NOTÍCIAS

SEM FISGAR VOTOS PARA BOLSONARO

PESCARIA TRAÍRA: SÍLVIO MENDES DEIXA DE COMPARECER AOS PRINCIPAIS ATO DE CAMPANHA DE JAIR BOLSONARO NO PIAUÍ E REVOLTA BOLSONARISMO

20/10/2022 15:00

Eesde sempre, só não enxergou que Sílvio Mendes (União Brasil) apoiava a reeleição do presidente Jair Bolsonaro quem não quis. Mas o pior cego, diz a sabedoria popular, é o que não quer ver. E ao deixar que que Mendes "escondesse" Bolsonaro como estratégia de campanha, o bolsonarismo piauiense amargurou um péssimo resultado nas urnas no primeiro turno. Bolsonaro teve apenas metade dos votos de Sílvio. Após a derrota, o ex-prefeito de Teresina declarou formalmente que iria apoiar a reeleição de Bolsonaro para presidente do Brasil e, em seguida, foi pescar. É! Pescar. 

Estava fora da capital durante a visita de Bolsonaro na última semana.  se viu sem engajamento no primeiro turno das eleições. 

Em redes sociais, os bolsonaristas mais ativos criticaram Sílvio. E no núcleo da campanha de Bolsonaro instalado na casa do ministro Ciro Nogueira, a expectativa é frustrante para os eleitores de direita: avalia-se que, sem o esforço de Sílvio, Bolsonaro não chegue a 500 mil votos no Piauí. Pelo contrário: o medo seria da votação cair. 

Apesar de anúncio que seria engajado na campanha de Bolsonaro, Sílvio Mendes tem deixado a desejar como cabo eleitoral do presidente (foto: divulgação)

No anúncio, o próprio Sílvio disse que “desta vez” ficaria engajado na campanha. Porém, a pescaria de votos que deveria ser feita por Sílvio para Bolsonaro, parece que nem isca tem.

O político do União Brasil parece não ter feito nenhuma questão de estar presente na visita da primeira-dama do Brasil, Michele Bolsonaro, na última sexta-feira (14/10) em Teresina (PI), muito menos, na visita do próprio presidente Jair Bolsonaro a capital do Piauí no dia seguinte, sábado (15).

Sílvio já manifestou que pescaria é uma paixão. Parece até que bem maior que a campanha de reeleição de Jair Bolsonaro (foto: redes sociais)

A falta de Sílvio Mendes, que até então deveria ser um dos principais cabo eleitorais do presidente neste segundo turno, foi sentida pelos apoiadores do “mito” e pela imprensa. Inclusive, já no início desta semana ao ser questionado pela TV Cidade Verde sobre a ausência no principal ato da campanha de Bolsonaro no Piauí, Sílvio se justificou que estava viajando para uma pescaria.

Sílvio não compareceu a nenhum dos atos políticos das visitas de Michele Bolsonaro e Jair Bolsonaro em Teresina (foto: Jailson Soares/ PD)

Para os críticos, nada fora do normal, visto que Sílvio “pecou” ao se ausentar da própria campanha ao Governo do Piauí, enquanto seu candidato rodava o Estado de ponta a ponta tomando os votos do até então líder das pesquisas Sílvio Mendes.  Caso eleito no 2º turno, Sílvio não poderá se gabar de ter tido qual esforço para fisgar votos para campanha de Bolsonaro no Piauí, por aqui, o apoio parece ter sido mesmo só pra foto.


Comente