Coluna Justiça Dinâmica Política Dinâmica
'Transição transparente é fundamental para trabalho dos futuros prefeitos', garante advogado

Marcelo Veras pontuou aspectos relevantes dentro do processo de transição entre a gestão atual e o prefeito eleito, que assumirá dia 1º de janeiro de 2021

01/12/2020 21:49

Com o fim das eleições, começa o período de transição nas prefeituras de todo o Piauí. Sobre como os gestores devem proceder para que essa transição seja a mais transparente possível o advogado Marcelo Veras, membro da Ajuspi, concedeu entrevista nesta terça-feira (01/12) à Rádio Pioneira de Teresina.

Segundo o advogado, o tema é bem interessante e trata exatamente sobre como o prefeito eleito e o prefeito de mandato devem agir para que ocorra uma transição harmoniosa.

"O principal objetivo é permitir que o futuro prefeito assuma a gestão em 1º de janeiro sabendo das informações orçamentárias, financeiras e administrativas dos municípios. Falamos sobre como são formadas as equipes de transição, que deve conter membros da atual e da futura gestão, falamos do prazo que o gestor realmente começa a agir, tratamos das ações que são feitas para que o prefeito eleito possa se inteirar de tudo, a fim de que o mesmo tenha condições de iniciar 2021 tendo acesso a esses dados e, assim, dar solução de continuidade ao serviço público, sendo a ideia de continuidade, importante princípio da administração pública", destacou Marcelo Veras.

Para o advogado, uma transição tranquila visa garantir que o futuro gestor possa trabalhar melhor e beneficiar toda a coletividade.

"Tudo ocorre para que a transparência seja a maior possível em prol da população", complementou o advogado.

Comente!

ANTERIOR

Avaliação aponta TRT-PI com 11 Varas do Trabalho entre as 25% melhores do Brasil

PRÓXIMA

Atacar acervo processual será meta do TJ-PI no enfrentamento à violência contra mulher