Coluna Gustavo Almeida Política Dinâmica
TRE-PI ABSOLVE PREFEITO, MAS CASSA O VICE

POR 4 VOTOS A 2, TRIBUNAL ENTENDEU QUE VICE-PREFEITO FOI ELEITO DE FORMA IRREGULAR E DECIDIU PELA CASSAÇÃO DO MANDATO

01/08/2017 13:06 - Atualizado em 01/08/2017 13:17

Maioria dos juízes decidiu pela cassação do vice (Foto: Jailson Soares/PoliticaDinamica)

O Tribunal Regional Eleitoral (TRE-PI) julgou nesta terça-feira (1º) uma ação que pedia a cassação do prefeito e do vice-prefeito do município de Várzea Branca, a 574 km de Teresina. No entanto, apenas o vice-prefeito Ison Dias dos Reis (PP) teve o mandato cassado.

A alegação da acusação foi de que a família do vice estava se perpetuando ilegalmente no poder. Em 2008, um irmão de Ison Reis foi eleito vice-prefeito, em 2012 Ison se elegeu para o mesmo cargo e em 2016 se reelegeu. O entendimento da Justiça é que houve perpetuação, por três mandatos consecutivos, de um mesmo núcleo familiar.

Ison não poderia ter disputado a reeleição em 2016, visto que já havia sucedido seu irmão quando se elegeu em 2012. Quatro juízes votaram pela cassação do vice-prefeito e dois foram contra. O Ministério Público Eleitoral havia dado parecer opinando pela cassação do vice.

A ação contra a chapa eleita foi movida pelo ex-prefeito e candidato derrotado nas eleições de 2016 João Dias Ribeiro (PMDB), conhecido como João Melancia. O irmão de Ison Reis, Wilson Reis, foi vice-prefeito dele entre 2009 e 2012, quando Melancia governou o município.

A decisão cabe recurso.

Comentários (0)

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem.


Nome:
mensagem:
Notícias relacionadas
"PRIMEIRO VAMOS SOBREVIVER, DEPOIS PENSAMOS EM POLÍTICA"
ELE FICA PARA ENFRENTAR O PROBLEMA
ELE FICA PARA ENFRENTAR O PROBLEMA
"SEM MUITAS PERSPECTIVAS"
ENZO SAMUEL SE FILIA AO PDT
ENZO SAMUEL SE FILIA AO PDT