eleitoral (Foto: Divulgação/Polícia Federal)

A PF diz que, no contexto apresentado na notícia-crime investigada, os recursos utilizados poderiam ser usados para a prática do crime de corrupção eleitoral, dentre outros.

O nome da operação tem relação com a denominação dada aos grupos em que foram subdivididos os políticos e lideranças compradas. Segundo a notícia-crime em apuração, a compra de apoio que foi feita conforme o peso do apoio político negociado e o respectivo valor da sua compra (peixes de couro, peixes nobres de escama e piabas do rabo seco).

Comente!

ANTERIOR

AO POLÍTICA DINÂMICA, MINHA GRATIDÃO!

PRÓXIMA

WELLINGTON DIZ QUE SOLTURA DE PRESOS NA PANDEMIA FEZ AUMENTAR VIOLÊNCIA