Coluna Gustavo Almeida Política Dinâmica
CAIU
PREFEITO SOFRE IMPEACHMENT NO PIAUÍ

CÂMARA MUNICIPAL CONCLUI PROCESSO DE CASSAÇÃO E TIRA GESTOR DO CARGO. PREFEITO NEGA ACUSAÇÕES E VAI ACIONAR O JUDICIÁRIO

22/02/2018 13:27 - Atualizado em 22/02/2018 18:05

Prefeito fala em perseguição política e vai recorrer (Foto: Jailson Soares/PoliticaDinamica)

A Câmara Municipal de Manoel Emídio, a 450 km de Teresina, cassou o prefeito do município na noite da quarta-feira (21). José Medeiros (PP) sofria processo de cassação desde novembro de 2017, quando a maioria dos vereadores aprovou a admissibilidade da denúncia.

O gestor é acusado de crimes de responsabilidade, entre eles o de usar recursos do Fundeb para fins alheios à educação, deixando de fazer a reforma de prédios escolares. A coligação que elegeu Zé Medeiros fez quatro dos nove vereadores do município nas eleições de 2016. Para que a admissibilidade do processo fosse aprovada, eram necessários seis votos.

No entanto, a vereadora Josélia Sobrinho, do Progressistas, então integrante da base do prefeito, votou a favor da aceitação da denúncia e agora foi favorável à cassação do gestor municipal. Ela é mulher do vice-prefeito, que deverá assumir o cargo nesta sexta-feira (23).

Zé Medeiros nega as acusações, diz que sofre perseguição política por parte dos vereadores e afirma que vai recorrer ao Poder Judiciário para derrubar a decisão da Câmara. Em 2016, o prefeito venceu as eleições com 282 votos de maioria, derrotando um candidato do PSB.

Comentários (0)

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem.


Nome:
mensagem:
Notícias relacionadas
INDEFINIDO
NÃO TEM CHAPA FECHADA
NÃO TEM CHAPA FECHADA
PROPOSTA
REJANE QUER ABOLIR EXPRESSÃO “PORTADORES DE DEFICIÊNCIA”
REJANE QUER ABOLIR EXPRESSÃO “PORTADORES DE DEFICIÊNCIA”
ESPAÇOS
REGINA SOUSA NEGA POSSIBILIDADE DE SER VICE; JÁ WELLINGTON, NÃO
REGINA SOUSA NEGA POSSIBILIDADE DE SER VICE; JÁ WELLINGTON, NÃO
OPINIÃO
CHAPA, CHAPINHA, CHAPÃO E ‘CHAU POVO’
CHAPA, CHAPINHA, CHAPÃO E ‘CHAU POVO’