NOTÍCIAS

“DEPUTADO DE MÁ ÍNDOLE”

GOVERNADOR MOSTRA QUE MANDA ATÉ NA ALEPI E ELEGE FLORA COMO CONSELHEIRA DO TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO

16/09/2021 19:20

O dia da eleição para escolha do novo conselheiro do Tribunal de Contas do Estado do Piauí (TCE-PI) teve reviravolta e chateação entre os deputados que compõe a base do governador Wellington Dias (PT). Ao final, por 17 votos a 12 e um voto em branco, a deputada Flora Isabel (PT) foi consagrada como nova conselheira do TCE graças a intromissão escancarada do governador, que aos 45 minutos do 2º tempo "convenceu" um dos quatro deputados que disputavam o cargo a desistir de sua candidatura.

Deputada Flora Isabel (PT).

Até ontem (15), 10 candidatos disputavam o cargo, quatro desses deputados com mandato na Assembleia. Porém, bastou raiar o dia para o chefe do poder executivo chamar os parlamentes para uma reunião às pressas no Palácio de Kanark para negociarem a desistência de suas candidaturas e se unirem em torno de uma só candidata, a deputada petista Flora Isabel.

Foi então que a valentia mostrada durante toda a campanha do deputado Zé Santana (MDB) caiu por terra. Para quem não lembra, o parlamentar disse que manteria sua candidatura, mesmo sem contar com o apadrinhamento do presidente da Alepi, Temístocles Filho (MDB), e só aceitaria uma unidade entre os candidatos da base se o nome dele fosse o escolhido para ser o voto de consenso.

Deputados Flávio Nogueira Júnior e Wilson Brandão.

Mais toda essa banca do parlamentar mudou da noite pro dia, como já havia alertado o presidente Themístocles “é na véspera da eleição para conselheiro que tudo muda. Sempre foi assim”, disse ele ainda no início das eleições no mês de agosto. Todo esse arranjo em torno da candidatura de Flora podia até já não estar planejado, mas que já era arquitetada pelo governador isso ninguém duvida.

Minutos antes da eleição circulou a informação que o deputado Zé Santana havia desistido de sua candidatura. Logo em seguida, o próprio parlamentar confirmou e disse que agora todos os cinco deputados do MDB apoiariam a campanha da deputada Flora, isso, logo após chegar na Alepi saído de uma reunião no Karnak com o governador.

Flora cumprimenta Wilson Brandão após vitória.

Em seguida, o também candidato ao cargo do TCE, deputado Flávio Nogueira Júnior (PDT), anunciou sua desistência da candidatura. Porém, diferente de Santana não revelou quem iria apoiar e nem pra quem pediria os votos do deputado que estavam o apoiando.

Com todas essas manobras articuladas pelo chefe do executivo, quem não gostou da situação foi o deputado Wilson Brandão (PP), também candidato ao cargo de conselheiro, que se mostrou pego de surpresa com a desistência de seus colegas.

“Eu não vou tirar minha candidatura, ela está mantida, até porque não tenho idade para isso. Acho que isso não é de minha índole. Quem faz isso as véspera de uma eleição não tem uma boa índole”, reclamou o parlamentar.


Logo após os anúncios das desistências de dois parlamentares, o clima de vitória da deputada Flora Isabel já pairava no plenário o que se confirmou logo após o voto secreto dos 30 deputados. Ao final da contagem, Flora saiu vencedora com 17 votos [ 1 voto a mais que maioria absoluta dos votos], tendo o deputado Wilson Brandão ficado em segundo com 12 votos dos seus colega parlamentares. A surpresa foi um voto em branco de um dos parlamentares, esse não se deu o luxo nem de avaliar e votar em alguns dos outros seis candidatos que não são políticos, mas disputavam também o cargo. Na soma dos votos, o que se percebe é que a desistência do deputado Zé Santana e adesão a candidatura de Flora foi determinante para vitória da petista ainda no primeiro turno da eleição para conselheiro. Por outro lado, o silêncio de Flávio Nogueira ao desistir de sua candidatura e não revelar quem iria apoiar, demonstra o temor que os parlamentares tem em se declarar contra uma vontade do governador. Mesmo assim, ficou evidente que a turma do Flávio preferiu apoiar a candidatura de Wilson que ainda chegou perto da candidata petista sombreada pelo governador. 


Comente