Coluna Gustavo Almeida Política Dinâmica
DIVIDINDO A CULPA

WELLINGTON ADMITE FALTA DE REPASSES DO COFINANCIAMENTO DA SAÚDE PARA OS MUNICÍPIOS, MAS DIZ QUE JÁ RECEBEU O PROBLEMA QUANDO ASSUMIU

21/08/2019 14:54 - Atualizado em 21/08/2019 15:05

Governador diz que herdou atrasos (Foto: Jailson Soares | PoliticaDinamica.com)

Em entrevista ao Política Dinâmica na terça-feira (20), o presidente da Associação Piauiense de Municípios (APPM), Jonas Moura (PSD), disse que o governo do Piauí não paga o cofinanciamento da saúde aos municípios desde 2017, com exceção de alguns poucos meses.

Nesta quarta-feira (21), o governador Wellington Dias (PT) admitiu que não tem conseguido fazer o repasse da verba, mas resolveu dividir a culpa com as gestões passadas.

"Eu fiz um parcelamento. Estive com os prefeitos e o lado bom é que as medidas que nós adotamos nos permitiram chegar no período mais crítico, que é exatamente esse mês de agosto. É um atraso que é bom lembrar: ainda veio lá de quando eu assumi. Em 2015, quando assumi, fiz um parcelamento em 24 vezes e em razão das dificuldades financeiras teve momentos que a gente não conseguiu pagar", falou o petista.

A fala de Wellington destoa dos relatos dos prefeitos. Eles afirmam que há quase três anos estão sem receber os repasses e que parcelamentos feitos não foram cumpridos. Segundo a APPM, a dívida do Estado com o cofinanciamento da saúde dos municípios chega aos R$ 120 milhões. Só na capital Teresina, o valor devido beira os R$ 30 milhões.

Comentários (0)

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem.


Nome:
mensagem:
Notícias relacionadas
GOVERNO PROMETE A LISTA
GOVERNO PROMETE A LISTA
PRB COGITA NOME DE SILAS FREIRE PARA PREFEITO
PRB COGITA NOME DE SILAS FREIRE PARA PREFEITO
SUBSERVIÊNCIA E OBEDIÊNCIA
SUBSERVIÊNCIA E OBEDIÊNCIA
ISADORA CORTEZ ALEGA SER VÍTIMA DE FAKE NEWS
ISADORA CORTEZ ALEGA SER VÍTIMA DE FAKE NEWS