Coluna Gustavo Almeida Política Dinâmica
SUCESSÃO
O PRIMEIRO GRANDE SUSTO

PESQUISA DO INSTITUTO DATA AZ MOSTRA DR. PESSOA EMPATADO COM WELLINGTON DIAS NA CAPITAL APÓS DOIS DIAS COMO PRÉ-CANDIDATO

25/07/2018 11:50 - Atualizado em 25/07/2018 12:06

Pré-candidatos estão empatados na capital (Fotos: Jailson Soares/PoltiicaDinamica.com)

Dois dias após o deputado estadual Dr. Pessoa (SD) lançar sua pré-candidatura ao governo do Piauí, uma pesquisa já o aponta empatado tecnicamente com o governador Wellington Dias (PT) na capital Teresina. Conforme o levantamento do Instituto Data AZ, registrado na Justiça Eleitoral com o número PI-09631/2018 e BR-3608/2018 e divulgado nesta quarta-feira (25), Pessoa, inclusive, derrotaria o petista no segundo turno.

Wellington tem 30,48%, contra 27,55% de Dr. Pessoa, 10,97% de Elmano Férrer (Podemos), 8,42% de Luciano Nunes (PSDB), 1,15% de Valter Alencar (PSC) e 0,51% de Fábio Sérvio e Luciane Santos. Irmã Graça, da Rede, tem 0,38% e Romualdo Sena (PSDC) são citados por 0,26%. A margem de erro da pesquisa é de 3,5%.

No cenário simulado de segundo turno entre Pessoa e Wellington, a pesquisa mostra que o deputado estadual derrota o governador com 43,24% de intenções de voto contra 36,86%. O levantamento mostra ainda que Wellington tem a maior rejeição entre todos os candidatos.

A pesquisa do Instituto Data AZ é o primeiro grande susto no Palácio de Karnak, onde muitos já tinham como certa a vitória de Wellington Dias. Ele ainda é o favorito na disputa, mas, se for eleito, não será por "aclamação" como os mais empolgados vinham achando.

É verdade que o levantamento foi feito apenas em Teresina, mas já é algo capaz de causar preocupação, por vários motivos. A capital tem aproximadamente 25% do eleitorado do Piauí e é uma importante caixa de ressonância dos acontecimentos políticos do Estado.

Além disso, aquele eleitor indeciso lá no interior, que não andava disposto a votar em Wellington, pode decidir de vez por um nome da oposição ao ver o sentimento na capital. O resultado pode dar o ânimo que muita gente estava esperando encontrar, já que os nomes da oposição apareciam em posições modestas nas pesquisas, inclusive em Teresina.

O resultado não é motivo para causar euforia em ninguém, nem mesmo em Dr. Pessoa, que ainda tem muito chão pela frente e um interior todo a desbravar. Além de Teresina, existem outros 223 municípios e em todos eles tem piauienses que vão às urnas. Apesar disso, os números da capital são suficientes para se deixar bem claro: não existe “já ganhou”.

Comentários (1)

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem.


Nome:
mensagem:
    Santhiago Tibiriçá em 27 de julho de 2018 às 04:07

    Tenho dito que se o melhor candidato da oposição botar 100 mil votos de maioria em Teresina e 50 mil votos em Parnaiba, Piripiri, Floriano, já era para a Cleptocracia que governa o Piaui desde 2003. O resto é diferença de pinga pinga de votos.

Notícias relacionadas
ALEPI
PARA QUE ESSA AGONIAÇÃO TODA?
PARA QUE ESSA AGONIAÇÃO TODA?
NOVO PRÉDIO
ECONOMIA DE R$ 800 MIL
ECONOMIA DE R$ 800 MIL
ELEIÇÃO ALEPI
ELE VAI OUVIR O GOVERNADOR
ELE VAI OUVIR O GOVERNADOR
PODER
PT NÃO ACEITA PERDER ESPAÇOS
PT NÃO ACEITA PERDER ESPAÇOS