Coluna Gustavo Almeida Política Dinâmica
SINTE-PI QUER REAJUSTE IGUAL AO ANUNCIADO POR BOLSONARO

PRESIDENTE DO SINDICATO DOS TRABALHADORES EM EDUCAÇÃO DO PIAUÍ EXIGE QUE WELLINGTON DIAS CONCEDA O MESMO PERCENTUAL DE REAJUSTE

22/01/2020 07:30 - Atualizado em 22/01/2020 07:40

A presidente do Sinte/PI, Paulina Almeida (Foto: Marcos Melo/PoliticaDinamica.com)

O Sindicato dos Trabalhadores em Educação do Piauí (Sinte) vai cobrar do governador Wellington Dias (PT) reajuste igual ao que foi anunciado pelo presidente Jair Bolsonaro na semana passada. A presidente do Sinte-PI, Paulina Almeida, avisa que a categoria não abre mão do mesmo reajuste e vai exigir que a gestão estadual repasse o aumento de 12,84%.

Além disso, o Sinte ainda vai exigir mais. A categoria também quer 4,17% do reajuste de 2019 para os aposentados e cobra que seja colocado em forma de vencimento os 4,17% que foi dado naquele mesmo para os ativos. O reajuste do piso do professores está previsto na Lei 11.738 /2008, que estabelece aumento anual no mês de janeiro. No entanto, todo ano o percentual a ser dado vira uma verdadeira batalha em alguns estados, como no Piauí.

"Temos posição. Queremos 12,84% referente a 2020 e os 4,17% de 2019 para os aposentados. E ainda colocar em forma de vencimento os 4,17% que foi dado para os ativos. Queremos dialogar com o governo estadual. Já expedimos ofício solicitando audiência e primamos pelo debate. Mas sem diálogo não dá", disse Paulina Almeida ao Política Dinâmica.

Na segunda-feira (20), o Governo do Piauí disse que vai dar aumento, mas sinalizou que não seguirá o reajuste anunciado pelo governo federal. Por meio de nota enviada ao Política Dinâmica, a gestão de Wellington Dias informou que ainda vai sentar com o Sinte para ouvir a categoria e adiantou que o reajuste será "dentro das possibilidades do estado".

Governo do Piauí sinaliza que aumento será menor (Foto: Charge/Jônatas/PoliticaDinamica)

Nesta quarta (22), o Sinte/PI inicia um congresso de trabalhadores em educação na capital. Cerca de 800 delegados estarão no encontro, onde será discutida a conjuntura educacional. Em Teresina, a prefeitura, que já paga bem acima do piso, estuda o reajuste para 2020.

Notícias relacionadas
MARGARETE CELEBRA ANIVERSÁRIO DO PARQUE SERRA DA CAPIVARA
MARGARETE CELEBRA ANIVERSÁRIO DO PARQUE SERRA DA CAPIVARA
PREFEITURA DE DOM INOCÊNCIO ANUNCIA LOCKDOWN
PREFEITURA DE DOM INOCÊNCIO ANUNCIA LOCKDOWN
PROFISSIONAIS DE SAÚDE AMEAÇAM ENTREGAR CARGOS EM FLORIANO
PROFISSIONAIS DE SAÚDE AMEAÇAM ENTREGAR CARGOS EM FLORIANO
CONVENÇÕES VIRTUAIS: SEM FESTA NO INTERIOR
CONVENÇÕES VIRTUAIS: SEM FESTA NO INTERIOR