Coluna Gustavo Almeida Política Dinâmica
DEPUTADO AVALIA QUE NÃO HÁ CLIMA PARA IMPEACHMENT

FLÁVIO NOGUEIRA ENTENDE QUE NESSE MOMENTO O CONGRESSO DEVE FOCAR NAS MEDIDAS CONTRA A CRISE DE SAÚDE E NÃO SOBRE CRISE POLÍTICA

28/04/2020 10:14 - Atualizado em 28/04/2020 10:31

Deputado federal Flávio Nogueira, do Piauí (Foto: Divulgação/PDT na Câmara)

Depois das denúncias feitas pelo ex-ministro da Justiça Sérgio Moro contra o presidente Jair Bolsonaro, aumentou o debate em torno da possibilidade de um impeachment do presidente. No entanto, há quem avalie que não existe clima suficiente para um processo de impedimento nesse momento. É o caso do deputado federal Flávio Nogueira (PDT).

Numa entrevista ao jornal O Dia publicada nesta terça-feira (28), o parlamentar destaca que o Congresso Nacional deve focar em medidas de enfrentamento à pandemia do novo coronavírus. Na avaliação de Nogueira, é necessário evitar o agravamento da instabilidade política no país.

“Acho que primeiro temos que resolver esse problema da pandemia. A Câmara Federal e o Senado têm a responsabilidade de estar em vigilância constante para que as leis emergenciais de combate à essa crise não sofram descontinuidade. Acho que, nesse instante, o Congresso não deve se preocupar com impeachment, deve se preocupar com a crise na saúde”, disse.

Nogueira reforça que o momento exige união e diálogo entre os poderes para efetivar ações de combate à pandemia. O ambiente de instabilidade, avalia o deputado, prejudica a atuação contra a Covid-19. “Acho que o Brasil já sofre tanto com a crise econômica e com a pandemia, e a irresponsabilidade do campo da política faz com que o país sofra ainda mais”, finalizou.

Notícias relacionadas
MARGARETE CELEBRA ANIVERSÁRIO DO PARQUE SERRA DA CAPIVARA
MARGARETE CELEBRA ANIVERSÁRIO DO PARQUE SERRA DA CAPIVARA
PREFEITURA DE DOM INOCÊNCIO ANUNCIA LOCKDOWN
PREFEITURA DE DOM INOCÊNCIO ANUNCIA LOCKDOWN
PROFISSIONAIS DE SAÚDE AMEAÇAM ENTREGAR CARGOS EM FLORIANO
PROFISSIONAIS DE SAÚDE AMEAÇAM ENTREGAR CARGOS EM FLORIANO
CONVENÇÕES VIRTUAIS: SEM FESTA NO INTERIOR
CONVENÇÕES VIRTUAIS: SEM FESTA NO INTERIOR