NOTÍCIAS

TÁ LIBERADO NO PSD

FILIADOS DO PSD ESTÃO LIVRES PARA ADERIR A CAMPANHA DE SILVIO MENDES

24/05/2022 09:38

O PSD do deputado federal Júlio Cesar Lima, que até pouco tempo barganhava e era cortejado pelos candidatos ao governo do Piauí, parece estar sem comando. Ou pelo menos livre para buscar seu melhor caminho nestas eleições, ainda que seja aderir à campanha de oposição ao atual governo estadual.

Lideranças do PSD de São João do Piauí aderem a campanha de Silvio Mendes. (foto: redes sociais)

Com a ida do deputado estadual Georgiano Neto para o MDB, não há mais quem responda pelo partido e os filiados parecem estar mais a vontade para tomar qualquer decisão individual para alianças.

Júlio César 'tira' o filho do PSD e o filia no MDB. (foto: redes sociais)

O político Doutor Eduardo Moura, que concorreu a eleição para prefeito de São João do Piauí em 2020 pelo PSD, anunciou que vai pedir voto para a campanha de Sílvio Mendes (União Brasil). O presidente do PSD em São João do Piauí, Ricardo Paes Landim, também aderiu a campanha do ex-tucano contra Rafael Fonteles, do PT, apoiado por Júlio Cesar Lima.

A decisão não parece constranger o PSD ou o deputado federal Júlio César, que vota com a base do governo do PT. Aliás, o parlamentar é o mais “bolsonarista” dentre os colegas do Piauí na Câmara Federal.

Júlio César é um dos representantes da agropecuária, do municipalismo e goza de prestígio entre os parlamentares e como o presidente Bolsonaro (Foto: Reprodução | PD)

Além das lideranças de São João do Piauí, a campanha de Silvio Mendes já atraiu e fisgou outros quatro líderes do partido de Júlio César. Ainda em abril, o prefeito Elói Pereira do município de Barro Duro também aderiu a campanha de Mendes. Os mesmos passos foram seguidos pelo prefeito de Nossa Senhora dos Remédios, Zé Fernando (PSD), e pela vice-prefeita de Barras, Cynara Lages (PSD), que agora pedem voto para a chapa de oposição aos petistas Rafael Fonteles e Wellington Dias, ex-governador que buscar eleição para o Senado.  

Procurado pelo Política Dinâmica, o deputado Júlio César não nos respondeu, até a publicação desta matéria, sobre a debandada de membros do seu partido para oposição.

Atualização
Veja nova matéria com a resposta do deputado Júlio César: NÃO TÁ LIBERADO, MAS PODE FAZER.


Comente