Coluna Gustavo Almeida Política Dinâmica
CANDIDATA MAIS VELHA DO PAÍS TEM 98 ANOS NO REGISTRO, MAS GARANTE TER 107

FILIADA AO PSD, ELA DISPUTA PELA PRIMEIRA VEZ UM MANDATO DE VEREADORA NA CIDADE ONDE ATUOU COMO PARTEIRA DURANTE SEIS DÉCADAS

28/10/2020 10:01 - Atualizado em 28/10/2020 10:21

Dona Dica Maciel disputa vaga de vereadora (Foto: Reprodução/DivulgaCand/TSE)

A candidata mais velha do Brasil nas eleições de 2020 é Geralda Antônia de Almeida, conhecida como Dona Dica Maciel. Filiada do PSD, ela disputa um mandato de vereadora na Câmara Municipal de Santana do Manhuaçu, em Minas Gerais, aos 98 anos. Essa é a idade oficial que consta nos documentos, porém, dona Dica garante ter 107 anos.

“Estou com 98 no documento, mas isso é só a idade registrada. Minha idade certa é 107 anos. Essa vontade [de ser política] é porque fui criada junto a uma família de políticos. Sou nascida no Rio de Janeiro, mas minha mãe veio para a Mata, eu tinha pouca idade, e fui registrada em Santana”, disse a candidata em entrevista ao jornal Estado de Minas.

Ex-parteira, ela agora quer ser vereadora na cidade (Foto: Arquivo Pessoal)

Essa é a primeira vez que Dona Dica Maciel disputa um cargo eletivo. Hoje aposentada, ela foi parteira na cidade durante 60 anos e já fez parto de trigêmeos. A candidata diz que pretende seguir ajudando a população de Santana do Manhuaçu caso seja eleita. Ela conta com amigos e conhecidos para fazer sua campanha eleitoral. 

“Quase não posso andar, é difícil, só ando dentro de casa, mas tenho muitas amizades, aí eles mesmos vão me reconhecer, votar em mim e me ajudar”, conta. 

Além de Dona Dica, outros quatro candidatos no Brasil têm idade acima de 94 anos. O site do TSE chegou a apontar uma quantidade maior, mas em alguns casos trata-se de erro no registro dos dados. O número real de candidatos com idade acima de 94 anos é de apenas cinco.

Comente!

ANTERIOR

CONFESSARAM NO PALANQUE E PERDERAM NAS URNAS

PRÓXIMA

MOSQUITO, PITCHULA, HULK: OS POUCOS ‘ENGRAÇADOS’ QUE SE ELEGERAM NO PIAUÍ