Coluna Gustavo Almeida Política Dinâmica
TRANSPORTES LEVAM VÍRUS PARA O INTERIOR, ALERTA DEPUTADO

EM ENTREVISTA À TV CÂMARA, FLÁVIO NOGUEIRA FALOU SOBRE INTERIORIZAÇÃO DO NOVO CORONAVÍRUS E MOSTROU PREOCUPAÇÃO COM TRANSPORTES

18/05/2020 11:58 - Atualizado em 18/05/2020 12:19

Deputado comentou disseminação do vírus (Foto: Jailson Soares/PoliticaDinamica.com)

O deputado federal Flávio Nogueira (PDT) concedeu entrevista no sábado (16) ao programa Palavra Aberta, da TV Câmara. Ele falou sobre a interiorização do novo coronavírus e afirmou que os transportes coletivos são um dos motivos de grande preocupação. Para Flávio, o vírus agora está na estrada rumo às cidades do interior. 

"Sobre a interiorização da doença como um todo, no Brasil todo, quem está espalhando a Covid-19 são os transportes coletivos, principalmente. O caminho do vírus agora é a estrada, saindo dos grandes centros para os pequenos centros. Aqui no caso do Piauí, saindo da nossa capital para o interior”, avaliou o parlamentar.

Flávio lembrou da importância das barreiras sanitárias nas divisas dos estados e municípios e disse que, se o isolamento social fosse cumprido com mais rigor pela população, a disseminação do vírus seria bem menor. Ele citou que a incidência da doença em comunidades rurais é muito pequena, dado o pouco fluxo de pessoas de fora para esses lugares.

“Quanto menor é essa movimentação, esse vai e vem, menor será o número de pessoas contaminadas, isso é evidente. Se você prestar bem atenção, poucas pessoas são contaminadas na zona rural. Por que? Porque poucas pessoas vão lá. Para o vírus chegar lá ele não vai só, alguém leva”, explicou.

Apesar do Piauí ter 224 municípios, a capital Teresina registra quase metade dos casos do novo coronavírus no Estado. Flávio Nogueira ainda enalteceu o trabalho do Governo do Estado e da Prefeitura de Teresina no intuito de tentar diminuir o fluxo de pessoas e a atividade comercial entre capital e interior neste período de pandemia.

VEJA A ENTREVISTA:

ANTERIOR

A PLACA DO MÃO SANTA

PRÓXIMA

“PARTIDO ESTARÁ UNIDO EM 2022”, DIZ CIRO