Coluna Gustavo Almeida Política Dinâmica
EMPRÉSTIMO
GOVERNADOR CULPA OPOSIÇÃO POR DESCASO EM DOM INOCÊNCIO

WELLINGTON DIAS AFIRMA QUE OPOSICIONISTAS TRABALHAM CONTRA OS INTERESSES DO PIAUÍ E JOGA PARA ELES A CULPA POR OBRAS PARADAS

19/04/2018 18:22 - Atualizado em 19/04/2018 21:50

Petista diz que oposição trabalha contra o Piauí (Foto: Jailson Soares/PoliticaDinamica.com)

O governador Wellington Dias (PT) está incomodado com a dificuldade para conseguir a liberação da segunda parcela do empréstimo de R$ 600 milhões junto à Caixa Econômica Federal. Nesta quinta-feira (19), ele culpou a oposição pelo travamento dos recursos e disse que os opositores querem impedir que o estado consiga a verba. O petista disse que o objetivo da oposição é impedir a realização de obras como a estrada de Dom Inocêncio, que se arrasta há anos e que ganhou destaque no Jornal Nacional em março.

“Qual é o objetivo? É impedir que a gente tenha R$ 600 milhões para investimentos no Piauí. É impedir que municípios tenham investimento em calçamento, é impedir que outros tenham estrada. Estão impedindo que Dom Inocêncio tenha a sua estrada, que Domingos Mourão tenha a sua estrada, que Morro Cabeça no Tempo tenha a sua estrada e que Itainópolis recupere a que tem, a Transcerrados [...]. Quem está trabalhando contra isso está trabalhando contra os interesses do povo”, falou.

Estrada de Dom Inocêncio saiu em rede nacional (Foto: Reprodução/TV Globo)

A obra de Dom Inocêncio, no entanto, é prometida há duas décadas, inclusive nas duas primeiras gestões de Wellington. Iniciado somente em 2011, o asfaltamento do trecho entre São Lourenço do Piauí e Dom Inocêncio, num total de aproximadamente 80 km, está parado desde dezembro de 2017. Ao longo dos anos, a obra parou e recomeçou várias vezes. No dia 10 de março, a estrada foi destaque no Jornal Nacional, ocasião em que moradores foram mostrados escalando uma ponte que o governo havia deixado sem os acessos.

O EMPRÉSTIMO
A segunda parcela do empréstimo de R$ 600 milhões junto à Caixa ainda não foi liberada em meio à graves suspeitas de ilegalidades cometidas pelo governo na aplicação da primeira parcela de R$ 307 milhões. Diversas obras listadas para execução com o dinheiro sequer iniciaram, mesmo com todo o valor tendo sido gasto pelo governo. A oposição denuncia que Wellington Dias usou a verba para outras finalidades.

Em março de 2017, moradores de Dom Inocêncio fizeram protesto na PI-140 e cobraram conclusão da obra (Foto: Gutemberg Dias)

Uma auditoria da equipe técnica do Tribunal de Contas do Estado (TCE) apontou que houve desvio de finalidade no uso do dinheiro. O Ministério Público do Estado do Piauí (MP-PI) e o Ministério Público Federal (MPF) abriram inquérito para apurar onde o governo usou o dinheiro. O MPF pede que a segunda parcela só seja liberada quando o governo mostrar como e onde foram aplicados os recursos da primeira parcela.

OPOSIÇÃO SE DEFENDE
O deputado federal Rodrigo Martins (PSB), que entrou com uma representação no Conselho da Caixa Econômica Federal cobrando explicações sobre o uso da primeira metade do dinheiro, contestou as declarações de Wellington Dias. Em entrevista ao Política Dinâmica, o parlamentar disse que o governador mente ao querer jogar nas costas da oposição o que chamou de “incompetência do governo dele”.

Deputado Rodrigo Martins rebate fala de Wellington (Foto: Divulgação/Assessoria)

“Ele mente quando diz isso [que a intenção é impedir investimentos]. Apenas pedi que o dinheiro viesse após a comprovação da regular aplicação da primeira parcela. Não entendo porque o governo está desesperado por conta dessa prestação de contas. Se foi tudo regular, ninguém vai se opor. É muito fácil dizer que não veio o dinheiro por causa da oposição. Ele deveria ter cumprido o que estava previsto na primeira parcela. A denúncia foi feita aos órgãos de controle e se tiver tudo correto a segunda parcela vai ser liberada. Quem trabalha contra é o governador quando não aplica os recursos que temos garantidos", finalizou.

Comentários (0)

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem.


Nome:
mensagem:
Notícias relacionadas
CRÍTICA
VEREADOR DIZ QUE FIRMINO DEU CALOTE EM MORADORES
VEREADOR DIZ QUE FIRMINO DEU CALOTE EM MORADORES
TOPIQUE
CPI DO TRANSPORTE ESCOLAR
CPI DO TRANSPORTE ESCOLAR
ATRITO
JEOVÁ DIZ QUE CÂMARA FOI EXCLUÍDA DE CELEBRAÇÕES
JEOVÁ DIZ QUE CÂMARA FOI EXCLUÍDA DE CELEBRAÇÕES
É DIFERENTE!
VOTAR NÃO É APOIAR
VOTAR NÃO É APOIAR