NOTÍCIAS

TERESINA PERDE COMPETIVIDADE

PROBLEMAS NA GESTÃO DE DOUTOR PESSOA: TERESINA CAI 27 POSIÇÕES NO RANKING DE COMPETITIVIDADE DOS MUNICÍPIOS BRASILEIROS EM 2022

16/11/2022 12:59

O município de Teresina caiu 27 posições no Ranking de Competividade dos Municípios divulgado agora em 2022, se comparado ao resultado de 2021. Segundo o relatório, a cidade ficou na 159º posição na colocação geral no Brasil.  O Ranking é uma ferramenta que visa apoiar os líderes públicos brasileiros nas tomadas de decisão, com foco na melhoria da gestão das cidades. Ou seja: a incompetência de Doutor Pessoa já foi metrificada. 

Índices medidos pela ferramenta durante a gestão de Doutor Pessoa tiveram desempenho menor que em outras edições (foto: reprodução)

O Ranking de Competitividade é uma ferramenta que busca pautar a atuação dos líderes públicos brasileiros na melhoria da competitividade dos seus municípios. A partir da análise do conjunto de pilares, o Ranking fornece uma visão sistêmica da gestão pública.

Segundo o site da plataforma, a terceira edição do Ranking de Competitividade dos Municípios analisou o total de 415 municípios brasileiros (7,45% do universo de municípios), representando os municípios do país com população acima de 80 mil habitantes de acordo com a estimativa do IBGE para o ano de 2021.  Em conjunto, os 415 municípios em análise correspondem a 59,96% da população brasileira (127,91 milhões de habitantes).

Como resultado, a terceira edição do Ranking de Competitividade dos Municípios é composta por 65 indicadores, organizados em 13 pilares temáticos e 3 dimensões: instituições, sociedade e economia. Esta organização é fruto de ampla reflexão ao longo do projeto sobre quais são os temas fundamentais para se analisar a competitividade a nível municipal no Brasil.

Professores da rede municipal de ensino de Teresina fizeram greve por mais de 100 dias pedindo melhorias salariais e melhores condições de trabalho para Prefeitura (foto: Sindserm)

QUEDAS EM TERESINA

Nos pilares avaliados pelo estudo, como no setor da ECONOMIA, Teresina caiu posições na inserção econômica, capital humano e telecomunicações. No pilar das INSTITUIÇÕES, a queda nos índices foi sustentabilidade fiscal e funcionamento da máquina pública. (Veja o ranking completo!)

Já no pilar SOCIEDADE, a redução foi em diversos fatores como acesso à educação, acesso à saúde, segurança e saneamento.

Resumo de dados do Ranking de Competividade dos Municípios (fonte: site do Ranking)

Comente