Coluna Gustavo Almeida Política Dinâmica
DEPUTADA TENTOU ENVENENAR MARIDO PELO MENOS SEIS VEZES

PARLAMENTAR DO RIO DE JANEIRO FOI DENUNCIADA PELO MINISTÉRIO PÚBLICO ACUSADA DE SER MANDANTE DO ASSASSINATO DO PRÓPRIO MARIDO

24/08/2020 15:11 - Atualizado em 24/08/2020 15:52

Deputada do Rio é apontada como mandante de assassinato (Foto: Célia Viana/Câmara)

Ao apontar que a deputada federal Flordelis (PSD-RJ) foi a mandante do assassinato do próprio marido e denunciá-la pelo crime, o Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro também afirmou que ela tentou envenenar o companheiro ao menos seis vezes. O marido dela, Anderson do Carmo, foi morto com mais de 30 tiros em 16 de junho de 2019.

Mas, antes disso, a deputada teria tentado outras formas de assassiná-lo. Com a ajuda dos filhos, foram ao menos seis tentativas de envenenamento. Flordelis, seis filhos e uma neta foram denunciados nesta segunda-feira (24) pelo assassinato e vão responder também por tentativa de homicídio qualificado, falsidade ideológica e associação criminosa.

Na denúncia apresentada contra ela, a neta e os filhos, o MP afirma que Anderson só não morreu envenenado em outras ocasiões porque teve pronto atendimento médico. Segundo o MP, as tentativas de Flordelis e dos filhos de matar Anderson começaram em maio de 2018.

Após a denúncia do MP, o PSD abriu processo de expulsão de Flordelis do partido.

Comente!

ANTERIOR

MAIS DA METADE DOS GOVERNADORES JÁ TEVE COVID-19

PRÓXIMA

AVELINO NEIVA DESISTE DA PRÉ-CANDIDATURA EM FLORIANO