NOTÍCIAS

MINISTRO DIZ QUE PT QUER BALA DE PRATA CONTRA BOLSONARO

CIRO NOGUEIRA ACREDITA QUE AÇÃO VIOLENTA DE ROBERTO JEFFERSON CONTRA POLICIAIS FEDERAIS NÃO IRÁ PREJUDICAR CAMPANHA DE REEELEIÇÃO DE BOLSONARO

25/10/2022 12:32

O ministro-Chefe da Casa Civil do governo de Jair Bolsonaro, Ciro Nogueira (PP-PI), disse em entrevista ao Política Dinâmica que o episódio envolvendo o ex-deputado Roberto Jefferson (PTB) não deve atrapalhar em nada a campanha de reeleição do presidente.

Ministro diz que não tem dúvidas que Bolsonaro será reeleito no próximo dia 30 de outubro (foto: Jailson Soares/ PD)

Para o ministro piauiense, o Partido dos Trabalhadores, que busca a eleição do ex-presidente Lula, está tentando a todo custo tirar a reeleição de Jair Bolsonaro. “O PT tá desde o início atrás de uma bala de prata para tentar resolver essa eleição de alguma forma. As pessoas vão votar em quem tá governando bem o País, as pessoas estão melhorando de vida, estamos num momento bom de crescimento com a retomada da economia. Tenho certeza que vamos continuar com a gestão do nosso presidente Bolsonaro”, afirmou Ciro.

Apesar do recente corte de relações com Roberto Jefferson, após o episódio ocorrido no último domingo (23/10), quando o ex-deputado reagiu atirando e soltando granadas contra policias federais, Ciro Nogueira e o grupo que busca a reeleição de Jair Bolsonaro sempre tiveram uma boa relação com o petebista, que figurava com um dos grandes apoiadores. Porém, com o episódio recente, os bolsonaristas, incluindo Ciro, optaram por negar relações com Jefferson para evitar um desgaste a imagem de Bolsonaro nesta última semana de campanha.  

Ciro Nogueira sempre foi amigo de Roberto Jefferson e teve o PTB como aliado (foto: Jailson Soares/ PD)

Ainda segundo o ministro, Bolsonaro deve vencer as eleições porque tem crescido muito em regiões mais populosas. “A campanha está muito bem, nós decolamos no Sudeste, no Sul está indo muito bem, temos uma expectativa de crescimento no Nordeste saindo das eleições municipais. Agora é hora para que a população possa fazer a escolha de quem fez pelo país e pode fazer (...). As pessoas têm que avaliar a gestão, ver se o país está no rumo certo, isso é o que importa, escolher entre Lula ou Bolsonaro. Se vamos querer voltar com Dilma, Palocci, Dirceu, aquela turma, ou continua com Guedes e outros que fazem o Brasil crescer”, ressaltou.  

CRÍTICAS DE WELLINGTON DIAS

O ministro Ciro também rebateu críticas que recebeu do ex-governador e senador eleito Wellington Dias (PT), que disse à imprensa que Nogueira havia se transformado nos últimos anos e é um reflexo do grupo que promove a sustentação de Bolsonaro.

Ciro Nogueira e Wellington Dias já participaram por quase uma década do mesmo Governo (foto: Jailson Soares/ PD)

“Wellington é o que tem de pior na política: falso, mentiroso, uma pessoa que não fez nada pro Piauí. Acho que essa eleição vai servir muito para sabermos se o Piauí vai referendar tudo que o Wellington fez nos últimos 20 anos, tendo deixado o nosso estado com 38% da população passando fome, mais da metade da população sem ter emprego e renda. Eu acho que essa eleição é um referendo, se a pessoas estão aprovando Wellington ou não”, criticou Ciro.

Comente