NOTÍCIAS

UNIÃO BRASIL COM FORÇA NA CAPITAL

NOVO SUPERPARTIDO NASCE COM GRANDE BANCADA NA CÂMARA DE TERESINA E PODE TER CONFLITOS PELA PRESIDÊNCIA NO PIAUÍ

08/10/2021 08:38

Nesta semana surgiu um novo partido no Brasil que promete mexer com as eleições de 2022, tanto no cenário nacional quanto local. Intitulado “União Brasil” o partido nasce da fusão política entre o Democratas (DEM) e o Partido Social Liberal (PSL), este último ganhou protagonismo ao eleger em 2018 o presidente da república, Jair Bolsonaro. Porém, perdeu forças com a saída do mandatário do executivo nacional ainda em 2019.


O novo partido nasceu com o trabalho de união de forças comandado pelo ex-prefeito de Salvador-BA -- e até então presidente nacional do DEM -- ACM Neto, e a direção do PSL. A formalização da criação do novo partido União Brasil foi realizada em convenção realizada nessa quarta-feira (6) em Brasília (DF).

“Dia histórico, hoje formalizamos a criação do União Brasil, que já nasce com o maior partido do Brasil em número de lideranças e que também almeja ser o maior partido em eficiência na entrega de resultados. É isso que queremos: servir de base, de caminho para a pacificação, o diálogo, a conjunção de esforços e a paz que os brasileiros sejam e merecem ter”, afirmou ACM Neto em sua rede social.

UNIÃO NO PIAUÍ

O novo partido também nasce com representatividade e mais força, principalmente, na capital onde já surge com uma bancada de pelo menos quatro vereadores na casa. Com a união os vereadores Luís André (PSL), Teresina Medeiros (PSL), Markin Costa (DEM) e Capitão Roberval Queiroz (DEM), passarão a integrar o mesmo partido União Brasil. Tendo assim uma bancada com bastante representatividade na Câmara de Teresina.

Vereadores de Teresina: Capitão Roberval (DEM), Teresinha Medeiros (PSL), Luís André (PSL) e Markin Costa (DEM).

O novo partido também terá o comando de duas importantes prefeituras no estado, sendo a Prefeitura de Parnaíba, com o prefeito Mão Santa (DEM), e a Prefeitura de União, com o gestor Gustavo Medeiros (DEM).

Segundo os parlamentares que compõe o PSL na Câmara, ainda não há definição de quem comandará a nova sigla no Piauí. No estado, o DEM é comandado pelo ex-vereador Rooney Lustosa, já o PSL tem como presidente o vereador de Teresina Luís André. Ambos estiveram em Brasília para formação do novo partido. Vale lembrar que além de nomes como Mão Santa e Gustavo Medeiros, o DEM também tem em como seus afiliados o ex-senador Heráclito Fortes.  

Mão Santa (prefeito de Parnaíba), Heráclito Fortes e Gustavo Medeiros (prefeito de União).

Comente