Coluna Gustavo Almeida Política Dinâmica
CMT APROVA PROJETO SOBRE LEITURA BÍBLICA NAS ESCOLAS DE TERESINA

NA JUSTIFICATIVA DO PROJETO APROVADO, VEREADOR ARGUMENTA QUE UM DOS OBJETIVOS É RESGATAR OS VALORES DA FAMÍLIA

09/12/2020 14:30 - Atualizado em 09/12/2020 14:41

Vereador Fábio Dourado é o autor da lei (Foto: Jailson Soares/PoliticaDinamica.com)

Na última sessão de 2020, a Câmara Municipal de Teresina aprovou nesta quarta-feira (9) um projeto de lei ordinária que prevê a leitura da Bíblia nas escolas públicas e privadas do município. A proposição é de autoria do vereador Fábio Dourado (Solidariedade).

A lei é controversa. Ela não obriga as escolas a adotarem a leitura da bíblia, uma vez que seu artigo 1º diz que a medida será facultativa às instituições de ensino. Por outro lado, o artigo 2º prevê que a leitura será feita todos os dias no início das aulas, em ambos os turnos.

Segundo a justificativa do projeto aprovado, o objetivo é proporcionar o conhecimento cultural e de fatos históricos bíblicos. O vereador sustenta que o projeto não é de cunho religioso, mas sim educacional. Ele também fala em resgatar valores da família.

“Tem a finalidade de enriquecer o conhecimento dos alunos e resgatar os valores da família, respeito ao próximo e ensinamentos da Sagrada Escritura, pois a sabedoria norteia as atitudes humanas”, diz um trecho do projeto de lei aprovado.

Ainda na justificativa do projeto, o vereador Fábio Dourado afirma que a iniciativa não vai de encontro ao estado laico. “A leitura bíblica proporcionará aos alunos fundamentos históricos e sua iniciativa não se contrapõe ao Estado laico”, aponta.

Fábio Dourado não se reelegeu nas eleições deste ano.

Gustavo Almeida

Gustavo Almeida

Jornalista.

Comente!

ANTERIOR

AO POLÍTICA DINÂMICA, MINHA GRATIDÃO!

PRÓXIMA

WELLINGTON DIZ QUE SOLTURA DE PRESOS NA PANDEMIA FEZ AUMENTAR VIOLÊNCIA