Coluna Gustavo Almeida Política Dinâmica
COISA GRANDIOSA
RAQUEL DODGE CRIA FORÇA TAREFA DA TOPIQUE

AO TODO, QUATRO PROCURADORES DA REPÚBLICA VÃO ATUAR NOS PROCESSOS DA OPERAÇÃO QUE TRAMITAM NA JUSTIÇA FEDERAL NO PIAUÍ

24/10/2018 17:25 - Atualizado em 24/10/2018 18:02

Raquel cria Força Tarefa para apurar esquema (Foto: Dida Sampaio/Estadão)

A procuradora-geral da República, Raquel Dodge, por meio da Portaria PGR/MPU nº 940, publicada no Diário Oficial da União (DOU) desta terça-feira (23), determinou a formação de uma Força Tarefa para atuar nos processos da Operação Topique, que investiga um robusto esquema de corrupção no serviço de transporte escolar no estado do Piauí.

A Força Tarefa será composta pelos procuradores Marco Aurélio Adão, Tranvanvan Feitosa e Israel Gonçalves Santos Silva. Os três membros da Procuradoria da República no Piauí vão atuar em conjunto com a procuradora Cynthia Arcoverde Ribeiro Pessoa, totalizando uma força tarefa de quatro procuradores da República nas investigações da Operação Topique.

O número corresponde a quase um terço da força tarefa da Lava Jato no Paraná, que possui 13 procuradores no âmbito da Justiça Federal no estado. A Lava jato é a maior operação contra a corrupção da história do país e uma dos maiores do mundo. No Piauí, o processo n° 5516-05.2016.4.01.4000, referente à Operação Topique, tramita na 3ª Vara da Justiça Federal.

Polícia Federal cumpriu mandados na Seduc (Foto: Jailson Soares/PoliticaDinamica.com)

MAIOR OPERAÇÃO DO PIAUÍ
A Operação Topique, deflagrada pela Polícia Federal no dia 2 de agosto deste ano, bateu as portas da Secretaria de Estado da Educação do Piauí (Seduc). O alvo foi uma estruturada organização criminosa formada por empresários do setor de transportes e locação de veículos, pessoas ligadas a esses empresários e agentes públicos. Duas servidoras da Seduc e outras 21 pessoas suspeitas de participação no esquema foram presas na ocasião.

A Secretaria de Educação do Piauí foi comandada pela primeira-dama do estado e deputada federal Rejane Dias (PT) até abril deste ano, quando ela se afastou para disputar a reeleição. Atualmente, o secretário é Helder Jacobina, braço-direito da primeira-dama. O governo do Estado alega repetidamente que a Operação Topique tem como foco os empresários.

Esquema no transporte escolar desviou milhões (Foto: Jailson Soares/PoliticaDinamica.com)

De acordo com a PF, o grupo criminoso fraudava licitações, desviava recursos públicos e praticava lavagem de dinheiro. A estimativa é de quase R$ 120 milhões desviados entre 2013 e 2017 de um total de R$ 297 milhões pagos às empresas prestadoras do serviço de transporte escolar no Piauí. A formação da Força Tarefa evidencia a robustez do esquema.

Comentários (1381)

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem.


Nome:
mensagem: