NOTÍCIAS

DO PESCOÇO PRA BAIXO É TUDO CANELA

EM LANÇAMENTO DE SILVIO MENDES, CIRO NOGUEIRA AFIRMA QUE PETISTA RAFAEL FONTELES COMANDA “TODO O ESQUEMA DE PROPINA” DO GOVERNO

06/02/2022 11:21

O ministro-chefe da Casa Civil, Ciro Nogueira (PROGRESSISTAS), atacou o secretário de Fazenda do Piauí, Rafael Fonteles (PT), ao afirmar que o petista seria chefe da organização criminosa que movimenta o “esquema de propinas” praticado no atual governo de Wellington Dias.

Ciro sem freio: senador acelerou nas críticas e acusações contra o petista Rafael Fonteles (foto: Jailson Soares | PD)

“Se nós queremos um governador honesto, sério, que tem história. Ou um governador que atualmente comanda toda o esquema de propina no estado do Piauí. Ou não é verdade? Quem é o empreiteiro, quem é o fornecedor que nunca acertou com o secretário de Fazenda para lhes pedir propina neste estado. É mentira? Não é mentira”, disse Nogueira ao comparar seu candidato com Rafael, sem o menor receio de ser contestado.

Foi durante o lançamento da pré-candidatura de Sílvio Mendes (PSDB) ao governo do Estado. Assim, o senador definiu qual será o tom da campanha. E, ao que parece, vai exigir que todos nela – vereadores, prefeitos e deputados, principalmente – façam o mesmo.

A postura de Ciro indica que quem quiser abraçar a campanha de Sílvio Mendes vai ter que seguir com postura de guerra, quando do outro lado só há inimigos (foto: Jailson Soares | PD)

A temática corrupção, pelo visto, será bastante explorado. Curiosamente, ainda há integrantes do Progressistas de Ciro na atual gestão petista.

O ministro alegou, ainda, que o governo de Wellington Dias distribuiu obras e facilidades a parentes de Rafael Fonteles, dentre eles, o próprio sogro do atual secretário de Fazenda. As falas sobre corrupção no governo ocuparam boa parte do tempo do discurso de Ciro Nogueira, só perdendo para os elogios dispensados para os pré-candidatos da chapa majoritária. O evento também confirmou a pré-candidatura de Iracema Portella como vice de Silvio e a pré-candidatura de Joel Rodrigues a senador.

SEGURANÇA E SAÚDE

As forças da oposição também foram centradas em críticas direcionadas à Saúde e à Segurança Pública. Ciro, Sílvio, Iracema e Joel – os únicos que fizeram uso da palavra – citaram, como algo programado, os problemas nessas duas áreas. Mas foi Sílvio Mendes quem resumiu para os presentes o foco das críticas.

Rafael Fonteles: candidato de Wellington Dias não terá mais trégua até final da campanha (foto: Jailson Soares | PD)

“Quais foram os principais problemas Piauí a fora? Primeiro, a saúde, que maltrata principalmente os mais pobres”, disse Sílvio Mendes. Em segundo lugar, a segurança pública, em todo o Piauí, inclusive Teresina. "Os municípios, já com tão pouco, são obrigados a pagar hora extra do policial, a pagar a dobra de serviço, botar gasolina no carro da polícia”, declarou Sílvio com num aceno aos prefeitos.

Já o pré-candidato ao Senado, Joel Rodrigues, foi mais incisivo na segurança pública. “Quantos perdem a vida neste estado, quanta insegurança neste estado. E aí? Que ações estão acontecendo, quais são os investimentos. O Piauí é o que menos investe em segurança pública”, disse.

O vento de Ciro Nogueira foi além de confirmar seus candidatos, serviu para municiar a militância de argumentos para a campanha que vem aí.

Do pescoço pra baixo, agora, é tudo canela.


Comente