Coluna Gustavo Almeida Política Dinâmica
TOPIQUE
CPI DO TRANSPORTE ESCOLAR

LÍDER DA OPOSIÇÃO NA ASSEMBLEIA LEGISLATIVA QUER QUE COMISSÃO PARLAMENTAR TAMBÉM INVESTIGUE ESCÂNDALO DE CORRUPÇÃO NA EDUCAÇÃO

15/08/2018 16:05 - Atualizado em 15/08/2018 16:25

Robert quer CPI para apurar escândalo (Foto: Jailson Soares/PoliticaDinamica.com)

O deputado estadual Robert Rios (DEM) está propondo a instauração de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para investigar o escândalo de corrupção no transporte escolar do governo do Estado revelado pela operação Topique, da Polícia Federal. Para que a comissão seja instaurada, são necessárias assinaturas de pelo menos 10 deputados. 

Atualmente,a oposição possui exatamente 10 deputados, se considerados os parlamentares dos partidos que estão aliados à candidaturas de oposição ao governador Wellington Dias (PT). Além do próprio Robert, os deputados estaduais Gustavo Neiva (PSB), Rubem Martins (PSB), Marden Menezes (PSDB), Luciano Nunes (PSDB), Edson Ferreira (PSDB), Juliana Falcão (PSB), Dr. Pessoa (SD), Evaldo Gomes (PTC) e Gessivaldo Isaías (PRB). 

Robert disse que já deixou o espaço para todos esses deputados assinarem e espera conseguir a adesão deles. "A oposição, teoricamente, tem 10 pessoas. Eu coloquei os 10 nomes da oposição e nós temos tentando coletar essas assinaturas. Na hora que elas forem concluídas, nós vamos apresentar ao presidente Themístocles Filho e aí a comissão vai estar instalada. Não de precisa de aprovação do plenário", explicou.

O parlamentar de oposição avaliação que o escândalo revelado pela operação Topique é muito grave e precisa ser devidamente apurado, tanto pela Polícia Federal, que já conduz as investigações no âmbito policial, quanto pela Assembleia. 

"Foi a maior operação já ocorrida em solo piauiense. Nós estamos com uma educação em greve e várias cidades com os alunos sem transporte escolar. Então essa Casa tem que investigar o que exatamente houve nas contas da Educação. Que dinheiro foi desviado, como foi desviado e quem são os culpados", cobrou.

DÚVIDA
Dos 10 deputados estaduais que, teoricamente, hoje são oposição, a maior incógnita é com relação a Gessivaldo Isaías (PRB). O partido dele rompeu com o governador Wellington Dias na semana das convenções e formou coligação com o candidato Dr.Pessoa (SD). No entanto, Gessivaldo tem evitado criticar a gestão estadual, pois afirma ter ajudado a construí-la enquanto secretário de Trabalho de Wellington até o começo de abril deste ano.

Comentários (0)

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem.


Nome:
mensagem:
Notícias relacionadas
ELEIÇÕES 2018
VOTOS DE DOM INOCÊNCIO SERÃO APURADOS COM MAIS RAPIDEZ
VOTOS DE DOM INOCÊNCIO SERÃO APURADOS COM MAIS RAPIDEZ
COR/RAÇA
UM AMARELO E UM INDÍGENA
UM AMARELO E UM INDÍGENA
CURTIDAS
FORTE NAS REDES SOCIAIS
FORTE NAS REDES SOCIAIS
APOIO
CIRO DOMINA NA TERRA NATAL DE MARCELO
CIRO DOMINA NA TERRA NATAL DE MARCELO