NOTÍCIAS

PMT NÃO PESQUISOU SOBRE EMPRESA SUSPEITA

SECRETÁRIO DE EDUCAÇÃO REVELA QUE GESTÃO DE DOUTOR PESSOA NÃO PESQUISOU HISTÓRICO DE EMPRESA INDICADA PARA COMPRA DE R$ 6,5 SEM LICITAÇÃO

21/01/2022 11:52

O secretário de Educação de Teresina, Nouga Cardoso, disse na última sexta-feira (21) não conhecer a Editora BP Comércio e Serviço de Edição de Livros LTDA. Essa foi a empresa contratada pela Prefeitura de Teresina para a compra de 100 mil exemplares do livro “Teresina Educativo”, num processo suspeito de aquisição pelo valor de R$ 6,5 milhões. O Tribunal de Contas do Estado do Piauí e Ministério Público do Estado do Piauí estão investigando o caso.

Sem saber explicar com todos os detalhes a aquisição dos livros sem licitação, SEMEC alega que a gestão de Doutor Pessoa não é a única que fez isso (foto: Jailson Soares | PD)

A empresa contratada pela gestão de Doutor Pessoa (MDB) já é investigada no estado de Roraima, onde responde por suspeita de superfaturamento. Aqui, Nouga confirmou que a Secretaria Municipal de Educação não buscou saber o histórico da editora antes de gastar R$ 6,5 milhões. Segundo ele, verificar antecedentes é trabalho de órgão policial.

“A Secretaria Municipal de Educação não é órgão de investigação policial. Nós contratamos empresas que apresentam na Secretaria seus certificados de regularização fiscal e nada consta. Se a empresa tem algum tipo de débito com a Justiça, essas informações não foram trazidas até nós durante a execução do contrato. Infelizmente, sobre a empresa, não temos nada e nem seriamos obrigados a falar sobre a empresa”, disse Nouga.

Comente