Coluna Gustavo Almeida Política Dinâmica
CHARLES REAGE À CIUMEIRA NO PSDB

PRESIDENTE DA FUNDAÇÃO MUNICIPAL DE SAÚDE DEMONSTRA INSATISFAÇÃO COM MEMBROS DO PSDB QUE CRITICARAM REUNIÃO DELE COM VEREADORES

03/07/2019 21:20 - Atualizado em 03/07/2019 21:36

Charles mandou aviso a setores do PSDB (Foto: Jailson Soares/PoliticaDinamica.com)

O presidente da Fundação Municipal de Saúde (FMS), professor Charles da Silveira, procurou o Política Dinâmica para se manifestar sobre uma entrevista do vereador Edson Melo (PSDB). Nesta quarta-feira (3), o tucano criticou uma reunião entre Charles e 13 vereadores da base do prefeito Firmino, ocasião em que eles sinalizaram para um apoio à possível candidatura de Charles a prefeito da capital. Edson Melo considerou a reunião precipitada e inócua.

Em contato com o PD, Charles da Silveira afirmou que viu as manifestações de vários líderes do PSDB realizadas de forma direta ou por meio de prepostos acerca da reunião. Segundo ele, essas pessoas falam sobre o que não conhecem e dizem improbidades. O presidente da FMS conta que não pediu, não convidou e não chamou nenhum vereador para tratar de eleição. Segundo ele, foram abordados diversos assuntos da área da saúde da Atenção Básica e, como os presentes eram parlamentares, era natural que se tratasse de política.

"Aos líderes do meu partido, informo que não tenho como finalidade de vida ser candidato a prefeito. Sou cônscio da importância da comunicação, de que a política se faz com diálogo e sempre vislumbrei enquanto atributo pessoal a minha facilidade de dialogar com todos, inclusive com parlamentares. O partido tem seu líder que conduzirá o processo eleitoral, entretanto, não venham me dizer o que posso e o que não posso fazer", reagiu Charles.

Confira, na íntegra, o texto enviado por Charles.

“Boa noite! Li na sua coluna de hoje a manifestação do vereador Edson Melo sobre reunião ocorrida com vereadores de Teresina. Constatei a manifestação de vários líderes do meu partido realizadas de forma direta ou por prepostos. Infelizmente, falam sobre o que não conhecem e dizem impropriedades pelo desconhecimento. Não pedi, não convidei e não chamei nenhum vereador para tratar de eleição. Na referida reunião, foram tratados diversos assuntos da área da saúde, como projetos na área da Atenção Básica e, como os presentes eram parlamentares, era natural que falássemos sobre política também. 

Aos líderes do meu Partido, informo que não tenho como finalidade de vida ser candidato a Prefeito. Sou cônscio da importância da comunicação, de que política se faz com diálogo e sempre vislumbrei enquanto atributo pessoal a minha facilidade de dialogar com todos, inclusive com parlamentares. O Partido tem seu líder que conduzirá o processo eleitoral, entretanto, não venham me dizer o que posso e o que não posso fazer! Boa noite!”

Notícias relacionadas
“FUXICO NÃO VAI NOS SEPARAR”
“FUXICO NÃO VAI NOS SEPARAR”
NOVO HOSPITAL DE PICOS: UMA DÉCADA DE DESCASO
NOVO HOSPITAL DE PICOS: UMA DÉCADA DE DESCASO
DOIS CONTRATOS, A MESMA EMPRESA, O MESMO LOCAL
DOIS CONTRATOS, A MESMA EMPRESA, O MESMO LOCAL
LUCIANO HANG TEVE AUXÍLIO EMERGENCIAL DE R$ 600 APROVADO
LUCIANO HANG TEVE AUXÍLIO EMERGENCIAL DE R$ 600 APROVADO