NOTÍCIAS

JEOVÁ LEVA MULTIDÃO À COMÍCIO

JEOVÁ ALENCAR MOSTRA FORÇA NA CAPITAL E LEVA MULTIDÃO À COMÍCIO POLÍTICO FORA DO PERÍODO ELEITORAL

29/06/2022 17:25

O presidente da Câmara de Vereadores de Teresina, Jeová Alencar (Republicanos), realizou na noite dessa terça-feira (28/06) um grande evento de lançamento da sua pré-campanha à deputado estadual. No encontro que superlotou um clube na zona Sul de Teresina, Jeová anunciou o que todos já esperavam, que irá apoiar a pré-candidatura ao governo do Piauí de Sílvio Mendes (União Brasil). Ainda no fim de maio, Jeová já havia anunciado que apoiaria a pré-candidatura do candidato ao senado Joel Rodrigues (PP). O ex-prefeito Joel integra a chapa majoritária de Sílvio Mendes.

No encontro dessa terça, Jeová pode demonstrar a sua força política na capital. Recentemente, além de se antecipar a decisão do líder do seu partido, o prefeito de Teresina, Doutor Pessoa (Republicanos), Jeová também fez frente ao vice-prefeito de Teresina, Robert Rios, que desaprovou o apoio de Jeová à chapa de Sílvio Mendes.

O presidente da Câmara, também, conseguiu antecipar as eleições para mesa diretora do poder legislativo da capital que só deveria ocorrer no fim do ano. Em conluio com os vereadores, Jeová conseguiu antecipar a eleição e eleger o vereador Enzo Samuel (PDT), seu aliado, para presidente da Câmara no biênio 2023-2024.

Mais de 2 mil pessoas compareceram ao evento promovido por Jeová (foto: ascom)

Durante o lançamento da sua pré-campanha, Jeová reuniu no seu palanque não só os pré-candidatos Sílvio Mendes e Joel Rodrigues, mais também políticos ligados ao grupo do pré-candidato Rafael Fonteles (PT). Como o pré-candidato à deputado federal Jadyel Alencar, o vereador de Teresina, Enzo Samuel (PDT), e diversos outros vereadores da capital. O prefeito de Teresina, Doutor Pessoa (Republicanos), também esteve no evento.


FORA DO PERÍODO ELEITORAL

O artigo 36 da lei eleitoral proíbe a realização de comícios e carreatas com a reprodução de jingles de campanha antes do início oficial do período eleitoral, em 16 de agosto.

Pela legislação eleitoral, são proibidas a distribuição de material gráfico e a divulgação de outdoors até o início oficial da campanha. Os showmícios ou eventos semelhantes que promovam candidatos, bem como a apresentação — remunerada ou não — que anime a reunião eleitoral, foram proibidos não só no período de pré-campanha, mas em qualquer momento da disputa eleitoral, de acordo com a Lei nº 11.300 de 2006.

Comente