WELLINGTON, WILSON E ROBERT OUTRA VEZ!

GOVERNADOR PETISTA ENTREGA SECRETARIA DE R$ 25 MILHÕES A WILSON E ROBERT E FECHA ACORDO PARA CAMPANHA ESTADUAL DE 2022

Marcos Melo Marcos Melo
15/04/2021 15:01 - Atualizado em 15/04/2021 16:34

Agora é oficial: Wilson Martins, ex-governador do Piauí, encontrou redenção nos braços do governador Wellington Dias (PT). Em reunião das qual também participou o vice-prefeito de Teresina, Robert Rios, o petista ampliou sua base de apoio e o alcance de sua influência dentro da Prefeitura de Teresina.

Wellington, Wilson e Robert, juntos no governo, juntos na campanha: você já viu isso antes! São onze anos de uma foto para outra, mas o tempo não parece ter feito deles políticos diferentes, a questão é saber se isso é bom ou ruim... (foto: Ascom | Arquivo)

O PSB de Wilson e Robert vai indicar a ocupação da Secretaria de Defesa Civil, pasta que tem um orçamento de R$ 25 milhões de reais para este ano de 2021. Ainda não está certo quem vai ser o secretário, mas a decisão deve ser anunciada até a semana que vem.

Foram pouco mais de 7 anos de afastamento mas com um pouco de café, água e álcool gel, trocas de ofensas, denúncias de corrupção e discursos de campanha foram deixados para trás. O matrimônio com o PT foi aprovado pelo presidente nacional do PSB, Carlos Siqueira, e pelo governador de Pernambuco, Paulo Câmara.

WILSON DEVE ASSUMIR

Wilson tem experiência administrativa e de comando numa escala acima da média do que se apresenta hoje no primeiro escalão de Wellington. Mas não é "para ajudar o Piauí" que o nome escolhido deverá ser o seu. É por conta das eleições. A exposição garante ao ex-governador um protagonismo midiático e político que facilita a disputa por uma vaga de deputado federal em 2022.

Como se nada tivesse acontecido: a oposição dos últimos 8 anos foi deixada de lado; o foco agora são as eleições de 2022 (foto: ASCOM | ARQUIVO)

Caso o secretário não seja Wilson Martins, também é provável que ele não seja candidato a nada.

Para Wellington, a vantagem aí se encontra na garantia de que Wilson sendo secretário, perde completamente o discurso de oposição.

PREFEITURA DA CAPITAL

A presença de Robert Rios não foi à toa. Ele fez até questão de guardar sua máscara da Polícia Federal para sentar-se à mesa com Wellington Dias (PT). Ser aliado de Wellington e defender a PF, nem Robert se atreve.

É isso aí, Doutor Pessoa: fica tomando café e deixa o resto nas mãos de Robert que ele resolve... Confia! (foto: Jailson Soares | PoliticaDinamica)

Então, sem constrangimento no rosto, Robert também aproxima a gestão da Prefeitura de Teresina da gestão petista do Governo do Estado.

Talvez o Doutor Pessoa devesse ter participado da reunião para ter certeza de tudo o que foi conversado por lá.

Comente!

ANTERIOR

A ARAPUCA ESTÁ ARMADA

PRÓXIMA

R$ 20 MILHÕES EM PROPAGANDA