Coluna Gustavo Almeida Política Dinâmica
EX-PREFEITO
AVELAR FERREIRA SERÁ CANDIDATO A DEPUTADO

POLÍTICO DA REGIÃO SUL REVELA QUE EDSON FERREIRA NÃO IRÁ DISPUTAR A REELEIÇÃO E CONFIRMA QUE DEVE SER O CANDIDATO DA FAMÍLIA

05/04/2018 13:33 - Atualizado em 05/04/2018 15:37

Avelar diz que a família Ferreira será oposição (Foto: Jailson Soares/PoliticaDinamica)

O ex-prefeito de São Raimundo Nonato, Avelar Ferreira, deve disputar uma vaga de deputado estadual nas eleições deste ano pelo Democratas. A informação foi dada pelo próprio Avelar ao Política Dinâmica nesta quinta-feira (5), em Teresina, durante evento de filiação do ex-governador Zé Filho ao PSDB. De acordo com ele, seu irmão Edson Ferreira (PSD), atualmente no quinto mandato de deputado estadual, não vai disputar a reeleição.

Avelar ressaltou que tudo vai ocorrer de forma consensual na família, com o aval de Edson, e que a questão ainda será totalmente definida em novas conversas que devem acontecer no clã dos Ferreiras. O ex-prefeito vai se filiar ao DEM para disputar as eleições pela oposição. Segundo ele, seu irmão Edson Ferreira também vai seguir os caminhos da oposição e defender o nome de Luciano Nunes para o governo. O PSD, partido onde os dois irmãos são filiados, está na base do governador Wellington Dias (PT).

Ex-prefeito diz que nunca se aliou a W.Dias (Foto: Jailson Soares/PoliticaDinamica.com)

"NUNCA ESTIVE COM WELLINGTON"
Opositora histórica de governos petistas, a família Ferreira aderiu ao governo de Wellington em março de 2017, quando o PSD foi para a base do governador. Na ocasião, Avelar assumiu a Coordenadoria de Inovação e Tecnologia do Estado, cargo que deixou há algumas semanas. Na entrevista ao Política Dinâmica, o ex-prefeito sustenta que mesmo tendo assumido a coordenadoria nunca foi aliado de Wellington Dias.

"Eu nunca tive com o Wellington Dias, mesmo quando estava na coordenadoria. Eu sempre fui bem claro quando o Júlio César e o deputado Edson me convidaram. Eu falei: assumo, mas com compromisso apenas administrativo. Politicamente nunca fui com Wellington, nunca votei no Wellington e pior agora com essa situação em que o Piauí se encontra", falou.

Questionado se o irmão Edson Ferreira vai mesmo deixar o governo, ele voltou a dizer que sim. Avelar explica que praticamente todas as lideranças que apoiam o deputado estadual na região Sul são contrárias politicamente ao governador. "Eu acredito que ele deve seguir a oposição porque na região nossa todos os seus colégios eleitorais são contra o Wellington e não comungam com essa maneira de governar o estado do Piauí", finalizou Avelar.

Avelar esteve também em evento de filiação no PSB (Foto:JailsonSoares/PoliticaDinamica)

Durante o evento de filiação no Diretório Estadual do PSDB, Avelar foi chamado para compor o espaço de honra. Ao chamá-lo, o deputado estadual Marden Menezes reforçou que o ex-prefeito de São Raimundo será candidato a deputado estadual pela oposição. Antes de participar do evento no PSDB, Avelar também esteve no ato de filiação da deputada Juliana Falcão na sede do PSB. Lá, ele também estava de mãos dadas com lideranças da oposição.

Comentários (0)

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem.


Nome:
mensagem:
Notícias relacionadas
INCOMODADO
W. DIAS PROMETE COMBATER LÍDERES DA OPOSIÇÃO
W. DIAS PROMETE COMBATER LÍDERES DA OPOSIÇÃO
EMPRÉSTIMO
WELLINGTON TENTA CONSERTAR FALA DE REJANE
WELLINGTON TENTA CONSERTAR FALA DE REJANE
TUCANOS
ELES SEGUEM AFASTADOS
ELES SEGUEM AFASTADOS
HOMENS DE FARDA
COMANDANTE DA PM ENALTECE PRÉ-CANDIDATURA DO CORONEL WAGNER TORRES
COMANDANTE DA PM ENALTECE PRÉ-CANDIDATURA DO CORONEL WAGNER TORRES