Coluna Gustavo Almeida Política Dinâmica
MP-PI APURA PRECARIEDADE NO FORNECIMENTO DE ÁGUA EM ALTOS

PROMOTOR DE JUSTIÇA INSTAUROU APURAÇÃO APÓS DENÚNCIAS FEITAS POR MORADORES E TAMBÉM PELA CÂMARA MUNICIPAL

07/10/2020 08:32 - Atualizado em 07/10/2020 08:55

Prefeita Patrícia Leal terá que explicar problema (Foto: Reprodução/Facebook)

O promotor Paulo Rubens Parente Rebouças, da 2ª Promotoria de Justiça da Comarca de Altos, instaurou procedimento para apurar a precariedade no abastecimento de água na zona urbana do município, que fica a 38 km de Teresina. A apuração foi aberta na segunda-feira (5) após representação de moradores e da Câmara Municipal de Altos.

De acordo com a representação da Câmara, o abastecimento d'água em algumas áreas é feito de maneira intermitente, sem garantia de acesso contínuo e ainda com qualidade ruim. Uma moradora também denunciou ao MP-PI que a falta diária de água atinge até mesmo ruas do Centro, como a Telésforo do Vale, uma das principais vias da cidade.

A Prefeitura de Altos, administrada pela prefeita Patrícia Leal (PT), e a Agespisa terão prazo de 15 dias, a partir da notificação, para apresentar explicações ao promotor sobre o fornecimento inadequado denunciado pelos moradores e pela Câmara. O promotor de Justiça da cidade quer ainda que a gestão municipal apresente solução para o caso.

Veja a PORTARIA DO MP-PI sobre o caso.

Comente!

ANTERIOR

DEPUTADO JÚLIO CÉSAR VIRA “META ELEITORAL” EM CURRAL NOVO DO PIAUÍ

PRÓXIMA

JOÃO PEREIRA DEFENDE INCENTIVO NA CONTRATAÇÃO DE JOVENS PARA 1º EMPREGO