Coluna Lídia Brito Política Dinâmica
FILIAÇÃO
VALTER REBELO SE FILIA AO PSC E DEVE SER CANDIDATO EM 2018

JURISTA FEZ CRÍTICAS AO MOMENTO DE CRISE POLÍTICA E ECONÔMICA E SE APRESENTOU COMO UMA OPÇÃO POLÍTICA PARA 2018

27/09/2017 11:56

Valter Rebelo se filiou ao PSC e deve ser candidato em 2018 (Foto:JailsonSoares/PoliticaDinamica.com)

O jurista Valter Alencar Rebelo se filiou ao PSC na manhã desta quarta-feira (27). O evento reuniu nomes da oposição no Piauí como o ex-governador Freitas Neto (PSDB) e contou com a presença do presidente nacional do partido, Pastor Everaldo Pereira.

Valter Rebelo fez críticas ao momento político que o país vive e defendeu uma renovação da política no Brasil. Ele afirmou ser um “soldado” do PSC, mas evitou confirmar se será candidato ao Governo do Estado em 2018.

Pastor Everaldo fala do interesse do partido na candidatura própria (Foto:JailsonSoares/PoliticaDinamica.com)

“Me filio ao PSC com o espírito de fazer o Piauí diferente. Serei um soldado do partido. É o PSC que vai definir o caminho que irei tomar em 2018. Espero fazer e servir com humildade. Tenho compromisso de fazer a coisa pública com modelo de gestão que possa levar a uma transformação. Queremos que esse modelo e práticas de fisiologismo não se repitam. Temos que tratar a coisa pública dando um novo papel para a política”, declarou.

O presidente do PSC, Pastor Everaldo, afirma que o partido se prepara para ter candidatos nos estados. Segundo ele, Valter Rebelo é o nome que o PSC pode apresentar para o Piauí em 2018. “Vai depender da vontade dele. Do partido terá total apoio. É um nome ficha limpa, grande jurista, que tem contribuído com o Piauí há muito tempo e agora pode ajudar o estado por meio da política. A missão será unir o Piauí”, declarou.

Vice-governador Margarete Coelho prestigiou o evento (Foto:JailsonSoares/PoliticaDinamica.com)

Durante discurso, Valter Rebelo fez críticas à situação econômica do Piauí e falou de crise em áreas como educação e segurança pública. “Precisamos de uma mudança de gestão. Segmentos como educação e segurança pública necessitam de uma transformação. O governador, o senador são funcionário, um servidor público e tem o papel de cumprir como um contrato de trabalho aquilo que foi designado”, afirmou.

Ele defendeu a modernização da forma de administrar o estado. “Não queremos mais o Piauí que depende de carro-pipa. Que não tem segurança, que a pessoa não pode ficar na porta de casa, que precisa de segurança. São situações como estas que temos o compromisso de transformar”, destacou.

Na ocasião foi inaugurada a nova sede do PSC. O evento contou ainda com as presenças da governadora Margarete Coelho (PP) e do jurista e pré-candidato, Norberto Campelo.  

Comentários (0)

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem.


Nome:
mensagem:

Mais notícias sobre:

Notícias relacionadas
DISPUTA
DEOLINDO DIZ QUE BASE RECEBE ORDENS PARA ATACAR OPOSIÇÃO
DEOLINDO DIZ QUE BASE RECEBE ORDENS PARA ATACAR OPOSIÇÃO
DISCUSSÃO
O APARTE MAIS PROFUNDO DA HISTÓRIA DA CÂMARA
O APARTE MAIS PROFUNDO DA HISTÓRIA DA CÂMARA
CONFLITO
“DIA DO JACARÉ”, DIZ DUDU SOBRE DEMISSÃO DE COMISSIONADOS
“DIA DO JACARÉ”, DIZ DUDU SOBRE DEMISSÃO DE COMISSIONADOS
CÂMARA
"CHEGA, FIRMINO!", DIZ MAJOR PAULO ROBERTO