Coluna Gustavo Almeida Política Dinâmica
QUEM PODERÁ NOS DEFENDER?

COM WELLINGTON DIZENDO QUE NÃO VAI CONVOCAR SUPLENTES, PETISTAS QUE ESTÃO NA FILA DE ESPERA PODEM FICAR APENAS NO “CHEIRINHO”

15/02/2019 16:32 - Atualizado em 15/02/2019 16:50

Warton, Ziza e Magalhães: os três primeiros suplentes do PT (Foto: Montagem)

Depois de protagonizar uma vergonhosa farra de convocação de suplentes na legislatura passada, o governador Wellington Dias (PT) surpreendeu nesse início do quarto mandato e avisou que não vai abrir espaço para nenhum suplente na Assembleia Legislativa. A decisão causou incômodo entre alguns aliados, principalmente os que sonhavam com uma vaguinha.

O Progressistas, partido que tem o 1º suplente, conseguiu uma saída. Como é aliado de primeira hora do prefeito de Teresina, Firmino Filho (PSDB), seu presidente Ciro Nogueira arranjou um jeito do deputado Júlio Arcoverde assumir uma secretaria na gestão municipal e abrir vaga para o suplente que ficou na pole position dos derrotados, o jovem Bessah.

Mas a mesma sorte de Bessah os suplentes que estão na sequência não devem ter. É que os três próximos na "lista de espera" da coligação são do PT. Warton Lacerda, Ziza Carvalho e Magalhães. Para eles, as únicas esperanças de assumir o mandato antes das eleições municipais [já que titulares podem se eleger prefeitos em 2020] é o governador mudar de ideia ou algum titular eleito na coligação morrer. A última opção, penso eu, ninguém deseja.

O fato é: o Progressistas de Ciro Nogueira achou um aliado tucano bondoso que estendesse a mão para ajudar o seu suplente. Já os suplentes do PT, vendo Wellington sem disposição para convocá-los, devem estar a se perguntar: e agora, quem poderá nos defender?

ANTERIOR

ABRE BOTECO, FECHA BOTECO

PRÓXIMA

MORRE O EX-DEPUTADO ESTADUAL JURACI LEITE