Coluna Gustavo Almeida Política Dinâmica
15 ANOS DEPOIS, TEM MAIS DINHEIRO NA CUECA

EM 2005, NO AUGE DO ESCÂNDALO DO MENSALÃO, ASSESSOR DE DEPUTADO PETISTA INAUGUROU ‘MODA’ DE ESCONDER DINHEIRO NA CUECA

15/10/2020 11:38 - Atualizado em 15/10/2020 12:45

Chico Rodrigues, vice-líder do Governo no Senado (Foto: Geraldo Magela/Agência Senado)

O assunto desta quinta-feira (15) na política brasileira é o senador Chico Rodrigues (DEM-RR), que foi flagrado pela Polícia Federal com R$ 30 mil escondidos entre as nádegas. Os agentes cumpriram mandado de busca e apreensão na casa dele em Roraima na quarta-feira (14) e perceberam que o senador colocou a grana na cueca, no meio das nádegas.

Chico Rodrigues é um dos vice-líderes do Governo Bolsonaro no Senado Federal.

Há 15 anos, em julho de 2005, o Brasil conheceu um episódio semelhante. Um assessor do deputado federal José Guimarães (PT-CE) foi flagrado no aeroporto de Congonhas, em São Paulo, com uma mala de R$ 209 mil e 100 mil dólares escondidos na cueca.

Ao longo dos anos, José Guimarães foi tratado pelos críticos como o 'deputado do dinheiro na cueca', embora não tenha sido ele a pessoa que levava o dinheiro. O parlamentar petista foi inocentado pela Justiça, que reconheceu que ele não tinha responsabilidade no caso.

Nesta quinta-feira (15), José Guimarães preferiu não comentar o bizarro episódio envolvendo o senador Chico Rodrigues. "Eu não quero comentar, não vou comentar. Fui vítima de algo absurdo. Fui inocentado pela Justiça. Mas, mesmo assim, paguei um preço muito alto durante anos.", falou ao site O Antagonista.

CHICO RODRIGUES DEIXA VICE-LIDERANÇA

Segundo a imprensa nacional, o presidente Jair Bolsonaro ficou irritado com o episódio. Chico Rodrigues é próximo politicamente do presidente e ganhou a função de vice-líder do governo no Senado. Porém, após o meio-dia desta quinta o governo publicou no Diário Oficial a dispensa de Rodrigues da função. Na portaria, consta que a saída se deu "a pedido".

O flagra do dinheiro na cueca de Rodrigues ocorre uma semana após Bolsonaro dizer que não tem mais Operação Lava Jato porque não existe mais corrupção em seu governo.

Comente!

ANTERIOR

DEPUTADO JÚLIO CÉSAR VIRA “META ELEITORAL” EM CURRAL NOVO DO PIAUÍ

PRÓXIMA

JOÃO PEREIRA DEFENDE INCENTIVO NA CONTRATAÇÃO DE JOVENS PARA 1º EMPREGO