NOTÍCIAS

PODEMOS QUER JOÃO VICENTE

NEM NA OPOSIÇÃO E NEM DO GOVERNO, JOÃO VICENTE SEGUE SEM RUMO PARA 2022

27/10/2021 12:53

Sem definir seu futuro político para as eleições de 2022, o empresário e ex-senador João Vicente Claudino (PTB) segue sendo cortejado por vários partidos que enxergam no nome dele uma oportunidade para formar uma chapa majoritária que se configure como uma terceira via na corrida ao Governo do Piauí.

João Vicente Claudino (PTB).

No início dessa semana, o político recebeu o convite para ingressar no Podemos e se tudo der certo ser o candidato do partido ao governo do Estado nas eleições do próximo ano. O convite foi feito pelo presidente regional do Podemos, Norberto Campelo, e pelo secretário nacional do partido, Luiz França, durante visita desse último a cidade de Teresina.

O encontro aconteceu no escritório do empresário que teria agradecido o convite, porém, continua indeciso sobre seu futuro político. Atualmente, o ex-senador comanda o PTB no Piauí que deve perder representatividade com a saída dos deputados Nerinho e Janainna Marques. Os únicos deputados com mandatos no Piauí devem deixar a sigla para poder continuarem como aliados da base do governo Wellington Dias (PT).

Já João Vicente, caso queira se manter no PTB, terá que optar por seguir um caminho solo nas eleições de 2022 ou se unir a oposição comanda no Piauí pelo senador e ministro Ciro Nogueira (Progressistas). Isso porque, através de resolução 89/2020 aprovada em 2020, o PTB nacional decidiu pela proibição de alianças, coligações partidárias, entre candidatos petebistas com partidos de esquerda: DEMOCRATAS, DEM e PARTIDO DA SOCIAL DEMOCRACIA BRASILEIRA-PSDB; PT, PSOL, PDT, PCdoB, REDE, PSB, PCB, PSTU e PCO.

Líderes do Podemos no Piauí conversam com o ex-senador.

Por conta disso, se quiser se novamente aliado ao PT, JVC terá que escolher outra sigla política. Mas esse partido pode não ser o Podemos, que já vem convidado o ex-senador há um bom tempo. Tendo em vista, que o partido pode precisar de candidatura própria no Piauí para servir de palanque para algum candidato à presidência pela sigla, que já convidou o ex-juiz Sérgio Moro, para comandar essa chapa. Conhecido por liderar a operação Lava jato, o jurista já conversou com líderes do Podemos, mas só deve tomar a decisão se sairá candidato à presidência no mês de novembro deste ano. Outro entrave para filiação de Moro, é que ele também já vem sendo cortejado por partidos maiores como o União Brasil, formado pela fusão do PSL e do DEM.

Nos bastidores, o que se comenta é que João Vicente tem andado distante da mídia e não tem participado de atos políticos maiores, assim, ficará difícil projetar o seu nome para disputa de algum cargo político em 2021. Mas segundo políticos do PTB, todo esse sumiço do ex-senador é porque ele não quer tomar uma decisão precipitada e já definiu que só irá definir seu futuro político nas eleições em dezembro deste ano.

Comente