Fim do financiamento causará mudanças políticas, diz Wellington

Governador Wellington Dias (PT) afirma que fim de financiamento deverá ser acompanhado com mudanças na política e com novas reformas

22/09/2015 13:30

por Francicleiton Cardoso e Marcos Melo

O Governador Wellington Dias (PT) falou na manhã de hoje (22) sobre o fim do financiamento privado de campanhas, decidido pelo STF (Supremo Tribunal Federal) no último dia 17. De acordo com o governador políticos terão que se adaptar à nova forma de realização de campanhas. Ele também ressaltou a decisão interna do PT que adiantava a medida do STF.

“A gente vai ter que enfrentar mudanças na política com o fim do financiamento. Passo importante contra a corrupção. O PT já tinha tomado uma decisão de não autorizar seus representantes de receber financiamento privado. Agora vale para todos. Devemos garantir prevenção à corrupção agora, para garantirmos os programas de governo e pensar no povo”, colocou o governador.

O governador falou durante a conferência do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação. (Fotos: Jailson Soares / Política Dinâmica)

Wellington destacou que a decisão pode favorecer a realização de uma reforma política mais eficaz. “Um passo corajoso e importante que vai facilitar aos políticos começarem a articular uma reforma política importante para o Brasil”, completou.

REUNIÃO

Sobre a reunião do Partido dos Trabalhadores que aconteceu ontem (21) em São Paulo, o governador destacou que foram discutidos vários pontos relacionados à crise financeira e política do país.

Wellington afirma que fim de financiamento privado proporcionará nova política.

“Tratamos sobre a crise política e a situação econômica. Decidimos dialogar com as lideranças e com o presidente da Câmara e Senado para termos uma instabilidade política. Debatemos também uma forma de reduzir as taxas de juros. Aumentar o crédito”, afirmou. 

Comentários (0)

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem.


Nome:
mensagem:
Notícias relacionadas
TSE NEGA PEDIDO DE CRIAÇÃO DO PARTIDO NACIONAL CORINTHIANO
TSE NEGA PEDIDO DE CRIAÇÃO DO PARTIDO NACIONAL CORINTHIANO
ADMINISTRAÇÃO PELO WHATSAPP
ADMINISTRAÇÃO PELO WHATSAPP
CIRO NOGUEIRA É DENUNCIADO AO STF MAIS UMA VEZ
CIRO NOGUEIRA É DENUNCIADO AO STF MAIS UMA VEZ
Inscrições para concurso de procurador e fiscal de serviços públicos abrem nesta segunda (10)