Coluna Gustavo Almeida Política Dinâmica
HOMENAGENS
POLÍTICOS DESTACAM LEGADO DE ALBERTO SILVA

SESSÃO SOLENE NA ASSEMBLEIA LEMBRA LEGADO DE ALBERTO SILVA NO MÊS EM QUE EX-GOVERNADOR COMPLETARIA 100 ANOS SE ESTIVESSE VIVO

28/11/2018 15:03 - Atualizado em 28/11/2018 15:52

Sessão celebrou o centenário de Alberto (Foto: Jailson Soares/PoliticaDinamica.com)

A Assembleia Legislativa do Piauí e a Câmara Municipal de Teresina realizaram nesta quarta-feira (28) uma sessão especial conjunta em homenagem ao centenário do ex-governador Alberto Silva. Na sessão, foram entregues medalhas a diversas personalidades piauienses. Cada parlamentar indicou uma pessoa para ser homenageada.

O deputado federal e senador eleito Marcelo Castro (MDB) foi um dos homenageados e destacou o legado do ex-companheiro de partido que marcou a história política do Piauí. Para Castro, Alberto Silva foi o maior nome da política piauiense no século XX.

Marcelo assumiu presidência do MDB no Piauí com a morte de Alberto em 2009 (Foto: Jailson Soares/PoliticaDinamica.com)

"Quero parabenizar o presidente da Assembleia, deputado Themístocles, e o presidente da Câmara, vereador Jeová, por essa homenagem justa a um dos maiores políticos de todos os tempos no Piauí. Alberto Silva foi o mais inteligente, o mais brilhante, o mais arrojado, o mais realizador que transformou completamente o estado e que esteve sempre à frente do seu tempo. No meu entender, ele foi o homem do século XX no Piauí", destacou.

O ex-governador Hugo Napoleão também foi um dos convidados especiais para a sessão. Hugo, que derrotou Alberto Silva na disputa pelo governo do estado em 1982, fez grandes elogios ao político, de quem foi adversário na maior parte do tempo e aliado em outros períodos. Acompanhado da esposa Leda, o ex-governador relembrou a trajetória de Alberto.

Hugo Napoleão venceu Alberto em 1982 (Foto: Jailson Soares/PoliticaDinamica.com)

"Alberto Silva era um dínamo. Foi um idealizador e realmente tem uma presença marcante na história do Piauí pelas realizações e pela presença dele, uma presença que era efetiva, piauiense, brasileira e humana. Foi um grande homem. Nós tivemos, naturalmente, nossos embates. Tivemos uma fase em que fomos adversários, mas isso tudo terminou e ficamos amigos. Tanto que no meu segundo governo [em 2001] ele me apoiou. Ele era senador e fez apoio ao governo. Ficamos amigos. Estivemos na adversidade e na comunidade", lembrou.

O presidente da Assembleia Legislativa, deputado estadual Themístocles Filho (MDB), foi categórico ao afirmar que Alberto Silva mudou a história do Piauí e constituiu dois períodos: um antes dele e outro depois. O deputado conviveu bastante com o ex-governador e fez questão de enaltecer o legado do ex-companheiro de partido.

Themístocles diz que Alberto marcou o Piauí (Foto: Jailson Soares/PoliticaDinamica.com)

"Hoje, dia 28 de novembro de 2018, a Assembleia Legislativa do Estado do Piauí faz história, ao reverenciar com esta homenagem, o saudoso governador Alberto Tavares Silva, que ao meu ver constituiu-se como um gestor que delimitou a história do nosso estado em dois períodos: o antes de Alberto Silva e o depois de Alberto Silva", disse o presidente da Casa.

WELLINGTON FALA EM INSPIRAÇÃO
O atual governador Wellington Dias (PT) destacou que Alberto Silva foi um político visionário e teve um importante papel para o Piauí. De acordo com o petista, os grandes projetos e as grandes realizações de Alberto espalhadas por todo o estado revelam a determinação que ele tinha em transformar a realidade piauiense. Wellington, recordista de mandatos como governador no Piauí [está reeleito para o quarto], revelou que Alberto Silva o inspirou.

Governador lembrou projetos de Alberto (Foto: Jailson Soares/PoliticaDinamica.com)

"Ele foi uma liderança que ficou marcada pelo seu empenho e determinação em prol do estado. Foi um grande realizador, com importantes obras e projetos desenvolvidos. Foi ele que me inspirou, assim como a muitos piauienses, a olhar diferente para o Piauí, como uma terra de oportunidades", afirmou Dias durante a sessão.

O HOMENAGEADO
Alberto Tavares Silva, natural de Parnaíba, foi deputado estadual, deputado federal, senador e governador do Piauí por dois mandatos. Morreu aos 90 anos em setembro de 2009, quando exercia o mandato de deputado federal. Suas gestões como governador, sobretudo a primeira nos anos 70, foram marcadas por grandes obras estruturantes que mudaram a infraestrutura do estado. Engenheiro de profissão, foi considerado um governante à frente do seu tempo.

Alberto Silva morreu em 2009, aos 90 anos (Foto: Roosevelt Pinheiro/Agência Senado)

Entre algumas de suas obras estão o Estádio Albertão, a Maternidade Dona Evangelina Rosa, a Universidade Estadual do Piauí (Uespi), o Hospital de Doenças Tropicais Natan Portela, o Instituto de Educação Antonino Freire, asfaltamento ligando o litoral do Piauí ao extremo sul, o metrô de Teresina, o Parque Zoobotânico, o Parque Potycabana, reforma e ampliação do Palácio de Karnak e a construção do Centro Administrativo do governo do estado. Foi no governo de Alberto a implantação a Universidade Federal do Piauí (UFPI).

Comentários (178)

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem.


Nome:
mensagem:
Notícias relacionadas
REGULAMENTAÇÃO
FIRMINO CONDENA MENTIRAS CONTRA PL DO UBER
FIRMINO CONDENA MENTIRAS CONTRA PL DO UBER
ALFINETADA
PARA CIRO, MDB QUER O IMPOSSÍVEL
PARA CIRO, MDB QUER O IMPOSSÍVEL
ASSEMBLEIA
“SE TIVER DISPUTA, HAVERÁ RANHURAS”, AVISA CASTRO
“SE TIVER DISPUTA, HAVERÁ RANHURAS”, AVISA CASTRO
DISPUTA NA BASE
CIRO DIZ QUE HÉLIO É O CANDIDATO DA BASE
CIRO DIZ QUE HÉLIO É O CANDIDATO DA BASE