NOTÍCIAS

JOGOU PRA BOLSONARO

SABENDO DESDE JANEIRO QUE GOVERNO FEDERAL HAVIA SUSPENDIDO REPASSES, DOUTOR PESSOA NÃO CONSEGUIU PLANEJAR FINANÇAS DE TERESINA PARA ENFRENTAR COVID-19

01/03/2021 16:01

Profissionais da Enfermagem do Município de Teresina ameaçam entrar em greve. O motivo é um corte em gratificações para aqueles que atuam na linha de frente do combate à pandemia. O prefeito de Teresina, Doutor Pessoa (MDB) – que é médico! – não conseguiu preparar sua gestão para esse momento e jogou pra cima do governo de Jair Bolsonaro (sem partido), o problema. “Estamos com o ônus da responsabilidade de algumas coisas que deveriam ter sido sanadas ou continuadas pelo Governo Federal”, afirmou hoje durante uma solenidade.

Não se planejou: ja flando em ser candidato ao Governo do Estado, Pessoa deixou que fossem cortados os salários de enfermeiros que estão no combate à pandemia (foto: Jailson Soares | PoliticaDInamica.com)

Os enfermeiros e técnicos de enfermagem vão se reunir nesta terça-feira (2) para deliberar sobre uma greve por tempo indeterminado. Em entrevista ao Política Dinâmica ainda no mês de janeiro, o atual presidente da Fundação Municipal de Saúde, o médico Gilberto Albuquerque, já apontava o mesmo indicador que culpa na direção do presidente Jair Bolsonaro.

Veja:

De todo modo, mais de um mês depois, a PMT não conseguiu encontrar um caminho de contornar o problema, mesmo alegando que tem economizado recursos em relação à gestão anterior. O atual secretário de Comunicação, Lucas Pereira, inclusive, anunciou uma licitação de R$ 20 milhões de reais para propaganda institucional.

Alguns dos cortes em salários de enfermeiros passaram dos 50%. 

Cada um com suas prioridades, né?

Comente