Coluna Gustavo Almeida Política Dinâmica
CORRUPÇÃO EM ITAUEIRA: TRÊS ANOS ANTES, O POLÍTICA DINÂMICA APONTOU

EM 2017, PD NOTICIOU DENÚNCIA QUE COLOCAVA SOB SUSPEITA A CONTRATAÇÃO DE UMA CONSTRUTORA PELA PREFEITURA DE ITAUEIRA, NO SUL DO PIAUÍ

22/09/2020 10:53 - Atualizado em 22/09/2020 11:32

Prefeito Quirino Avelino teve prisão decretada (Foto: Jailson Soares/PoliticaDinamica.com)

Era 25 de maio de 2017. Naquele dia, esta mesma Coluna no Política Dinâmica noticiava que um suposto vaqueiro da família do prefeito de Itaueira, Quirino Avelino (PTB), estava fazendo sucesso na construção civil, ganhando dinheiro com obras públicas da prefeitura do município. 

Na época, o caso foi denunciado por um vereador de oposição no município. O parlamentar municipal afirmava que o vaqueiro do filho do prefeito era dono de uma construtora que vinha faturando alto em obras públicas contratadas pela gestão de Quirino Avelino.

Na ocasião, Quirino contratou a construtora Ediva Sousa Cavalcante-ME para reformar a prefeitura do município e um anexo da Secretaria Municipal de Educação. Segundo a denúncia do vereador, a sede da construtora era uma casa de morada na zona urbana de Itaueira.

O caso chegou ao conhecimento do promotor de Justiça da cidade. Dois anos antes, em 2015, a empresa faturou mais de R$ 300 mil da prefeitura e nos primeiros meses de 2017 já faturava quase R$ 200 mil, conforme noticiou o Política Dinâmica.

Passados pouco mais de três anos, o homem que o vereador denunciante afirmava ser vaqueiro do filho do prefeito é um dos presos na Operação Perpetuatio, deflagrada pelo Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) do Ministério Público do Piauí. O próprio Quirino Avelino também teve a prisão preventiva decretada.

Segundo a promotora Débora Aragão, coordenadora do Gaeco, a organização criminosa liderada pelo prefeito contratou ao longo dos últimos anos empresas sem capacidade operacional para realizar obras no município, com a finalidade de desviar dinheiro público. A empresa do tal vaqueiro é uma delas.

Além de preso, ele ainda foi denunciado criminalmente, junto com outras nove pessoas, por organização criminosa, desvio de recursos públicos, lavagem de dinheiro e outros crimes.

LEIA AQUI A PUBLICAÇÃO DE MAIO DE 2017

Comente!

ANTERIOR

CANDIDATO A PREFEITO DE TERESINA JÁ FOI VEREADOR EM DUAS CAPITAIS

PRÓXIMA

JEOVÁ DIZ QUE CAMPANHA DE KLEBER IGNORA O PRÓPRIO VICE