Coluna Gustavo Almeida Política Dinâmica
ROBERTO JEFFERSON DIZ QUE CIRO NOGUEIRA É HONESTO

PRESIDENTE NACIONAL DO PTB CRITICA USO DA PALAVRA CENTRÃO E CITA CIRO NOGUEIRA PARA EXPLICAR PORQUE ACHA O TERMO PEJORATIVO

09/06/2020 15:29 - Atualizado em 09/06/2020 15:50

Para Jefferson, Centrão é "centro democrático" (Fotos: Jailson Soares/PoliticaDinamica.com)

O presidente nacional do PTB e ex-deputado federal Roberto Jefferson afirmou nesta terça-feira (9) que 'Centrão' é um termo pejorativo com o grupo de partidos sem ideologia definida que vive de trocar apoio político no Congresso por cargos no governo. 

Em entrevista à Rádio Teresina FM, ele disse que o PTB não faz parte do Centrão, mas condenou o uso da expressão e citou o senador piauiense Ciro Nogueira (PP) para explicar porque acha o termo pejorativo com os partidos e os políticos desse grupo.

“O PTB não compõe o Centrão. O PTB é independente. Mas eu não gosto que chamem o PP, o PSD, o PR de Centrão. Isso é pejorativo. Por exemplo: o presidente do PP é um senador aí do Piauí, o Ciro Nogueira. Por que vão chamar o Ciro de Centrão, como se ele fosse um desonesto?”, criticou o ex-deputado atribuindo honestidade a Ciro.

Para Roberto Jefferson, o Centrão é, na verdade, um “centro democrático”. Grande aliado de Jair Bolsonaro atualmente, ele diz que o presidente da República precisa do apoio desse centro democrático para impedir que o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM), a quem chamou de maluco, abra um processo de impeachment no Congresso.

“Centrão é um centro democrático e está dando apoio ao presidente para que esse maluco desse Rodrigo Maia, esse pimpão, vaidoso, esse boboca que acha que é o primeiro-ministro, todo gabola, não tenha dois terços da casa para apoiar um impeachment contra o presidente. O centro democrático se reuniu, e o PTB está reunido a esse centro, apoiando o presidente para que ele não seja vítima de um injusto impeachment”, falou o ex-deputado.

Roberto Jefferson teve o mandato cassado em 2005, foi condenado no escândalo do Mensalão e puxou alguns anos de cadeia. Ele é investigado no inquérito que apura Fake News e ameaças contra ministros do Supremo e recentemente foi alvo de uma operação da Polícia Federal. 

ANTERIOR

CONSELHEIRO LUCIANO NUNES TESTA POSITIVO PARA COVID-19

PRÓXIMA

NOVO PRESIDENTE DO PT VAI SER UM DEPUTADO ESTADUAL