MAIS DOIS SUPLENTES NA CONTA DO POVO

PARA GARANTIR MANDATO À PRÉ-CANDIDATA DURANTE A ELEIÇÃO, WELLINGTON DIAS VAI CONVOCAR MAIS DOIS SUPLENTES PARA A ASSEMBLEIA LEGISLATIVA

Marcos Melo Marcos Melo
21/07/2020 09:42 - Atualizado em 21/07/2020 10:19

Liziê Coelho e Jôve Oliveira não ganharam em 2018 (Fotos: Jailson Soares/PoliticaDinamica)

O governador Wellington Dias (PT) vai convocar mais dois suplentes para a Assembleia Legislativa do Piauí. O objetivo é chegar até a 10ª suplente Jôve Oliveira (PTB), pré-candidata a prefeita de Piripiri. A intenção do governo é que Jôve vá para a campanha municipal contra o atual prefeito Luiz Menezes (Progressistas) na condição de deputada estadual.

Para abrir espaço para Jôve, Wellington pretende colocar o deputado titular Nerinho (PTB) na Secretaria de Desenvolvimento Econômico e os petistas João de Deus ou Paulo Martins na Secretaria de Cultura (Secult). Os dois últimos já são suplentes no exercício dos mandatos. 

Ao colocar dois deputados em secretarias na administração estadual, o governador abre espaço para Liziê Coelho (MDB), 9ª suplente, e finalmente chega em Jôve, a 10ª suplente. A eleição em Piripiri é considerada importante para o Palácio de Karnak, pois lá o atual prefeito Luiz Menezes é aliado do senador Ciro Nogueira e forte opositor do governador Wellington Dias.

Wellington Dias vai ajeitar Jôve Oliveira na Alepi (Foto: Reprodução/Facebook/Jôve)

MAIS GASTOS

Cada suplente convocado pelo governador representa R$ 25 mil reais mensais a mais de despesas para o Estado só em salários para o parlamentar. Desse modo, a ida Liziê e Jôve vai representar, de cara, uma despesa mínima de R$ 50 mil por mês. Com a convocação de um total de 10 suplentes, o gasto mensal é de no mínimo R$ 250 mil.

No Piauí, a farra dos suplentes já virou moda nos últimos anos. Quando Liziê e Jôve tomarem posse, o piauiense que elegeu 30 deputados estaduais terá 39. Embora Jôve tenha ficado na 10ª suplência nas eleições de 2018, a conta só não chega a 40 por causa da morte de Fernando Monteiro, deputado titular que faleceu em dezembro de 2019.

Comente!

ANTERIOR

PIAUÍ É O 2º PIOR DO BRASIL EM RANKING DE EFICIÊNCIA DA GESTÃO PÚBLICA

PRÓXIMA

“ANTECIPAR ELEIÇÃO NUNCA DEU CERTO EM NENHUM LUGAR DO MUNDO”, CRITICA WILSON