Coluna Gustavo Almeida Política Dinâmica
PROJETO DE FLÁVIO NOGUEIRA CHAMA ATENÇÃO DA INDÚSTRIA QUÍMICA

DEPUTADO PIAUIENSE PROPÔS A CRIAÇÃO DE UM INVENTÁRIO NACIONAL DE SUBSTÂNCIAS QUÍMICAS; MATÉRIA DESPERTOU INTERESSE DE EMPRESAS

12/12/2019 16:32 - Atualizado em 12/12/2019 16:52

Flávio Nogueira, deputado federal pelo Piauí (Foto: Jailson Soares/PoliticaDinamica.com)

Tramita na Câmara dos Deputados um Projeto de Lei de autoria do deputado federal Flávio Nogueira (PDT-PI) que prevê a criação de um inventário nacional de substâncias químicas. Basicamente, a proposta pretende criar uma base de informações sobre as substâncias químicas produzidas ou importadas no território brasileiro. O PL 6.120/2019 tem chamado atenção de representantes do setor da indústria química do país.

Na semana passada, o jornal O Estado de São Paulo publicou artigo de Flávio Nogueira onde ele discorre sobre o tema e explica a proposta. O projeto também encarrega o Poder Público de criar um Comitê de Avaliação de Substâncias Químicas, com função de avaliá-las ou examiná-las quanto aos riscos que oferecem. Assim, o mesmo comitê deve recomendar medidas de gerenciamento, a fim de fortalecer a gestão integral dos riscos que as substâncias trazem para a saúde e para o meio ambiente.

Na quarta-feira (11), Flávio Nogueira recebeu em seu gabinete em Brasília membros da Associação Brasileira da Indústria Química (Abiquim) e representantes da multinacional Dow Química. A empresa produz mais de 6 mil famílias de produtos em 179 unidades fabris espalhadas em 35 países. Em 2016, empregou cerca de 49.500 funcionários em todo mundo.

Os representantes da empresa e da Abiquim demonstraram interesse direto na discussão do projeto de Flávio. Conforme o deputado, mais de 100 mil substâncias químicas diferentes são utilizadas em uma ampla variedade de bens imprescindíveis para a economia mundial. Justamente por conta dessa grande quantidade, se não forem adequadamente geridas, elas podem impactar negativamente o meio ambiente e a saúde das pessoas.

Deputado recebeu representador do setor químico (Foto: Divulgação/Assessoria)

"Um inventário nacional aliado a um comitê avaliador das substâncias químicas, como mecanismos respectivos de cadastro e gestão, permitirá ao Estado e aos cidadãos contar com a informação necessária para a tomada de decisões sustentáveis em termos de produção, uso e comércio. Será uma ferramenta que preencherá a falta de informação sobre substâncias que ingressam no País, especialmente as de uso industrial", explica Nogueira.

O Brasil possui a maior quantidade de indústrias químicas da América Latina e depende economicamente de setores que envolvem intenso consumo dessas substâncias, como a agricultura e as indústrias petrolífera, têxtil e metalúrgica. O projeto de Flávio Nogueira será analisado por quatro comissões técnicas da Câmara, sendo a primeira delas a Comissão de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável, onde aguarda designação de um relator.

Notícias relacionadas
PF FAZ BUSCAS NA CASA DO GOVERNADOR DO RIO
PF FAZ BUSCAS NA CASA DO GOVERNADOR DO RIO
PRIMEIRAS ALTAS
PRIMEIRAS ALTAS
PARA BOLSONARO, IMPRENSA MUNDIAL É DE ESQUERDA
PARA BOLSONARO, IMPRENSA MUNDIAL É DE ESQUERDA
VEREADOR CRITICA DECISÃO QUE FAVORECE REDE DE SUPERMERCADOS
VEREADOR CRITICA DECISÃO QUE FAVORECE REDE DE SUPERMERCADOS