Coluna Gustavo Almeida Política Dinâmica
"NUNCA PERDI A ÉTICA", DIZ BETH CUSCUZ

PRÉ-CANDIDATA A VEREADORA PELO MDB, EX-EMPRESÁRIA DA NOITE AFIRMA QUE OUVIU MUITA COISA QUE NÃO QUERIA E DIZ QUE SEMPRE AGIU COM ÉTICA

05/05/2020 11:18 - Atualizado em 05/05/2020 12:08

Filiada ao MDB, Beth vai disputar eleição para vereadora (Foto: Reprodução/Instagram)

A ex-empresária Elizabeth Lourdes Ferreira de Oliveira, a Beth Cuscuz, completa 67 anos nesta terça-feira (5). Pré-candidata a vereadora de Teresina pelo MDB, incentivada pelo deputado estadual Themístolces Filho, ela postou um texto em suas redes sociais onde afirma que foi empresária da noite por 25 anos, mas garante nunca ter perdido a ética.

Beth lembrou que veio para Teresina em 1970, após sair da cidade natal, Regeneração, a 147 km da capital. Ela destacou que antes de criar a Boate Beht Cuscuz, um dos cabarés mais famosos do Nordeste brasileiro, terminou o ensino ginasial, cursou contabilidade na Escola Técnica do Piauí e trabalhou como professora no Estado por 15 anos.

"Sei que todos me conhecem como Beth Cuscuz pelo trabalho que desenvolvia na noite, mas cursei contabilidade na Escola Técnica do Piauí em Teresina e antes de colocar a boate, trabalhei 15 anos no estado como professora. Depois coloquei a boate e trabalhei 25 anos como empresária da noite. Nunca perdi a ética, nunca fui desleal, nunca fiz contrato espúrio e nem participei de desvio de dinheiro público", relatou.

Candidatura de Beth é incentivada por Themístocles Filho (Foto:Reprodução/Instagram)

Beth afirma que aprendeu a aceitar críticas, ouviu muita coisa que não queria por conta da atividade no prostíbulo, mas sempre protegeu sua família. Ela tem duas filhas. 

"Muitos têm sua própria visão, seu julgamento, outra forma de ver, mas dentro de cada mulher que trabalhou comigo, inclusive eu, tem um ser humano, mãe, trabalhadora, inteligente. Há alguns anos abandonei aquela vida e por cinco anos fui proprietária de uma rede de lanchonetes em Teresina. Uma no centro e outra no bairro São Pedro. Há pouco tempo me aposentei, tive mais tempo para minha família, amigos, amigas, ir à Igreja orar a Deus e pedir luz, paz e harmonia pra minha vida", falou.

Em 2012, a empresária foi alvo de investigação e chegou a ser presa durante a Operação Aspásia, da Polícia Civil do Piauí. Na época, foi constatado que apesar dos clientes pagarem até R$ 50 mil por programa, as garotas viviam na casa de prostituição de Beth em condições degradantes e insalubres. Ela nega as acusações.

A intenção do MDB em lançar Beth Cuscuz como candidata a vereadora é atrair votos para o partido e aumentar a bancada de vereadores na Câmara Municipal de Teresina. Além de Beth, o partido de Themístocles Filho e Dr. Pessoa também planeja lançar o ex-jogador de futebol Simão Teles Bacelar, o Sima, como candidato a vereador.

Notícias relacionadas
"LIBERDADE DE IMPRENSA NÃO É CONSTRUÍDA POR ROBÔS"
PREFEITO DECRETA LOCKDOWN EM CIDADE DO PIAUÍ
PREFEITO DECRETA LOCKDOWN EM CIDADE DO PIAUÍ
APÓS CRÍTICAS, GUEDES RESOLVE PENSAR NOS PEQUENOS NEGÓCIOS
APÓS CRÍTICAS, GUEDES RESOLVE PENSAR NOS PEQUENOS NEGÓCIOS
ATUAÇÃO DE EMPRESA NO SUL DO PIAUÍ FAZ CASOS DE COVID-19 DISPARAREM
ATUAÇÃO DE EMPRESA NO SUL DO PIAUÍ FAZ CASOS DE COVID-19 DISPARAREM