Coluna Justiça Dinâmica Política Dinâmica
PL do abuso de autoridade é atraso para magistratura e sociedade

PRESIDENTE DA AMAPI ENTENDE QUE O MOMENTO É DE AVANÇAR NAS INVESTIGAÇÕES CONTRA CRIMES GRAVES E NÃO RETROCEDER

26/08/2019 10:18

Magistrados, promotores, procuradores, policiais e outras entidades de atuação no judiciário estão mobilizadas contra a aprovação do Projeto de Lei 7596/2017 que criminaliza o abuso de autoridade.

Para o presidente da Associação dos Magistrados Piauiense (Amapi), juiz Thiago Brandão, o projeto de lei em questão representa um atraso não só para a magistratura, mas para a sociedade em geral, que tanto deseja atuações eficientes de combate à corrupção e crimes contra a administração pública.

"Mais do que contrariar a atuação da magistratura este projeto de lei se distancia do anseio popular, da própria sociedade, que quer mais investigação, mais apuração de crimes de corrupção, de improbidade administrativa. A redação final deste projeto vai ao contrário do que se busca. Ela coloca em pressão as categorias profissionais que trabalham no cotidiano para combater a corrupção", protesta o magistrado.

Segundo Thiago Brandão, um projeto de lei que foi gestada pela opinião pública agora se vira contra os agentes públicos.

Os protestos contra a aprovação do projeto de lei e a favor do veto do Presidente Jair Bolsonaro acontecem em todo o país. Na última sexta-feira (23/08) o ato aconteceu na sede do Ministério Público Estadual (MPE-PI).

Notícias relacionadas
Telejornal 'Band Cidade Piauí' comemora dois anos no ar
Em e-book, OAB-PI elenca ações realizadas no enfrentamento à COVID-19
Em e-book, OAB-PI elenca ações realizadas no enfrentamento à COVID-19
Reclamações sobre compras na internet aumentam quase 100% no Piauí
Reclamações sobre compras na internet aumentam quase 100% no Piauí
Advogado fala sobre violência contra a mulher e assédio sexual em escolas
Advogado fala sobre violência contra a mulher e assédio sexual em escolas