Coluna Gustavo Almeida Política Dinâmica
JUSTIÇA MANDA PRENDER PREFEITO QUIRINO AVELINO; VICE ASSUME O CARGO

GESTOR É SUSPEITO DE LIDERAR ORGANIZAÇÃO CRIMINOSA QUE DESVIAVA RECURSOS DA PREFEITURA DE ITAUEIRA, A 344 KM DE TERESINA

22/09/2020 09:47 - Atualizado em 22/09/2020 10:28

Gestor de quase 80 anos teve prisão decretada (Foto: Jailson Soares/PoliticaDinamica.com)

O prefeito do município de Itaueira, Quirino Avelino (PTB), teve a prisão preventiva decretada e está sendo procurado na manhã desta terça-feira (22) em nova fase da operação Perpetuatio, do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) do Ministério Público do Piauí. Ele é suspeito de liderar um esquema criminoso que fraudava licitações e desviava recursos da prefeitura do município. Outras três pessoas também tiveram a prisão decretada.

Além de mandar prender o prefeito, a Justiça ordenou o afastamento dele do cargo. O presidente da Câmara Municipal de Itaueira, vereador Francisco Antônio da Silva (PTB), foi oficiado do afastamento do prefeito e já convocou o vice-prefeito Patrice Leitão (PTB), atual pré-candidato a prefeito, para assumir o cargo.

Presidente da Câmara já convocou vice para assumir o cargo de prefeito da cidade.

Na última terça-feira (15), Quirino, aliados e empresários já haviam sido alvos do Gaeco com a deflagração da Operação Perpetuatio. O prefeito era o alvo principal, mas não teve a prisão decretada naquela ocasião, tendo sido apenas alvo de mandados de busca e apreensão em sua casa e na sede da prefeitura. Agora, uma semana depois, a polícia voltou ao município para efetuar a prisão do gestor, que completa 79 anos este mês. 

Além do prefeito, os presos são: o secretário de Obras de Itaueira, Gaston de Sousa Cavalcante, e os empresários Jeremias Pereira da Silva e Ediva de Sousa Cavalcante.

O Gaeco ofereceu denúncia criminal por organização criminosa liderada pelo prefeito e os outros envolvidos, imputando a esses também os crimes de desvio de recursos públicos, lavagem de dinheiro, dentre outros. Foram denunciados Quirino Avelino, Edivá de Sousa Cavalcante, Gaston de Sousa Cavalcante, Maria de França Avelino (mulher do prefeito), Genival Joaquim de Moura, Eliene Helena dos Santos Moura, Roberto Lima de Farias, Jeremias Pereira da Silva, Francisco Vieira da Silva e Raimundo Fagner Siqueira Bueno.

Os valores desviados já contabilizados foram de mais de R$ 1,7 milhão, sendo que ainda estão sendo auditados outros contratos para totalizar o valor desviado pela organização criminosa.

HEXAPREFEITO 

Quirino Avelino está no sexto mandato como prefeito de Itaueira e é recordista em número de mandatos para o cargo no estado do Piauí. Ele tomou posse pela primeira vez como prefeito há quase 50 anos. Quirino venceu as disputas para prefeito nos anos 1972, 1992, 2000, 2004, 2012 e, por último, em 2016. Por lá, é chamado de hexaprefeito.

Quando ainda estava no quinto mandato, seus aliados políticos usavam na cidade o bordão "todo mundo tenta, mas só o Quirinão é penta".

Apesar de não ter sequer o ensino fundamental completo, ele é considerado quase imbatível. Teve o mandato cassado em 2008, mas voltou ao poder após vencer as eleições de 2012 e 2016. Nas vezes em que não foi candidato, quase sempre elegeu um sucessor da sua predileção.

LEIA TAMBÉM:
79 anos, hexacampeão e suspeito de liderar organização criminosa

Comente!

ANTERIOR

DEPUTADO JÚLIO CÉSAR VIRA “META ELEITORAL” EM CURRAL NOVO DO PIAUÍ

PRÓXIMA

JOÃO PEREIRA DEFENDE INCENTIVO NA CONTRATAÇÃO DE JOVENS PARA 1º EMPREGO