Coluna Gustavo Almeida Política Dinâmica
O ABRAÇO IMPROVÁVEL

CIRO NOGUEIRA E PADRE WALMIR SELAM A PAZ E FESTEJAM VITÓRIA DE GIL PARAIBANO EM PICOS COMO SE FOSSEM AMIGOS INSEPARÁVEIS

16/11/2020 16:28 - Atualizado em 16/11/2020 16:46

Ciro e padre Walmir se abraçam na cidade de Picos (Foto: Reprodução/Instagram)

Até poucos meses atrás, a relação entre o senador Ciro Nogueira (Progressistas) e o prefeito de Picos, padre Walmir Lima, era de grande animosidade. Poucas rivalidades foram tão notáveis quanto a deles na história recente da política do Piauí. Ciro fazia questão de dizer que tinha orgulho de não ter proximidade com o padre, a quem chamava de “desastre”.

Os últimos quatro anos foram de intensas trocas de farpas e Ciro articulou a oposição para derrotar o grupo político de Walmir. Mas, quis o destino que o padre se desentendesse com seu próprio partido, o PT, pedisse desfiliação e se aliasse justamente ao candidato de Ciro em Picos. Em poucos dias, Walmir passou de prefeito petista a adversário do candidato do PT em Picos.

Provando mais uma vez que a política é dinâmica, na festa da vitória de Gil Paraibano (Progressistas) lá estavam Ciro e Walmir felizes da vida, juntos e amigos. Se abraçaram, tiraram selfies, gravaram vídeos e se confraternizaram. Pelo visto, Ciro não enxerga mais no padre o desastre que ele tanto falava. Por outro lado, o padre parece ter perdoado o senador.

Juntos, Ciro e Walmir eram só alegria durante comemoração (Foto: Reprodução/Instagram)

LEIA TAMBÉM:
Ciro: "Tirando esse prefeito de Picos"

Comente!

ANTERIOR

PIABAS DO RABO SECO

PRÓXIMA

CONDENAÇÃO DE JOICE É ALENTO PARA A BOA POLÍTICA