NOTÍCIAS

MERLONG ASSUMIRÁ CADEIRA DE REJANE DIAS

SUPLENTE DO PT GANHA PELA 2ª VEZ CADEIRA DEIXADA NA CÂMARA E PELA PRIMEIRA VEZ TERÁ QUATRO ANOS DE MANDATO

11/01/2023 10:31

O suplente de deputado Federal Merlong Solano (PT) vai assumir o mandato definitivo de deputado Federal pelo Piauí com a saída da deputada Rejane Dias (PT). A parlamentar, esposa do ex-governador e, agora, ministro do Desenvolvimento Social, Wellington Dias (PT), foi escolhida pelo Governo do Estado para o cargo vitalício de conselheira do Tribunal de Contas do Estado do Piauí (TCE-PI). (Veja matéria!)

Pela segunda vez como suplente, Merlong assumirá mandato definitivo na Câmara (foto: Jailson Soares/ PD)

Nas eleições de 2022, Merlong recebeu 78.889 votos sendo o 11º com mais votos, mas não conseguiu se eleger e ficou na 1ª suplência do seu partido, o PT. Com a saída de Rejane, que teve 125.774 votos, essa será a primeira vez que Solano terá um mandato de quatro anos como deputado Federal.

Nas eleições de 2018, Merlong obteve 71.840 votos e, também, ficou na suplência do partido, vindo a assumir o mandato em definitivo na Câmara, após a morte do deputado Federal Assis Carvalho (PT), em julho de 2020. Já nas eleições de 2014, Solano obteve 45.824 votos, também, ficando na suplência da sigla.

Por ser da base do Governo e está sempre ligado ao diretório do PT no Piauí, Merlong nunca ficou sem um cargo, desde 2003, quando Wellington Dias assumiu seu primeiro mandato como governador. De lá pra cá, são quase 20 anos com Merlong figurando no governo petista. De 2003 a 2006 ele foi secretário de Planejamento, de 2006 a 2007 foi secretário de Governo, de 2007 a 2010 foi presidente da Agespisa, de 2011 a 2013 foi Secretario de Cidades, de 2015 a 2019 voltou a ser Secretário de Governo, de 2019 a 2020, Secretaria de Administração e Previdência. Em 2020, assumiu a vaga de deputado Federal na Câmara.

Acordo político entre Wellington Dias, Rejane e Rafael Fonteles presentou a própria Rejane com cargo no TCE e Merlong com vaga na Câmara (foto: ascom)

Antes de se aventurar para um vaga na Câmara, nas eleições de 2010, Merlong foi eleito deputado estadual, mas preferiu assumir uma secretária do Governo, dando lugar para um suplente na Alepi.

Merlong Solano Nogueira, tem 64 anos, é piauiense, natural da cidade Inhuma. É formado em Economia e mestre em História Social pela PUC – Pontifícia Universidade Católica de São Paulo.

Comente