NOTÍCIAS

STF BARRA REELEIÇÃO DE MAIA E ALCOLUMBRE

EM PLACAR APERTADO, SUPREMA CORTE DECIDE PROIBIR POSSIBILIDADE DE REELEIÇÃO DOS PRESIDENTES DA CÂMARA E DO SENADO

07/12/2020 08:00

Maia e Alcolumbre (Fotos: Fernando Frazão/Ag. Brasil e Waldemir Barreto/Agência Senado)

O Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu neste domingo (6) vetar a possibilidade de reeleição dos atuais presidentes da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), para os respectivos cargos. A decisão foi feita em plenário virtual. Entenda os votos:

Reeleição de Rodrigo Maia – 4 votos a favor e 7 contra;
Reeleição de Davi Alcolumbre – 5 votos a favor e 6 contra.

Neste domingo, restavam apenas os votos dos ministros Luís Roberto Barroso, Edson Fachin e do presidente Luiz Fux. Os demais ministros já haviam votado. A ADI 6.524 foi protocolada pelo Partido Trabalhista Brasileiro (PTB). A votação começou na sexta-feira (4).

Os votos já estavam apalavrados entre os ministros. Deveriam vir na sequência do relatório de Gilmar, que era favorável para as reeleições de ambos. A forte reação nas redes sociais e na mídia tradicional contra a liberação das reeleições ajudou para que tudo mudasse o julgamento.

A decisão é uma vitória para o presidente Bolsonaro, pois pavimenta caminho para o Planalto ter um aliado no comando dos deputados e dos senadores a partir de fevereiro de 2021.

Fonte: Poder360

Comente