Coluna Lídia Brito Política Dinâmica
ELEIÇÕES 2018
LUIZ JÚNIOR MAIS PERTO DE FIRMINO

CRESCE NO PSDB A POSSIBILIDADE DO VICE-PREFEITO SE FILIAR AO PARTIDO E ESTREITAR OS LAÇOS COM FIRMINO FILHO

18/01/2018 12:50 - Atualizado em 18/01/2018 12:57

Apesar do apoio dado pela oposição à pré-campanha do deputado Luciano Nunes (PSDB) ao governo, o prefeito Firmino Filho (PSDB) insiste em continuar no jogo. Ele não quer ser carta fora do baralho, pelo contrário, a todo momento diz que a possibilidade de concorrer é real.

Firmino busca estreitar laços com Luiz Júnior (Foto:JailsonSoares/PoliticaDinamica.com)

Trabalhando essa possibilidade, ainda que remota, de deixar a prefeitura para ser candidato, o tucano apresenta alguns sinais de que isso pode se concretizar. Um dos pontos a ser observado é o tratamento que Firmino tem dado ao vice-prefeito, Luiz Júnior MDB), nos últimos dias.

O próprio Firmino afirma que tem frequentado mais a vice prefeitura. Ele revela que faz questão de manter uma relação mais próxima com vice, convidando Júnior para todos os eventos e reuniões.

No PSDB, cresce a ideia de que Luiz Júnior poderá ingressar nos quadros do partido em breve. Isso significa o distanciamento dele com relação ao presidente da Assembleia Legislativa do Estado, deputado Themístocles Filho (MDB).

Ao ser questionado pela coluna como anda a relação com o vice, Firmino foi categórico em afirmar que tem o emedebista como um importante aliado. “ É um aliado sem dúvida nenhuma. Acho que tem preparo e experiência administrativa e tem demonstrado grande vontade de aprender e conhecer mais. Demonstra seu carinho pela cidade”, declarou.

Se estiver pensando realmente em deixar a prefeitura, Firmino tem se esforçado para deixar um aliado na sua cadeira. “Tenho uma boa relação com o Júnior. Ele participa das ações do governo, reuniões de secretários, reuniões de trabalho e visitas. Estive várias vezes na vice- prefeitura esta semana. É um relacionamento maduro”, afirmou.

Do outro lado, a aproximação de Luiz Júnior com Firmino é vista como uma traição a Themístocles. Lideranças do MDB dizem  não acreditar que o vice seria capaz de “trair” um amigo de longa data como o presidente da Assembleia.

A indicação dele para a vaga de vice, na eleição de 2016, foi feita por Themístocles contra a vontade do PSDB e do próprio MDB. Há quem diga que o próprio Firmino foi contra. Se afastar do emedebista para se unir a Firmino é vista como uma traição imperdoável. Seria um dos grandes “balões” da política do Piauí.

Comentários (0)

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem.


Nome:
mensagem:
Notícias relacionadas
ELEIÇÕES 2018
WELLINGTON ACEITA SUGESTÃO DE CIRO DE FAZER PESQUISA PARA DEFINIR VICE
WELLINGTON ACEITA SUGESTÃO DE CIRO DE FAZER PESQUISA PARA DEFINIR VICE
VIAGEM
GOVERNO TEM PRESSA NA FORMAÇÃO DAS COMISSÕES
GOVERNO TEM PRESSA NA FORMAÇÃO DAS COMISSÕES
ELEIÇÕES 2018
“MAIORES PARTIDOS DEVEM FICAR COM AS VAGAS MAJORITÁRIAS”, DIZ MARCELO CASTRO
“MAIORES PARTIDOS DEVEM FICAR COM AS VAGAS MAJORITÁRIAS”, DIZ MARCELO CASTRO
DISPUTA
“É CHOVER NO MOLHADO”, DIZ FIRMINO SOBRE DECLARAÇÕES DE JEOVÁ
“É CHOVER NO MOLHADO”, DIZ FIRMINO SOBRE DECLARAÇÕES DE JEOVÁ